Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Por que não acredito na relatividade do tempo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 27th Junho 2012, 10:41



Digamos que você deixou esta para melhor. E como foi bonzinho (ou boazinha) na terra, foi convocado pelo Todo-Poderoso a analisar com Ele esta situação.

Você terá a oportunidade de observar uma estação espacial lilás à sua esquerda, acima.

Abaixo, você verá um farol espacial cinza a LASER, que dá uma volta a cada segundo em torno de seu eixo.

Verá também um ônibus espacial verde que se distancia do farol e um ônibus espacial vermelho que se aproxima do mesmo farol, ambos em altíssimas e idênticas velocidades.

Como todos os objetos estão no mesmo plano e os foguetinhos do farol impelem o artefato a girar indefinidamente no sentido anti-horário, você observará que o raio LASER atingirára a nave vermelha em primeiro lugar, a nave verde em segundo lugar e a estação orbital lilás em terceiro.

Para os tripulantes de cada objeto, haverá uma sensação diferente.
O faroleiro que está no topo da torre, verá um jorro de luz constante sair do farol.

O piloto da nave vermelha verá uma luz intermitente, que pulsa à uma cadência inferior (mais rápida) a uma piscada por segundo.

O piloto da nave verde, notará, através de um espelho retrovisor, uma pulsação luminosa com a cadência superior (mais lenta) a uma piscada por segundo.

A estação lilás está parada em relação ao farol, de modo que o seu tripulante verá uma piscada a exatamente cada segundo.

Para o piloto do onibus vermelho, o tempo fora da nave está encolhendo em relação ao seu relógio de bordo.

Para o piloto do onibus verde, o tempo fora da nave está esticando.
Para o tripulante da estação espacial, a cadencia do farol bate com o relógio de bordo.

O problema é que a nave que vai e a nave que volta estão na mesma velocidade em relação ao farol.

E, para o Todo-Poderoso e à você, que não dependem da luz para enxergar, verão tudo acontecer ao mesmo tempo.

Outro probleminha:
Existe tempo na eternidade?

[s]
Jonas

Resolvi desenterrar este tópico, de antiga postagem de meu blog, para "provar" que a relatividade do tempo é uma balela.

Considere que a nave verde e vermelha são as mesmas. Enquanto a nave vai, a pulsação do farol LASER diminui. Quando a nave volta, a pulsação aumenta. Quando a viagem for completada, tanto a nave como a estação orbital terão recebido a mesma quantidade de pulsos luminosos.

Einstein, como refutar as duas pequenas equações, abaixo:

0+1 = 1

1-1 = 0

Te peguei, falastrão Razz !
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 27th Junho 2012, 17:10

também acho

acho inclusive que o "tempo é uma ilusão"
então ele não poderia ser relativo

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 27th Junho 2012, 20:51

Jonas Paulo discordo de você:

A relatividade neste exemplo descrito por você se manifesta quando da mensuração da velocidade da luz emitido pelo farol for realizada pela perspectiva das naves vermelha, verde e a estação roxa.

Independente do referencial quer ele esteja se aproximando, se afastado ou em repouso em relação a fonte luminosa, a mensuração da velocidade do feixe de luz, se dará inalterada ou seja: 300.000 km/s, sendo que ninguem já presenciou a mensuração da velocidade da luz diferente deste valor em nosso universo.

Ao se considerar um referencial absoluto, junto ao "todo poderoso", este referencial não se aplica, pois ao medirmos a velocidade da luz estaremos sempre inseridos no experimento e sofrendo a influencia do mesmo e nunca em um espaço absoluto.

Não é o tempo que é relativo, mas sim a sua percepção tendo em vista diferentes referenciais a vivenciá-los.

Por outro lado, o tempo é tão relativo que o mesmo pode ate mesmo ser absoluto, ao vivenciá-lo quando abstraímos um referencial absoluto e passamos a mensurá-lo, assim com você o fez neste experimento.

E é nisto que acredito constituir a relatividade.

Qual sua opinião?

Obs: Imagine-se agora sentado onde você esta neste momento, você pode ate considerar um tempo absoluto, no entanto este tempo não corresponderá ao tempo em que você esta a mensurar com o seu relógio neste momento, o tempo mensurado pelo seu relógio neste momento se refere somente a sua realidade em relação ao universo presente, e poderá esta acelerado ou desacelerado em relação a outros relógios de diferentes referenciais.


Última edição por rodrigo torri de araujo em 27th Junho 2012, 23:31, editado 1 vez(es)

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 27th Junho 2012, 23:12

Rodrigo,

Acho que o grande "furo" da relatividade é misturar o efeito Doppler com atraso e adiantamento do tempo, a fim de preservar a constante de velocidade da luz, independentemente do referencial.

Mesmo se fôssemos todos cegos, saberíamos que o som dentro de ambientes fechados podem ter uma velocidade local idêntica ao som gerado em um ambiente externo.

Dentro de um avião a 800 km/h conversa-se normalmente. Mas fora da cabine da aeronave, percebemos uma alteração no timbre das turbinas, quando o avião se aproxima ou se distancia do "observador" acústico.

Einstein diz que é impossível garantir a simultaneidade de eventos em lugares diferentes.

Dê uma olhada na figura abaixo:



Os dois motores A e B impulsionam uma correia perfurada. A distância de cada furo é exatamente a mesma. Quando os furos coincidem, há uma "piscadela", decorrente da passagem de luz através da correia.

Todos os furos da correia móvel coincidem-se ao mesmo tempo. A frequência da pulsação é invariável. Logo, produzimos um padrão temporal que independe de localização ou movimento do observador.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 01:07

Acredito que o grande furo da Teoria da Relatividade foi admitir que a luz não necessite de um meio para se propagar, sendo este o motivo responsável porque muitos físicos discordam de suas interpretações.

Teoria da Relatividade

“ A velocidade máxima mensurada em nosso universo corresponde a velocidade da luz no vácuo independente do referencial e a luz não necessita de um meio para se propagar e suas propriedades se devem a sua interação com o espaço.”


No entanto tendo em vista o conceito de que se tinha na época do que poderia ser um meio, de fato a melhor opção de fato negar tal possibilidade.


Teoria do Éter Luminífero ( Meados do Seculo XIX )

“ A Luz assim como as emissões eletromagnéticas são ondas a se propagarem por um meio, meio este dotado de alguma natureza ainda a ser desvendada a coabitar o espaço juntamente com a matéria de densidade sutil o suficiente para propagação das emissões eletromagnéticas sem contudo com poder para interferir no deslocamento dos astros.”


Por outro lado Albert Einstein de forma acertada sem que ele o soubesse ou intencionalmente omitindo estabelece uma meio para a propagação da luz ao admitir que a suas propriedades se deve a sua interação como o espaço.

Acredito que a luz é constituída por unidades de ondas de propriedades corpusculares a se propagar em um meio onde este meio seria o próprio espaço, ou seja o vácuo.

E não somente a luz seriam ondas, mas também ao que consideraríamos matéria, que por serem constituído em ultima análise por estas unidades de ondas, também seriam ondas a se propagarem pelo vácuo.

A percepção que temos do vácuo como a uma área do espaço destituída de matéria onde nada existe a a percepção de que nos na condição de ondas estaríamos fazendo do nosso meio.

Sendo assim matéria é a percepção de que fazemos de nos mesmos na condição de ondas de que somos de fato.

A negação de um meio bem como n não reconhecimento de um meio pelo qual estamos inseridos na condição de ondas é o que impossibilita a uma maior compreensão da Teoria da Relatividade.

Esta confusão pode-se constatar no exemplo dado por você no que se refere a velocidade do som.

Neste casso temos uma a se propagar por um meio neste caso o ar, sendo que você reconheceria este meio como matéria.

No entanto o meio vácuo tanto serve de substrato para a luz como a matéria a se manifestarem...continua em breve...

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 03:07

Jonas Paulo:

Aproveitando-se do seu exemplo qual a velocidade em que a estação espacial esta a mensurar da luz?

Qual a velocidade que o ônibus vermelho esta a mensurar da luz, sendo que o mesmo se desloca em sentido contrário a mesma?

Qual a velocidade da luz que o ônibus verde esta a mensurar sendo que ele esta a se deslocar na mesma direção da mesma?

Pela logica poderíamos afirmar que a velocidade da luz mensurada pela estação espacial corresponderia ao valor de 300.000 Km por segundo uma vez que a mesma se encontra em repouso em relação ao feixe de luz.

Pela logica poderíamos afirmar também que a velocidade da luz mensurada pelo ônibus vermelho, seria maior que 300.000km por segundo, pois ai teríamos a velocidade da luz acrescida da velocidade do ônibus que se desloca em direção a fonte luminosa.

Assim como pela logica poderíamos afirmar que a velocidade da luz mensurada pelo ônibus verde seria menor que 300.000 Km por segundo, pois estando este ônibus a se deslocar no mesmo sentindo do feixe luminoso, a velocidade final a ser detectada seria a velocidade inicial da luz subtraída da velocidade deste ônibus.

No entanto o que se observa na pratica é de que a velocidade da luz mantem-se constante ao ser mensurada estando você parado ou se deslocando em direção ou direção contrária a mesma.

Como você explicaria este fenômeno uma vez que desconsidera a Teoria da Relatividade?

Em tempo

Segue link ilustrativo para reflexão de como a logica pode nos levar para conclusões ilógicas quando desconhecemos a totalidades dos fatos envolvidos em uma questão:

http://www.youtube.com/watch?v=ziy0py8hAUw Smile Smile Smile


Última edição por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 04:21, editado 1 vez(es)

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 28th Junho 2012, 04:13

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Acho que o grande "furo" da relatividade é misturar o efeito Doppler com atraso e adiantamento do tempo, a fim de preservar a constante de velocidade da luz, independentemente do referencial.

rodrigo torri de araujo escreveu:Acredito que o grande furo da Teoria da Relatividade foi admitir que a luz não necessite de um meio para se propagar, sendo este o motivo responsável porque muitos físicos discordam de suas interpretações.

Eu então deverei ser o maior inimigo de Einstein na Terra, pois concordo com as duas contestações, e ainda digo que Einstein colocou de propósito um elemento restritivo numa de suas fórmulas, que interpretando ela assim modificada se chega a conclusão que uma velocidade acima da luz seria ilógica.

Mas outra coisa que não chega a ser uma contestação de Einstein mas uma conclusão que cheguei a pouco tempo.
Tanto a velocidade da Luz quanto a do Neutrino, não são as velocidades "limites", a conhecida velocidade "C", esta é maior que a velocidade da luz. A velocidade da luz é uma velocidade "quase" igual a "C"..

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 04:35

Xevious:

Qual seria a diferença conceitual ou pratica ao se admitir que a velocidade máxima observada em nosso universo ser ligeiramente superior à velocidade observada de deslocamento da luz no vácuo?

Sendo assim oque você acreditaria que se deslocaria a uma velocidade superior a da luz e em que circunstâncias?

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 28th Junho 2012, 11:55

rodrigo torri de araujo escreveu:Qual seria a diferença conceitual ou pratica ao se admitir que a velocidade máxima observada em nosso universo ser ligeiramente superior à velocidade observada de deslocamento da luz no vácuo?
É quanto a massa
hoje se sabe que tanto o fóton quanto o neutrino possuem massa
e isto seria inviável se eles viajassem a velocidade "C", neste caso seu volume seria infinito
portanto eles devem ser é ligeiramente inferiores a "C"

Sendo assim oque você acreditaria que se deslocaria a uma velocidade superior a da luz e em que circunstâncias?
é quanto a velocidade relativa

só teóricamente
imagine um astro se deslocando a 2/3 da velocidade da luz numa direção e outro a 2/3 da velocidade da luz em outra direção
segundo Einstein o espaço deveria "sacar" isso e resolver se adaptar para impedir que a soma das velocidades ultrapasse a da luz
mas assim isso uma tremenda viajem, que Einstein resolver bolar uma solução para afirmar isto, mais por uma questão de fé, doq por cálculos mesmo

acredito que ele "acreditava" em algo e adaptou suas fórmulas para afirmarem isso

Dizem que o "Taquion" viajaria acima da velocidade da luz, sempre, mas afinal ele é hipotético, é como numa conversa de bar, dois cientistas conversando e um fala pro outro "e se uma partícula viajar acima da velocidade da luz" e o outro responde "então vamos dar o nome dela de Taquion".. e depois resolveram deduzir as hipotéticas características dela..

Mas emfim velocidade "C" a velocidade limite, seria para "aceleração" e não para velocidade em si, que pode ser relativa, e "C" seria ligeiramente superior a velocidade da luz, mas para a maioria dos cálculos até podemos considerar a mesma coisa.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 15:26

Xevious:

Em nenhum momento invalidei a Teoria da Relatividade, disse que pelo fato de não se reconhecer o vácuo como o meio para a propagação da luz, faz com que esta teoria seja de difícil compreensão.

Isto se deve ao fato de na época em que a mesma foi anunciada a concepção de meio que tínhamos Eter Luminifero de fato não se aplicava.

O vácuo não nos é percebido diretamente pelo fato de sermos assim como a luz, ondas a se manifestarem no mesmo.

Quanto a luz ter volume infinito ao se deslocar a velocidade C, eu não entendi.

Há a possibilidade de você detalhar mais esta sua previsão, para que eu possa comentar?

Aguardo

Torri


Última edição por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 15:37, editado 1 vez(es)

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 28th Junho 2012, 15:36

rodrigo torri de araujo escreveu:Quanto a luz ter volume infinito ao se deslocar a velocidade C, eu não entendi.
É uma das derivantes das teorias de Einstein, mas esta eu não me oponho, só que ele afirma que a massa cresce de acordo com a velocidade e eu só adaptei para volume.

Outra derivante é que para um objeto viajar a velocidade de luz, sendo um onjeto que possui massa, este teria "volume" aumentado a nível infinito, oq não ocorre.

No caso, hoje sabemos que tanto o Fóton quanto o Neutrino possuem massa, portanto há uma inconformidade nas afirmações, mas se a velocidade limite não for a velocidade da luz e sim a velocidade "C" (sendo esta acima da velocidade da luz) a teoria volta a ter coerência.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 28th Junho 2012, 21:22

Xevious...

...ai vai meu comentário, espero que compreenda, há momentos que concluo que discutir física é igual a discutir religião, cada qual com suas verdades:

“Tendo em vista as particularidades para a mensuração da massa da luz, em um passado recente, a esta lhe foi negada tal grandeza, e se conclui que a máxima velocidade desenvolvida pela mesma se deva a sua falta de massa.

Admitindo agora massa a luz, diferentemente de atribuirmos a outra estrutura idealizada sem massa a desenvolver uma velocidade máxima em nosso universo superior a da luz, acredito que o mais acertado é definir que, ate o presente, somente se observou a luz o desenvolvimento dessa máxima velocidade a sua estrutura, que acredito ser a correspondente a unidade elementar em nosso universo e, portanto de menor massa e de mais facilmente aceleração afim de se atingir tal velocidade.

Para se acelerar um objeto de massa mensurável a velocidade da luz há a necessidade de grande quantidade de energia, mas não de uma quantidade infinita de energia.

Energia infinita seria necessária para se atingir velocidades superiores que a da luz, mesmo que este acréscimo seja infinitamente pequeno.

A velocidade da luz é simultaneamente a máxima e o limite de velocidade máxima observável em nosso universo.

Atribuir algo destituído de massa a atingir velocidades superiores a da luz, não se aplicaria, pois este algo ate o presente não o foi identificado em nosso universo e acredito que nem o será.”


Quanto ao aumento de massa de um objeto vejo o seguinte:

A luz ao ser acelerada ( situação que pode ser ilustrada ao se acelerar a sua fonte em direção ao seu feixe ) faz com que a mesma não tenha a sua velocidade aumentada mas sim a sua massa, que é refletida no aumento de sua freqüência. Massa esta nada mais do que o arrasto provocado pela mesma ao se deslocar pelo seu meio, o vácuo.



rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 28th Junho 2012, 23:36

rodrigo torri de araujo escreveu:Em nenhum momento invalidei a Teoria da Relatividade
também não posso ser contra a teoria da relatividade, afinal ela tem pontos coerentes

acho que tanto voce como eu podemos concordar que oq estamos falando aqui seria uma evolução da teoria e não simplesmente nega-la certo?

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 29th Junho 2012, 00:04

rodrigo torri de araujo escreveu:Jonas Paulo:

Aproveitando-se do seu exemplo qual a velocidade em que a estação espacial esta a mensurar da luz?

A luz que vem do farol e chega a estação na velocidade C.

Qual a velocidade que o ônibus vermelho esta a mensurar da luz, sendo que o mesmo se desloca em sentido contrário a mesma?

Qual a velocidade da luz que o ônibus verde esta a mensurar sendo que ele esta a se deslocar na mesma direção da mesma?

Externamente, as velocidades somam-se e subtraem-se à velocidade da luz no meio em que as naves se encontram (espaço sideral). Internamente, as velocidades da luz são regidas pela atmosfera pressurizadas das cabines dos ônibus.


Pela logica poderíamos afirmar que a velocidade da luz mensurada pela estação espacial corresponderia ao valor de 300.000 Km por segundo uma vez que a mesma se encontra em repouso em relação ao feixe de luz.

Ok...

Pela lógica poderíamos afirmar também que a velocidade da luz mensurada pelo ônibus vermelho, seria maior que 300.000km por segundo, pois ai teríamos a velocidade da luz acrescida da velocidade do ônibus que se desloca em direção a fonte luminosa.

A velocidade da luz no espaço é 300.000 km. Se você considerar que o ônibus que se aproxima do farol está parado, é como se a luz estivesse na velocidade do ônibus mais a velocidade da luz.

Isso acontece quando ouvimos o som de uma buzinha de um trem que vem em sentido oposto ao trem em que viajamos. No ar, o som caminha aproximadamente a 300 m/s. Desta maneira, o som da buzina do trem chega mais rápido aos nossos ouvidos. A velocidade do som no ar não aumenta e nem a distância entre os dois trens encolhe. Não precisamos de recorrer à nenhuma idéia absurda para compreender isso...

Assim como pela logica poderíamos afirmar que a velocidade da luz mensurada pelo ônibus verde seria menor que 300.000 Km por segundo, pois estando este ônibus a se deslocar no mesmo sentindo do feixe luminoso, a velocidade final a ser detectada seria a velocidade inicial da luz subtraída da velocidade deste ônibus.No entanto o que se observa na pratica é de que a velocidade da luz mantem-se constante ao ser mensurada estando você parado ou se deslocando em direção ou direção contrária a mesma.

Respondo a sua afirmação com uma pergunta: Qual é a prova definitiva que demonstra se meio em que a velocidade da luz está sendo testada está em movimento ou em repouso?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Listeiro 037 em 1st Julho 2012, 05:43

Há um tempo fora do tempo, se pode ser dito assim.

Isso mexe com alguns dizeres de Kant.

Como ser mais objetivo que comparar a relação entre a água e o peixe?

Listeiro 037
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por ThiagoPI em 25th Julho 2012, 05:34

A tempos estou encucado com essa teoria de tempo e espaço de Einstein, é só uma ilusão mental.
Tava lendo o seguinte trecho na mundo estranho:
"Ainda de acordo com os estudos de Einstein, o tempo vai passando cada vez mais devagar até que se atinja a velocidade da luz, de 1,08 bilhão de km/h, o valor máximo possível no Universo.

A essa velocidade, ocorre o mais espantoso: o tempo simplesmente deixa de passar! É como se a velocidade do espaço (aquela do velocímetro da nave) retirasse tudo o que fosse possível da velocidade do tempo.''
Se fosse assim não seria dada uma velocidade km/h porque a hora não existiria?
Um feixe de luz seria infinito e constante, pois o tempo congelaria para ele, e mesmo que o sol acabasse continuaria a existir?
Posso ate ta falando asneira e continuarei a falar porque não consigo concordar com o que sei a respeito dessa teoria, gostei desse topico, o mundo não chegaria a onde chegamos se não houvessem pessoas para discordarem do que aprenderam.

ThiagoPI
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por Xevious em 25th Julho 2012, 13:25

ThiagoPI escreveu:Se fosse assim não seria dada uma velocidade km/h porque a hora não existiria?
Um feixe de luz seria infinito e constante, pois o tempo congelaria para ele, e mesmo que o sol acabasse continuaria a existir?
grande sacada ThiagoPI

Parece que deixou bem claro que as afirmações quanto a relatividade do tempo são bem confusas..

Além do que, naquele tempo de um século atras, podia-se especular oq quisessemos já que em vida ninguém teria como comprovar algo, por isto se usava tanto de termos "infinitos", mas na prática nada é realmente infinito, talvez só o espaço dimencional mesmo.

Eu acredito que o tempo não é uma dimensão, portanto não pode ser alterado.

E oq percebemos como passagem de tempo são as reações fisico-quimicas que causam transformações e percebemos essas transformações como passagem de tempo..

E tenho inclusive uma explicação diferente da feita apartir das teoria de Einstein, sobre a experiência que teria provado a relatividade do tempo usando-se satélites.
Na minha teoria, as reações fisico-quimicas, podem ser afetadas pela velocidade, mas para isto é necessário existir um "meio" que ocuparia todo o espaço, e hoje em dia já se acredita neste meio, que é o "Campo de Higgs" que apesar de nunca ter sido observado, ganhou o título de "teoria aprovada" ao se aprovar a teoria de Higgs, devido a observação do Boson de Higgs.

Na minha teoria não haveria elasticidade nem do tempo nem da massa em relação a velocidade, mas tanto a massa quanto as "reações fisico-quimicas" seriam afetadas pela velocidade, mas sempre no sentido de "freio" ou seja em redução das transformações fisico-quimicas, e aumento do efeito da massa sobre os outros objetos.

A explicação é que estes fenômenos aconteceriam por uma transferência de energia do objeto a ser acelerado ao meio, que hoje este "meio" teria o nome de "Campo de Higgs" ao transferir energia, perderia velocidade portanto teria um sintoma de massa aumentando, e também perderia velocidade nas transformações fisico-quimicas, pois elas também utilizam energia, mas parte dela seriam tranferidas para o meio.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que não acredito na relatividade do tempo

Mensagem por ThiagoPI em 25th Julho 2012, 20:24

Para que o tempo desacelere é necessário que todas as reações químicas e físicas dentro do nosso corpo desacelere, entendo plenamente essa ideia de Einstein quando criança assistindo desenho tive a mesma imaginação e depois descobri a teoria da relatividade e fiquei me achando um gênio, porém agora penso diferente passam se milhões de ideias em minha cabeça que não consigo passar para o papel.
Mais se alguém viajasse na velocidade da luz em um piscar de olhos ela viajaria uma distancia enorme porém o piscar de olhos não seria desacelerado em relação a um de uma pessoa fora dessa nave. Acredito que a unica maneira de voltar no tempo seja destruindo todo o sistema do qual conhecemos e criando um idêntico no principio de tudo, e mesmo assim ainda poderia ser mutável. A unica maneira de parar tudo seria congelando a uma temperatura que ate o átomo congelasse.

ThiagoPI
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum