Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 2nd Junho 2013, 12:59

Bosco escreveu:
Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Einstein não explicou por que o espaço-tempo curva-se na presença da massa de um corpo.
Oi Jonas!

Sempre que vejo esta afirmação, não resisto, e me torno repetitivo: TUDO É CAMPO.

O campo gravitacional é intrinsecamente proporcional de forma direta à massa respectiva, impedindo assim que se separe um do outro.
Se observarmos que massa ou inercia são a mesma coisa, então podemos inferir que massa é apenas o valor da inércia intrínseca do campo gravitacional. Ou ainda: quando tracionamos ou empurramos um campo gravitacional teremos que experimentar ou sentir a sua inércia.
Se a inércia é devida ao campo gravitacional, mas a matéria também possui inércia, isto me faz ousar dizer que a matéria é puro campo gravitacional, ou ainda que a matéria é apenas uma forma de expressão do campo gravitacional.
Uma coisa é fato: Um campo para ser deslocado de A para B, sempre resiste sob a forma de inércia, e isto não parece estar sendo considerado quando o campo é gravitacional. No caso do campo elétrico, a sua inércia se chama carga. Analogamente, defendo que a inércia do campo gravitacional se chama massa.
Se a massa da matéria pode ser devida exclusivamente ao campo gravitacional respectivo, e este campo significa uma curvatura espaço tempo, então a matéria não curva o espaço tempo à sua volta, pois a sua presença (enxergando-a como campo) é a própria curvatura.

Pois é, Bosco.

É sabido que o "método científico" começou com o estudo da gravidade.

Enquanto a gravidade não for completamente entendida, não apenas "descrita", a teoria da unificação das forças continuará sendo apenas uma promessa.

Se "tudo é campo", como resolver o problema da anulação da gravidade?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1777
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 2nd Junho 2013, 16:34

Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Se "tudo é campo", como resolver o problema da anulação da gravidade?
Eu penso que a gravidade não é uma força, e sim uma geometria, porque este campo que se caracteriza por possuir sempre uma origem, é o responsável por estabelecer o tempo e o espaço intrínsecos desta origem. É um campo, porque ele se situa de forma intensa nesta origem, e diminui com o inverso do quadrado da distância, conforme se afasta desta origem.
Se o campo gravitacional é o palco espaço tempo onde as coisas acontecem, a força gravitacional pode ser apenas resultado de uma imposição feita pela hierarquia a ser respeitada, na programação das ocorrências dos fatos.
Imagine que numa origem A, houve uma ocorrência X, e que portanto o histórico desta ocorrência, se expande deste ponto para todo o espaço à sua volta, sempre à velocidade c. Ora, tentar acelerar esta origem até uma velocidade c, ou superior, é o mesmo que tentar atropelar a ocorrência X, ou atropelar o discorrer da história, numa clara tentativa de volta ao tempo. Sempre que se acelera um "relógio", seus ponteiros ficam mais lentos, e a inércia é uma resistência à este tipo de ocorrência.

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 2nd Junho 2013, 17:13

Bosco escreveu:
Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Se "tudo é campo", como resolver o problema da anulação da gravidade?
Eu penso que a gravidade não é uma força, e sim uma geometria, porque este campo que se caracteriza por possuir sempre uma origem, é o responsável por estabelecer o tempo e o espaço intrínsecos desta origem. É um campo, porque ele se situa de forma intensa nesta origem, e diminui com o inverso do quadrado da distância, conforme se afasta desta origem.

Bosco, a sua descrição de campo chega muito próximo de uma lei usada na luminotécnica:



crédito da figura:

http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfoRMAI/metodo-ponto-a-ponto
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1777
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 2nd Junho 2013, 18:21

Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Bosco, a sua descrição de campo chega muito próximo de uma lei usada na luminotécnica:
Sim, o campo gravitacional ou curvatura espaço tempo seria como os quadros da figura, que contam a história do filamento da lâmpada, para o espaço à sua volta numa expansão que ocorre à velocidade c.
Perceba que o filamento não pode ser acelerado de forma a tentar ultrapassar os quadros (história) que ele próprio gerou. Sempre que tentamos acelerar o filamento, sentimos uma oposição criada pela curvatura espaço tempo, cuja resistência chamamos de massa ou inércia.
Na sua hipótese da "expansão fantástica" acontece o mesmo, a expansão que de fato ocorre, não é da Terra, mas dos eventos que nela acontecem.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 14th Junho 2013, 22:35

Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Fui atrás da citação do amigo Robson sobre o livro de Hawkins "O universo numa casca de noz" :

"Se a Terra fosse plana, tanto poderíamos dizer que a maçã caiu sobre a cabeça de Newton devido à gravidade, ou devido a Newton e a superfície da Terra estarem acelerando para cima. Não obstante, esta equivalência entre aceleração e gravidade não parecia funcionar para uma Terra esférica — já que observadores que estivessem nas antípodas deveriam estar acelerando-se em sentidos opostos, mas permanecendo de uma vez à mesma distância entre si.

Entretanto, com sua volta a Zurique em 1912, Einstein teve a idéia genial de que tal equivalência funcionaria se a geometria do espaço-tempo fosse curva em lugar de plana, como se tinha suposto até então. Sua idéia consistiu em que a massa e a energia deformariam o espaço-tempo de uma maneira ainda por determinar. Os objetos como as maçãs ou os planetas tentariam mover-se em linhas retas pelo espaço-tempo, mas suas trajetórias pareceriam curvadas por um campo gravitacional porque o espaçotempo é curvo."





Einstein não explicou por que o espaço-tempo curva-se na presença da massa de um corpo.
Sugiro muito fortemente que você procure o livro e dê uma olhada na figura 1.11, à página 17 do mesmo.

Bosco escreveu
Sempre que vejo esta afirmação, não resisto, e me torno repetitivo: TUDO É CAMPO.
Sempre que vejo esta afirmação, TAMBÉM não resisto, e TAMBÉM me torno repetitivo: O que é campo?
 
[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 15th Junho 2013, 00:05

Campo é toda atividade que tem uma origem muito bem definida num ponto, onde se faz muito intensa, e espalha a partir daí seus efeitos de uma forma esférica e abrangente, perdendo gradativamente a sua intensidade.
Quando digo que a matéria é um campo, estou querendo sugerir que ela, em seu íntimo, não é como normalmente a vemos e sentimos, rígida, e com fronteiras de percepção muito bem definidas. Esta é uma peça pregada pelos campos que a compõem, e nos confundem.
A matéria é formada por partículas (campos) infinitamente extensas. A matéria em si, é extensa, não é local.
A Terra girando em volta do Sol, carrega consigo um campo gravitacional intenso, capaz de arrastar a Lua consigo. A Terra não cria este campo, penso o contrário, nosso planeta sim, é resultado da expressão deste campo.
Para quem crê em Big Bang, no princípio fez-se um campo gravitacional intenso, e a partir dele, tudo o que conhecemos.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 16th Junho 2013, 11:35

Bosco escreveu:Campo é toda atividade que tem uma origem muito bem definida num ponto, onde se faz muito intensa, e espalha a partir daí seus efeitos de uma forma esférica e abrangente, perdendo gradativamente a sua intensidade.
Até onde estou informado campo é a região de influência de uma força (seja ela qual for). Em termos físicos, e havendo apenas quatro forças fundamentais, eles devem, em termos finais, necessariamente ser produzidos por uma das tais forças. Em função disto, os campos não teriam origem muito bem definida em um ponto (aliás, aparenta-me que a própria definição de ponto já o impediria). Aparenta-me também que nem todo campo é esférico. Como exemplo, lembremo-nos do formato dos campos elétricos (com formatos diversos), magnéticos (que ainda são divididos em campo H e campo B, de formatos totalmente diferentes) e eletromagnéticos (como os que formariam a luz).

Bosco escreveu:A Terra girando em volta do Sol, carrega consigo um campo gravitacional intenso, capaz de arrastar a Lua consigo. A Terra não cria este campo, penso o contrário, nosso planeta sim, é resultado da expressão deste campo.
E este campo é constituído do que? Ele é autocriado?
Bosco escreveu:Para quem crê em Big Bang, no princípio fez-se um campo gravitacional intenso, e a partir dele, tudo o que conhecemos.
O que deu origem a este campo? Se ele era gravitacional, haveria de existir massa, o que leva à questão do que a produziu (efeito sem causa SERIA milagre, SE existissem).

[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 16th Junho 2013, 12:00

Jonas Paulo Negreiros escreveu:A discussão da ação fantasmagórica à distância, travada entre Einstein e Bohr, é bem detalhada nesse pequeno vídeo: 
As partículas entrelaçadas, com as quais se faz experimentos, são emitidas no decaimento de átomos, o que as leva a uma condição muito peculiar. Neste caso eu entendo que continue a existir uma ligação entre elas, apenas desconhecida por nós. Em vista desta condição especial, aparenta-me que o Bohr, NESTE DETALHE, tem um pouco mais de razão que o Einstein, pois há a comunicação, a qual não é fantasmagórica e sim apenas desconhecida.

[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Xevious em 19th Junho 2013, 02:53

Também concordo que tudo seja campo.
É ele que cria as ações de repulsão entre as partículas e gera a propriedade de solidões, e sua resultante pressão.
Com isso pode surgir estrelas e a vida Smile

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 711

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 19th Junho 2013, 14:14

Xevious escreveu: Também concordo que tudo seja campo.
A pergunta que não quer calar repete-se:
 
O campo é autocausado?
 
Neste caso ele seria o que os religiosos chamam de Deus. Apenas teríamos substituído uma entidade metafísica por outra, com a diferença que o “campo” não seria louvado em templos pelo mundo afora e nem temido por parte da população. A definição de campo (a região de influência de uma força) exige força, a qual não pode ser feita de belas e bem escolhidas palavras às quais emprestamos sentido especial em determinados meios especializados, como é o caso da comunidade científica da física.
 
Para haver força são necessárias massa e aceleração (f=m.a), o que implica em velocidade, o que exige movimento, o que necessita que algo com alguma rigidez lhe transfira energia, o que exige também velocidade e matéria/massa. Belas palavras não explicam, apenas nos não a impressão de conhecimento.
 
Se queremos dizer que sabemos como funciona o mundo, nós temos de ter a capacidade de explicá-lo sem jamais utilizar as palavras campo, força, massa, gravidade, elétrica, magnética, nuclear, elétron, próton, fóton, nêutron, energia, princípio, lei, tendência, fórmula, equação ou palavras que tenham o mesmo sentido que estas na explicação, e sim como algo a ser explicado.
 

[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 19th Junho 2013, 23:41

E o seu préon, não é igualmente auto-causado?
Se o campo  incomoda por ser auto-causado, como é que você convive bem com a ideia de préons, sem se corromper?
Qual é a substância formadora dos préons? De onde eles vieram? Quem os criou, um deus???
Se fosse fácil explicar a gênese do universo, isto já teria acontecido há muito tempo.


Última edição por Bosco em 20th Junho 2013, 00:07, editado 1 vez(es)

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 19th Junho 2013, 23:58

Robson escreveu:Se queremos dizer que sabemos como funciona o mundo, nós temos de ter a capacidade de explicá-lo sem jamais utilizar as palavras campo, força, massa, gravidade, elétrica, magnética, nuclear, elétron, próton, fóton, nêutron, energia, princípio, lei, tendência, fórmula, equação ou palavras que tenham o mesmo sentido que estas na explicação, e sim como algo a ser explicado.
Você não faz uso das palavras préon ou vórtices para tentar explicar o mundo? Faz alguma diferença?
Como identifico as palavras que podem ser ditas?
Eu poderia ser criativo, mas... "quais são as palavras que nunca são ditas?" (Legião Urbana)
Me sinto amordaçado, se não puder fazer uso de um vocabulário.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 20th Junho 2013, 01:03

Bosco,

Não faz sentido "sentir-se amordaçado" no Fórum.
Partindo da liberdade de expressão de idéias concedida nesta página, ouso dizer que o primeiro empurrãozinho cósmico fica por conta de Deus.

 "Se fosse claro, todo mundo via" (Zé Ramalho)
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1777
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 20th Junho 2013, 02:48

Jonas, acho que não me fiz entender, porque o que disse é que sem vocabulário não se consegue expressar, e, como é que alguém pode tratar de física, sem fazer uso das idéias de campo, átomo, energia, força, gravidade, massa, eletricidade, magnetismo. fóton, elétron, etc.
Como você consegue falar da sua "expansão fantástica" sem utilizar estes termos (proibidos)? Tem alguma forma?
Quanto ao empurrãozinho, penso que fica mais elegante sem ele.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 20th Junho 2013, 18:09

Bosco escreveu:E o seu préon, não é igualmente auto-causado?
Este é um problema e tanto, na verdade este é o que eu considero “o” problema, pois não sei nem como começar a pensar em solucionar, já que a fonte da matéria prima usada para fazer este universo (e possíveis outros) não tem como ser investigada. Por meios empíricos não dá (não há experimento que dê conta disto) e nem a razão resolve: não faz sentido algum dizer que o que existe teve um início e nem que não houve início.  
Bosco escreveu:Se o campo incomoda por ser auto-causado, como é que você convive bem com a ideia de préons, sem se corromper?
O campo autocausado tem me incomodado ultimamente porque ele tem uma definição que exige uma força que o mantenha (visto ser a região de influência de uma força). Para termos força temos de ter matéria acelerada, ou seja com velocidade não nula. Para que tal força se mantenha, há necessidade de despender energia, cuja fonte há de ser informada, sob pena de estarmos violando o princípio de conservação de energia.
 
Já o préon tem uma definição que o torna algo elementar e fundamental, enquanto que o conceito de campo pode ser explicado a partir de conceitos mais simples. Ou seja, conceitualmente podemos assumir a existência de partículas de matéria elementar, de dimensões ao nível do comprimento de Planck, extremamente rígidas e indivisíveis. Já o campo não pode ser uma panaceia que explica tudo, para existir e produzir os efeitos que ele produz ele necessita de condições adequadas, suficientes e proporcionais a estes efeitos, o que deve ser explicado também.
 
Mas não se preocupe tanto. O que você (e muita gente também, você faz parte da esmagadora maioria e eu da esmagada minoria) chama de campo eu chamo de região preenchida por fluxos de matéria elementar (os tais préons), e o que você chama de densidade de campo eu chamo de densidade destes fluxos. Eu apenas estou me aprofundando um pouco e propondo do que seriam feitos os campos.


Bosco escreveu:Você não faz uso das palavras préon ou vórtices para tentar explicar o mundo? Faz alguma diferença?
Só que podemos definir préon de uma maneira bem simples, elementar mesmo (uma partícula indivisível, esférica, de extrema rigidez e de dimensões muito reduzidas, como se fossem pequeníssimas bolas de biliar). O mesmo pode-se fazer com os vórtices e redemoinhos, os quais são de todos conhecidos, inclusive nos ralos de nossas pias. A visualização mental e a apreensão da ideia a ser transmitida é simples e imediata, de forma que não mais pode ser reduzida a elementos ainda mais simples. Já estruturas e conceitos como os que são definidos por palavras como campo, força, massa, gravidade, elétrica, magnética, nuclear, elétron, próton, fóton, nêutron, energia, princípio, lei, tendência e outros termos carregados de informação especializada, exprimem conceitos complexos, que permitem redução a entidades mais simples que permitam apreensão imediata pela mente de não especialistas.
Bosco escreveu:Como identifico as palavras que podem ser ditas?
Desde que sejam razoavelmente civilizadas, podemos usar qualquer palavra. O problema é onde usamos cada uma delas, pois quando usamos palavras cujos sentidos encerram uma grande quantidade de informações, estamos colocando os detalhes dentro de uma caixa preta. Para você que estudou eletrônica podemos usar a analogia do esquema de um circuito. Ele pode ser feito usando diagrama de blocos, que o entendimento vai ser bom do que se passa. Se desejarmos saber mais, vamos abrir cada bloco e ver os chips e componentes discretos dentro dos mesmos. Se quisermos saber ainda mais, vamos para o esquema de cada chip e os detalhes construtivos de cada semicondutor discreto, inclusive suas folhas de dados. Se formos mais curiosos podemos estudar a física do estado sólido, bandas de valência e entender as técnicas de dopagem de semicondutores e outros detalhes, podendo ir até uma profunda investigação da estrutura da matéria.
Pois bem, algumas palavras (tais como campo) são grandes blocos, o que nos permite entender o funcionamento básico do circuito, mas nem de longe nos permitem compreender o mecanismo que em última instância faz com que o que aquele circuito funcione da maneira que funciona. E é NISTO que eu estou interessado, em saber de forma minuciosa como funciona o mundo, da mais profunda intimidade da matéria ao conjunto de tudo o que existe, o Universo.
Bosco escreveu:Me sinto amordaçado, se não puder fazer uso de um vocabulário.
Sem linguagem (inclusive a não verbal) não há como haver comunicação. Mesmo o pensamento de uma pessoa (ou grupo delas) tem sua capacidade seriamente limitada pela sofisticação da linguagem por elas conhecida e utilizada. Eu apenas questionei você quanto ao campo porque este conceito para mim é um bloco, e eu estou querendo saber o que tem dentro dele.
Bosco escreveu:como é que alguém pode tratar de física, sem fazer uso das idéias de campo, átomo, energia, força, gravidade, massa, eletricidade, magnetismo. fóton, elétron, etc
Estas palavras podem e devem ser utilizadas, tanto que eu o faço. O que eu quis dizer é que elas também necessitam ser explicadas, e não apenas ser a explicação final, como se o uso delas resolvesse a situação, endeusadas como explicação última e infalível para descrever o mundo e seu funcionamento. Isto está claro no texto original, o qual repito a seguir.
 
Se queremos dizer que sabemos como funciona o mundo, nós temos de ter a capacidade de explicá-lo sem jamais utilizar as palavras campo, força, massa, gravidade, elétrica, magnética, nuclear, elétron, próton, fóton, nêutron, energia, princípio, lei, tendência, fórmula, equação ou palavras que tenham o mesmo sentido que estas na explicação, e sim como algo a ser explicado.”
 
[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 20th Junho 2013, 22:56

Bosco escreveu:Jonas, acho que não me fiz entender, porque o que disse é que sem vocabulário não se consegue expressar, e, como é que alguém pode tratar de física, sem fazer uso das idéias de campo, átomo, energia, força, gravidade, massa, eletricidade, magnetismo. fóton, elétron, etc.
Como você consegue falar da sua "expansão fantástica" sem utilizar estes termos (proibidos)? Tem alguma forma?
Quanto ao empurrãozinho, penso que fica mais elegante sem ele.

Pode ser, Bosco. Mas, sem o Empurrãozinho Divino, o Universo fica literalmente vazio e "sem Graça".
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1777
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 21st Junho 2013, 01:57

Robson, agradeço o seu empenho, e argumentos.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 21st Junho 2013, 12:41

Robson escreveu:E é NISTO que eu estou interessado, em saber de forma minuciosa como funciona o mundo, da mais profunda intimidade da matéria ao conjunto de tudo o que existe, o Universo.
Complementando a postagem anterior, eu estou interessado não apenas na explicação de como as coisas funcionam, mas também e principalmente no motivo delas assim se passarem. Isto inclui tentar entender o motivo pelo qual as equações, fórmulas, princípios e leis naturais são como são. Nas palavras do meu amigo Einstein, “eu quero saber como Deus criou este mundo. Não estou interessado neste ou naquele fenômeno, no espectro deste ou daquele elemento. Eu quero conhecer os pensamentos Dele, o resto são detalhes”. [mas não quero discutir se Deus existe ou não, este é outro assunto]
 
De tanto tentar entender isto, acabei tornando-me partidário de um modelo que tenta responder a esta questão, modelo este que está explicado de forma aproximada nos links que eu já forneci.
http://ouniversosustentavel.blogspot.com.br/2011/10/pequena-conjectura-sobre-o_28.html [28 de outubro de 2011] [1]
http://ouniversosustentavel.blogspot.com.br/2011/11/pequeno-detalhamento-adicional-da.html
http://ouniversosustentavel.blogspot.com.br/p/e-se-for-tudo-igual-tudo-fractal_4385.html
http://ouniversosustentavel.blogspot.com.br/p/e-s.html
 
Em resumo este modelo propõe (e apresenta o que pessoalmente considero evidências objetivas para tanto, na forma de links que nos permitem acessar dados produzidos por entidades consideradas confiáveis pela comunidade científica) que as estruturas em geral são formadas por partículas elementares de matéria, às quais tenho aqui denominado de préons, e que as mesmas adquirem coesão da mesma maneira que ocorre em furacões (que em síntese são sistemas coesos de partículas em que há a combinação de uma célula de convecção vertical com uma horizontal, formando o que é chamado de vórtice ciclônico), o que em última instância ocorre em função de diferenças de densidade destas partículas elementares de matéria.
 
Propõe também que todas as estruturas estáveis, de prótons a universos, passando por átomos, sistemas estelares, galáxias, conglomerados e superaglomerados destas são repetições deste mesmo modo de estruturação, de forma que este universo seria um fractal. Na base do modelo, como estas partículas elementares (préons) estão sempre em movimento e com diferenças de densidade das mesmas, ocorreriam tentativas de equalização da densidade delas, da mesma maneira que temos observado ocorrer em todas as escalas, conforme se pode verificar nos links apresentados acima. Isto levaria o universo (e tudo o que nele há) a ser governado apenas por diferenças de densidade de partículas elementares, o que em resumo seria um funcionamento conhecido como hidrodinâmico, o qual, em sua mais profunda intimidade, seria resultante apenas da Terceira Lei de Newton e do princípio que diz que dois corpos (neste caso os corpos seriam os préons, esféricos, indivisíveis e brutalmente rígidos) não podem ocupar o mesmo lugar no espaço.
 
[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Bosco em 22nd Junho 2013, 20:06

Robson escreveu: ...(neste caso os corpos seriam os préons, esféricos, indivisíveis e brutalmente rígidos)... 
A rigidez ideal contraria frontalmente a TRR, pois ela permite interações acima da velocidade da luz, porque qualquer corpo tido como rígido, ao ser empurrado num de seus lados, instantaneamente desloca o lado oposto, independente da distância que separa estes dois lados. Assim, uma quantidade satisfatória de préons enfileirados serviria para viabilizar qualquer transmissão de dados de forma instantânea.
Outro problema desta hipótese, é que se você cria todo um universo assentado apenas numa infinidade de préons rígidos e indestrutíveis, aparece a necessidade de se explicar em que estoque estava armazenado esta matéria prima quando se deu a gênese do nosso universo. Ou seja: se os préons não forem frutos de um milagre, então são eternos.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 475

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Robson Z. Conti em 24th Junho 2013, 05:46

Bosco escreveu:A rigidez ideal contraria frontalmente a TRR, pois ela permite interações acima da velocidade da luz, porque qualquer corpo tido como rígido, ao ser empurrado num de seus lados, instantaneamente desloca o lado oposto, independente da distância que separa estes dois lados.
E não é isto que está sendo constatado experimentalmente? A tal ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz, não é?
Bosco escreveu:uma quantidade satisfatória de préons enfileirados serviria para viabilizar qualquer transmissão de dados de forma instantânea.
E não é isto o que ocorre no emaranhamento? Se bem que neste caso a impressão que tenho é que ela não contrariaria a TRR, porque não existe sinal portador de informação, da mesma forma que, quando encostamos um bastão em um fruta para derrubá-la da árvore e empurramos uma de suas extremidades a outra extremidade imediatamente empurra a fruta, sem tempo de propagação de sinal portador de informação porque nem mesmo houve o sinal.
 
Bosco escreveu:Outro problema desta hipótese, é que se você cria todo um universo assentado apenas numa infinidade de préons rígidos e indestrutíveis, aparece a necessidade de se explicar em que estoque estava armazenado esta matéria prima quando se deu a gênese do nosso universo.
Conforme eu disse antes, o problema de descobrir de onde saiu toda a matéria prima do Universo (ou seja de tudo o que existe) mostrou-se acima de minha capacidade de investigação (e pelo que tenho visto, dos demais também). Empiricamente não temos como fazer absolutamente nenhum experimento que dê conta deste desafio e em termos lógicos não faz nenhum sentido nem o Universo ter tido um começo e nem ele não ter tido um começo.
 
Já se a questão for um pouco menos ambiciosa e desejar informação de onde veio a matéria prima DESTE universo, o problema será muito mais simples. Na minha humilde opinião, este universo é fruto da descomunal explosão de uma supernova (neste caso, hipernova)...
...a qual produziu este universo de maneira similar ao que ocorre nas explosões de supernovas que produzem nebulosas planetárias. Seria apenas uma questão de tamanho. Neste caso os préons estariam na hiperestrela que explodiu.
Bosco escreveu:se os préons não forem frutos de um milagre, então são eternos
Eu não acredito em milagres. Se esta dicotomia for verdadeira, então eles serão efetivamente eternos.

[]s

Robson Z. Conti
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 232

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação fantasmagórica à distância é dez mil vezes mais rápida que a luz

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum