Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Isaac Newton era louco?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Isaac Newton era louco?

Mensagem por Carlos Costa em 1st Janeiro 2013, 18:58

Será que Isaac Newton era louco, de acordo com o ponto de vista médico dos nossos dias? Ou era apenas extremamente dedicado ao seu trabalho e aos seus objetivos?

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Pascoal em 2nd Janeiro 2013, 02:38

Ele era louco, mas quem não é?

Todos os que duvidam têm uma pontinha de loucura (ou não).

Atualmente, vejo Isaac Newton como o ser mais fascinante que alguma vez pisou a Terra. Aquilo que vejo de especial nele, é que era capaz de ver um acontecimento/situação, para, e pensar sobre tal.

Se uma bola fosse atirada contra a parede, voltasse, e ainda voltasse mas caindo no chão, era uma coisa banal para muitos, mas ele atreveu-se a não sair da "idade dos porquês" e perguntava como era tal coisa possível, e de seguida tentava explicar.
Ele talvez fosse capaz de atirar de novo aquela bola contra a parede muitas vezes, as suficientes para perceber o que acontece, ele insistia, talvez isso o torne louco.

Mesmo que não fosse louco, poderia ser doente, sofrendo de Síndrome de Asperger.

Devido à infância que teve, e aos seus problemas sociais, desenvolveu uma arrogância e uma vontade constante de estar isolado. Esse isolamento, combinado com as suas ideias (obras de um louco), resultaram em muitos descobrimentos a nível físico.
A partir desse isolamento só vejo um objetivo dele: saber a verdade.
Para saber a verdade obviamente precisou de muito trabalho.

Eu considero Isaac Newton um louco, doente, e maquiavélico homem. Pouco ambicioso quanto à sua vida, apenas tendo o objetivo de compreender como Deus brinca connosco.

avatar
Pascoal
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 236
Idade : 19
Localização : Amadora

http://estrupido.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 3rd Janeiro 2013, 09:56

Muito boa explanação, Pascoal!
O mundo não pode se dar ao luxo de dispensar loucos como Beethoven, Newton, Van Gogh, entre outros...

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1699
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Pascoal em 3rd Janeiro 2013, 15:56

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Muito boa explanação, Pascoal!
O mundo não pode se dar ao luxo de dispensar loucos como Beethoven, Newton, Van Gogh, entre outros...

Ahahah... VERDADE! Loucos parecem nem ser pessoas normais, são excepções, embora que todos sejamos anormais e diferentes, os loucos são aqueles que mais fogem há norma, e têm mais possibilidade de se destacar nas suas loucuras.

Tenho várias teorias para explicar a mente de um génio, e aquilo que mais me parece é que um génio é uma excepção na humanidade. Isaac era humano (suponho), mas os seus comportamentos não eram lá muito humanos.

Uma hipótese que tenha feito Isaac Newton querer continuar a descobrir tantas coisas, seria pelo facto de ele odiar e invejar Gottfried Leibniz, sendo que este considerava as teorias de Newton erradas, e segundo historiadores, haveria um triângulo amoroso onde Nicolas Fatio era "disputado" pelos dois...
avatar
Pascoal
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 236
Idade : 19
Localização : Amadora

http://estrupido.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Xevious em 11th Agosto 2013, 01:03

Newton era mais místico doq físco

Graças a Newton, temos 300 anos de orientações sobre como o universo funciona, mais especificamente sobre como a gravidade nos mantém no chão e os planetas em órbita. Sem Newton, não teríamos Einstein, explorações espaciais e tantas outras coisas que, mesmo que não percebamos, dependem diretamente da sua genialidade.

Apesar disso (ou justamente graças a isso), Isaac Newton também era meio louco. E meio bruxo. Ele não se envolvia apenas um pouco com magia negra: Newton na verdade escreveu mais sobre segredos ocultos durante a sua vida do que sobre a física – e sempre foi completamente obcecado por encontrar a pedra filosofal.

Porém, foi na verdade a disposição de Newton para abraçar o espiritual e o oculto que preparou sua mente para a elaboração da lei da gravitação universal. Newton nasceu em 1642 e, na época em que era adulto, todos os grandes cientistas do momento tentavam se afastar das bobagens de superstição da Idade Média. O tempo da alquimia e da astrologia já eram, e toda doença, cor do olho e marca de nascença no formato de Jesus poderia ser explicada racionalmente, mesmo que a ciência moderna ainda estivesse engatinhando. Por isso, quando chegou a hora de explicar os movimentos de planetas, tinha de haver uma explicação física que você pudesse medir, ver ou provar.

Assim, do mesmo modo que as estrelas não poderiam moldar as vidas pessoais dos seres humanos na Terra, nas mentes racionais da época não haveria modo de o sol magicamente influenciar os planetas a um zilhão de quilômetros de distância. Toneladas de hipóteses formuladas por cientistas respeitados eram apresentadas: talvez o universo esteja cheio de pequenas partículas movendo os planetas, ou talvez cada planeta emita determinadas ondas, ou espaço está cheio d’água e os planetas simplesmente boiam nela.

Newton, no entanto, não entrou nessa onda. Para ele, a ideia de “uma força invisível” segurando e movendo os planetas era tão natural quanto aprender a transformar chumbo em ouro ou como usar a Bíblia para descobrir quando o mundo vai acabar. Então, quando ele testou todas as outras teorias de como os planetas se moviam e nada deu certo, Newton decidiu atacar por conta própria um pensamento inovador. Talvez um “espírito não físico” estivesse fazendo todo o trabalho. E eis que ele bolou a clássica equação F=G.m1.m2/r².

Só que, em vez de chamar o que nós hoje conhecemos como gravidade de “espírito”, ele usou o termo “força” e deu à gravidade um nome derivado da palavra em latim para peso. Mas ele nunca conseguiu explicar o que fazia (e continua fazendo) a gravidade funcionar. Por isso, muitos cientistas da época refutaram sua teoria, porque parecia ser apenas magia

fonte: http://www.cracked.com/article_20502_5-shockingly-crazy-ideas-behind-huge-scientific-discoveries.html

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 689

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 11th Agosto 2013, 11:57

Correto, Xevious.

À despeito das origens místicas, a dinâmica de Newton deu sentido à cinemática de Kepler.

Sobre vaidade...

Vaidade sempre há. Mas se a vaidade, pela quantidade de vaidosos que há no mundo, fosse fator definitivo de progresso, já estaríamos viajando pela 111a dimensão.

Tenho impressão que os gênios, conscientes da própria genialidade, sabem da responsabilidade que carregam sob seus ombros. Tal como sacerdotes, renunciam a vida pessoal e empenham-se totalmente em benefício dos outros.

Outra questão diz respeito aos gênios derrotados. Esse grupo deve ser bem maior ao dos gênios vitoriosos e festejados.

Façam suas apostas, senhores Very Happy  !
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1699
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Isaac Newton era louco?

Mensagem por Robson Z. Conti em 12th Agosto 2013, 00:26

"A Natureza e as leis da Natureza estavam escondidas na noite. Então Deus disse:'Faça-se Newton'. E tudo foi iluminado." [Inscrição no túmulo de Newton, de autoria do poeta Alexander Pope]

Em terra de cegos, quem tem um olho tem grandes chances de ser considerado louco. Ave Newton, grande mestre que nos tirou das trevas da ignorância, eterna gratidão de nossa parte, apesar de alguns "ingratos" muito bem intencionados atualmente o considerarem ultrapassado e obsoleto.

[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum