Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Termoelétricos flexíveis vão buscar o calor onde ele estiver

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Termoelétricos flexíveis vão buscar o calor onde ele estiver

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 13th Abril 2013, 12:45

Redação do Site Inovação Tecnológica - 12/04/2013


Os testes iniciais do material termoelétrico flexível foram realizados no escapamento de um carro, produzindo potências de até 600 Watts.[Imagem: Fraunhofer IWS]


Transformando calor em eletricidade

Imagine revestir qualquer coisa que esquente - como o cano do escapamento do seu carro, o processador do seu computador ou as chaminés das indústrias - e transformar esse calor indesejável em eletricidade.

É isso que engenheiros alemães estão viabilizando, graças ao desenvolvimento de um material termoelétrico flexível que pode ser fabricado em larga escala na forma de um revestimento a ser aplicado sobre qualquer superfície.

Os materiais termoelétricos são bem conhecidos, e têm mantido de pé suas promessas de aplicações que vão desde geladeiras de estado sólido e a reciclagem de energia até uma refrigeração térmica.

Transformar o calor desperdiçado em eletricidade pode mudar o panorama energético mundial devido às magnitudes envolvidas.

Os motores a combustão dos carros aproveitam pouco mais de 25% da energia contida na gasolina - a maior parte é perdida na forma de calor.

As grandes usinas termoelétricas, por sua vez, não conseguem converter em eletricidade mais do que 40% do combustível que consomem. Todo o restante é liberado na atmosfera como calor saindo de suas chaminés.

"Os geradores termoelétricos atuais têm uma eficiência de cerca de 8%. Isso pode parecer pouco, mas se conseguirmos fabricar materiais termoelétricos com um custo razoável, poderemos instalá-los nas enormes torres das usinas geradoras, onde cerca de 1.500 litros de vapor de água evaporam por minuto - isso vai resultar em enormes quantidades de eletricidade," disse o Dr. Aljoscha Roch, do Instituto Fraunhofer, na Alemanha.

Material termoelétrico flexível

Para baratear o material termoelétrico, Roch e seus colegas desenvolveram uma técnica para sua fabricação por meio de impressão contínua, da mesma forma que os jornais são impressos nas gráficas.

"Os materiais termoelétricos de hoje são fabricados de forma quase manual, a partir de elementos tóxicos, que contêm chumbo, por exemplo. Nós agora estamos usando uma moderna tecnologia de impressão 3D e plásticos inofensivos que são eletricamente condutores," explica Roch.

Os polímeros termoeletricamente ativos são aplicados em camadas de 20 a 30 micrômetros de espessura sobre substratos temporários, de onde são posteriormente retirados para aplicação sobre superfícies irregulares.

Quando o calor atinge o material em um de seus lados, os elétrons migram para o outro lado, produzindo uma corrente elétrica.

Os testes iniciais foram realizados no escapamento de um carro, produzindo potências de até 600 Watts.

fonte:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=material-termoeletrico-flexivel&id=010115130412
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1639
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Termoelétricos flexíveis vão buscar o calor onde ele estiver

Mensagem por Xevious em 24th Abril 2013, 01:21

Muito legal isso

Eu e minha esposa, chegamos a pensar numa tecnologia para dominar os vulcões..

Uma tecnologia derivada desta que esta no tópico, poderia ser usada em larga escala, absorvendo e transformando em uma enorme quantidade de eletricidade.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 665

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum