Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Experimento do trem de Einstein

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Experimento do trem de Einstein

Mensagem por danilom em 26th Março 2012, 23:17

Aquele famoso exemplo onde um trem, tendo um receptor de luz em seu centro, ao receber a luz vinda do lado direito, acenderá uma luz verde e se receber primeiro pelo lado esquerdo ou simultaneamente, acenderá uma luz vermelha. Então Einstein acende, ao mesmo tempo, as lanternas nas extremidades do trem e a luz vermelha é acesa, já que chegaram ao mesmo tempo no centro do trem.

Neste exemplo, temos uma pessoa na estação e uma pessoa dentro do trem. Depois, ele imagina o trem movendo-se para a direita. A pessoa que está na estação, quando o trem está exatamente na sua frente, aciona um dispositivo que acende as lanternas. Para o observador na estação, as luzes acenderam simultaneamente, mas como o trem estava movendo-se para a direita, estava aproximando-se mais da luz da direita que da esquerda. Por isso, quem está na estação, supõe que a luz acesa, é a verde.

Para o observador dentro do trem, que não tem como saber se está parado ou em movimento, a luz chegará exatamente ao mesmo tempo no centro, já que o postulado diz que a velocidade da luz é a mesma em todos os referenciais, fazendo com que a luz vermelha seja acesa. Então qual das luzes acenderiam, a que o observador na estação supôs ou a do observador dentro do trem? Einstein diz que o observador na estação estava certo e que a luz verde acende.

Isso é apenas um experimento mental e quero mostrar-lhes como está repleto de falácias e contradições. Primeiro de tudo, quero explicar que não vou aceitar como verdadeiro o postulado de que a velocidade da luz é a mesma em todos os referenciais. E isso tem um motivo bem simples: nunca foi provado. Diversos experimentos foram feitos e como a velocidade da luz sempre foi medida igual, foi determinada de que era a mesma independente do referencial. Mas percebam aqui que a ausência de evidência, nunca é evidência da ausência, por isso, só podemos aceitar tal postulado como verdade, quando for provado, o que ainda não aconteceu ou se aconteceu, me é desconhecido tal experimento.

O experimento de Michelson - Morley não determina que essa velocidade é a mesma independente de referencial, apenas explica que o éter não é um referencial. No entanto, muitos (a maioria) conclui que tal experimento, serviu para demostrar este falacioso postulado, o que não é verdade. Felizmente, este experimento nos da um dado importante para trabalhar no experimento mental de Einstein. Com ele, pudemos provar que a velocidade de translação e rotação da terra, não interferem na velocidade da luz, independente do sentido da emissão.

Ao tentarmos entender o experimento de Einstein, vemos que o observador na estação, imaginou que o trem estivesse aproximando-se mais da luz vinda da direita, o que foi provado com extrema precisão por Michelson - Morley, como falso. Então o simples fato do observador na estação supor tal hipótese, nos leva a crer que ele não tinha conhecimento dos resultados de experimentos empíricos.

Quando Einstein nos diz que a luz dentro do trem estava verde, podemos supor apenas uma coisa: Einstein estava equivocado. Vimos em experimentos precisos que isso não pode acontecer. A velocidade do emissor não altera a velocidade da partícula emitida, no mesmo referencial do emissor. De fato, podemos aceitar que a luz vindo da esquerda, acertou primeiro o observador na estação, visto que ele estava parado, mas em hipótese alguma, poderia ter chegado primeiro ao centro do trem.

Portanto, baseado em experimentos, posso supor que este experimento mental está errado.
O que pensam a respeito disso?

danilom
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum