Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 30th Outubro 2013, 16:42

Mas nao vi, la no artigo, como eles explicariam a energia escura.....

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

O estudo completo do universo será certo e preciso...

Mensagem por Sócrates Georges Petrakis em 12th Dezembro 2013, 01:11

Oi! Jocax, me chamo Sócrates, sou formado em Física e já escrevi como outras centenas ou milhares de pessoas, algumas teorias sobre toda a evolução do universo. Teorias que explicavam tudo mesmo e a medida que fui me desenvolvendo em cosmologia, desenvolvi uma (não é a que está neste fórum), apenas se baseia em partes nela ,que explica o universo, provando de 4 formas diferentes, chegando ao mesmo resultado. No início fiquei entusiasmado, como você deve ter ficado, quando utilizou a sua teoria, que me pareceu até uma ideia boa quando explica a expansão acelerada como sendo uma falsa percepção de nossos sentidos explicada pela fórmula de Lorentz. Porém você já pensou que mesmo com esta falsa percepção , o universo pode estar se expandindo aceleradamente realmente?
O que eu quero dizer é que mesmo as características do universo que são mais aceitas atualmente, podem nunca serem comprovadas, pois a percepção que temos do universo pela sua extensão não nos permite fazer deduções com absoluta certeza. Não que não seja válido deduzir soluções cosmológicas inovadoras, mas se nunca saberemos com certeza absoluta de toda verdade, talvez a forma de se chegar a aproximarmos mais do que é real seja procurar explicações mais simples possíveis, utilizando o menor número de conceitos possíveis. Talvez possamos explicar o universo, sem esquecer da relação entre a matéria e energia. Vou dar um exemplo: E= m.cc , ninguém duvida desta fórmula (Fusão solar, bomba atômica), mas podemos dizer tanto que matéria se transforma em energia, como imaginar que a matéria se dividiu em partículas tão ínfimas que são imperceptíveis aos seres humanos.( o que seria mais provável ,uma vez que energia seria uma propriedade da matéria, a capacidade que esta tem de modificar o próprio movimento ou o movimento das matérias à sua volta, não tendo sentido de se falar da existência de energia sem matéria relacionada perto ou à distância). pode-se formular modelos coerentes e simples sobre o universo sem utilizar conceitos absurdos (para mim) como achar que o espaço vazio pode curvar ou o tempo que é uma unidade de medida de uma sequencia de acontecimentos possa contrair realmente sem ser uma falsa percepção de nossos sentidos. Resumindo : quando mais simples for o modelo ,com menos conceitos ,mais próximo da realidade pode-se chegar, talvez quem sabe não se chega à um modelo lógico que se aproxima da prova da existência de deus ou a vida após a morte?
Quem sabe eu já não cheguei?

Sócrates Georges Petrakis
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 12th Dezembro 2013, 11:28

Ola Socrates, realmente , como vc disse , nao podemos ter certeza de quase nada e por isso eu propus o PIF:
http://www.genismo.com/logicatexto31.htm

Sim minha teoria da expansao acelerada como uma dcorrencia da contarcao de lorentz pela gravidade poderia ser verdadeira e memo assim o universo estaria acelerado. Ainda eh cedo para saber ! Mas neste caso o misterio continuaria pois continuaria havendo uma energia escura e misteriosa afastando as galaxias.

Gostaria de dar uma lida no resumo da sua teoria. Vc teria um link para nos mostrar?

Voce conhece o "Nada Jocaxiano"?
http://www.genismo.com/logicatexto23.htm

Abs

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por Sócrates Georges Petrakis em 12th Dezembro 2013, 14:40

Bom dia! Jocax , durante aproximadamente 2 anos registrei 16 textos na biblioteca nacional de meu país, um aperfeiçoando o seguinte, comecei a discutir cosmologia com um mestre em Física quântica quando percebi que no estudo da Física, principalmente na cosmologia, ainda há variantes (incertezas), advindas desde a Física clássica e que passam para Física dos extremos (Física quântica e relatividade).Percebendo isto, verifiquei que o próximo texto só iria ficar melhor e mais claro do que o anterior, a medida que eu eliminasse ao máximo, os pontos questionáveis e criasse um modelo que respeitasse as leis da Física, da lógica , da matemática e da probabilidade ,utilizando a menor quantidade possível de conceitos, pois assim correria o risco de errar menos, e chegar a conclusões mais passíveis de serem reais. Na verdade é o contrário que todo mundo faz. Na Física quando não se tem certeza de como um evento acontece, logo se cria um conceito novo ( tipo energia escura).Não estou dizendo que no meu texto a energia escura não exista ,e sim que este conceito pode ser substituído por outro já existente na Física clássica que explica tudo de forma muito mais simples.
No meu link só tem descritos a base dos primeiros textos, que descrevem toda a evolução do universo utilizando apenas a variação de matéria-energia em regiões do espaço, que está em uma linguagem fácil de entender mas não é o texto mais simples ou seja com provas mais contundentes, os outros textos provam a mesma evolução do universo, mostrando a relação de densidade energética (d=M/V e E=m.c.c), outro mostrando a variação orbital entre astros, até chegar no mais simples que prova toda a evolução do universo utilizando a energia potencial gravitacional, energia cinética de rotação e conservação do momento angular em qualquer sistema massivo.
Simplificações que faço que não afetam o resultado das conclusões: considero massa e energia sendo um pacote só.
O universo é composto por massa e energia, qualquer região que não tenha nenhum nem outro está fora do universo, ou seja, é o espaço que este está inserido, assim elimino a possibilidade da possível existência de vários universos, pois se existirem, o conjunto destes formaram o universo maior cuja evolução meus textos interpretam. e assim por diante. Meu texto tem 50 folhas, vou aproveitar as minhas férias e tentar resumir para tornar sua leitura mais prática e o envio até você em até 2 meses.
Nele calculo a porcentagem atual da "energia escura" e sua causa de forma muito simples, relaciono Deus com o universo e a probabilidade de vida após a morte!
Não conheço o "Nada jocaxiano", mas apesar de ir contra os meus princípios de talvez acrescentar um conceito a mais ao invés de tirar em um estudo de um modelo mais simples do universo , vou ler para comentar com você depois!
Abraços, até mais!

Sócrates Georges Petrakis
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 12th Dezembro 2013, 16:54

Ficamos no aguardo então .....
mas, antes,
da uma olhada nas provas q deus nao existe :
O "Diabinho Azul Jocaxiano"
http://stoa.usp.br/ateismo/weblog/39228.html

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por michael patury em 24th Dezembro 2013, 02:27

Deus Existe? A quem cabe o ônus da prova?  No 

michael patury
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 24th Dezembro 2013, 10:30

Segunda Parte



"Qualquer coisa que você afirme, está baseada no princípio de identidade, qualquer uma. E o princípio de identidade você não pode provar. (...) Se não pode afirmar, também não pode provar a negação."
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1758
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por Sócrates Georges Petrakis em 25th Dezembro 2013, 00:21

ola! jocax, eu concordo em grande parte com esta pessoa que mandou a ultima mensagem: michael patury, mas como já mencionei a minha teoria que prova praticamente tudo, pela ciência simples, aplicando o que é mais aceito e deixando de utilizar o que é mais duvidoso, adiantando, prova a existência de Deus, pela ciência, não o Deus que tenha as características mais aceitas pela maioria das religiões , e prova também relativamente da existência da vida após a morte, se bem que a cada segundo que passa qualquer ser já não é mais o que era (já morreu), pois se modificou ou evoluiu, ou retrocedeu. tudo tem o seu tempo de ser, já tenho este texto registrado e só o estou manipulando para que fique mais simples e desta forma o torne incontestável de tão simples.

Sócrates Georges Petrakis
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 26th Dezembro 2013, 00:44

Acho q o olavo nao conhgece muito de logica dem de matematica : PROVA POR REDUCAO AO ABSURDO:

Essa tecnica chama-se "prova por reducao ao absurdo" ou simplesmente "prova por absurdo".

A ideia eh vc supor "TEMPORARIAMENTE" que a hipotese que vc quer descartar eh VERDADEIRA .

Entao SE atraves de silogismos ( deducoes logicas ) vc chegar num
ABSURDO LOGICO ( uma conclusao contrariando uma das premissas ) vc
pode concluir que sua hippotese na verdade NAO ERA VERDADEIRA e sim FALSA.

Dessa forma vc supoe que "exista um DEUS BOM e PODEROSO" e se vc chegar
a conclusao que isso leva a um absurdo, entao isso eh um absurdo e
vc pode tomar o OPOSTO como verdade : Que o OPOSTO eh verdadeiro , no nosso exemplo de que
NAO existe um deus bom e poderoso !!

Outro Exemplo:
"Chupa Cadeiras" eh um ser que com a sua simples existencia faz desaparecer todas as cadeiras do universo.
Vou provar , por absurdo, que NAO existe o "Chupa Cadeiras".
Inicialmente eu suponho que EXISTA o "Chupa Cadeiras".
Em sequida eu observo tambem que eu estou sentado em uma cadeira.
Entao minha cadeira eh incompativel com o "Chupa cadeiras" e
o Chupa Cadeiras nao pode existir, pois se existisse eu NAO poderia estar
sentado em uma cadeira ! Ela teria que ter desaparecido !


Entendeu?

veja alguns links:
http://teia.inf.ufrgs.br/cgi-bin/moore.pl?estado=27&curso=LivroAnimado

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 26th Dezembro 2013, 00:47


jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por jocax em 29th Janeiro 2014, 10:58

JC e-mail 4882, de 28 de janeiro de 2014
24. Stephen Hawking: buracos negros não existem
Físico britânico apresenta teoria de que estes objetos cósmicos não têm um horizonte de eventos definido em tentativa de solucionar paradoxo quântico


Desde o fim dos anos 60, quando o físico americano John Wheeler popularizou o termo "buraco negro", estes fenômenos astrofísicos entraram no imaginário popular como "monstros" cósmicos cuja gravidade é tão forte que nem a luz pode escapar. Mas poucos anos depois, em 1974, o britânico e também físico Stephen Hawking mostrou que o cenário não era bem assim. Ao aplicar os princípios da mecânica quântica aos buracos negros, Hawking revelou que eles "evaporam", lentamente emitindo pequenas quantidades de energia na forma de uma radiação que acabou batizada com seu nome.

Isso, no entanto, gerou um novo problema. Segundo a Teoria da Relatividade Geral de Einstein, um hipotético e desavisado astronauta que por acaso cruzasse o horizonte de eventos de um buraco negro, como é chamada a "fronteira" destes objetos com o espaço-tempo "normal", não sentiria nada até que a gravidade ficasse tão poderosa que a força de atração em seus pés seria muito maior do que a sobre a cabeça, esticando-o como um espaguete, num tipo de morte que ficou conhecido como "espaguetificação".

Mas em artigo publicado em meados de 2012, um grupo de físicos - Joseph Polchinski, Ahmed Almheiri, Donald Marolf e James Sully - propôs que a interpretação quântica dos buracos negros implica que o infeliz astronauta encontraria uma muralha de fogo no horizonte de eventos, sendo "frito" antes de ser "espaguetificado". Isso porque, de acordo com os fundamentos da mecânica quântica, a "informação" (matéria, energia etc) sugada por um buraco negro não se perde para sempre, e à medida que ela escapa do objeto transformada na radiação Hawking "constrói" a muralha de fogo em seu horizonte de eventos.

Surgiu então o chamado "paradoxo da muralha de fogo", pelo qual uma das teorias, ou a Relatividade ou a mecânica quântica, está errada. A conciliação entre estas duas teorias - conhecida como "teoria de tudo" ou "teoria da unificação" por unir a gravidade às outras forças fundamentais da natureza (eletromagnetismo, nuclear forte e nuclear fraca) - tem desafiado os cientistas há quase um século, mas enquanto ela não vem Hawking propôs uma nova solução para o paradoxo. E para isso ele resolveu simplesmente se livrar do conceito de que os buracos negros têm um horizonte de eventos, substituindo-o pela ideia de "horizontes aparentes" que podem capturar a luz mas também podem mudar de forma devido às flutuações quânticas, deixando aberta a possibilidade de que ela escape.

"A ausência de um horizonte de eventos significa que não existem buracos negros no sentido de sistemas dos quais a luz não pode escapar para o infinito", escreveu Hawking em artigo publicado na semana passada no repositório online de acesso aberto "ArXiv".

De acordo com a proposta de Hawking, o horizonte de eventos de um buraco negro pode se expandir para além do horizonte aparente quando ele consome matéria, mas, por outro lado, também pode encolher e ficar menor que o aparente à medida que o objeto "evapora" por meio da radiação Hawking. Por fim, a ideia do físico britânico implica que os buracos negros podem nem ter uma singularidade, isto é, a massa com densidade infinita que os formaria, em seu núcleo. No seu lugar, toda a matéria sugada pelo buraco negro ficaria "presa" logo atrás do horizonte aparente, sem nunca "cair" até um centro. Assim, os buracos negros seriam mais como uma prisão cósmica do que poços mortais, permitindo que a "informação" quântica continue a escapar deles na radiação Hawking, embora de forma tão caótica que seria praticamente impossível saber o que eles "engoliram".

"Seria algo como a previsão do tempo na Terra. Não podemos prever o clima corretamente com mais do que alguns dias de adiantamento", conclui Hawking no curto artigo, que não passou por revisão de outros cientistas e nem contém cálculos que demonstrem a sua ideia.

(Cesar Baima/O Globo)
http://oglobo.globo.com/ciencia/stephen-hawking-buracos-negros-nao-existem-11418903#ixzz2rhU7XLwt

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Energia Escura como efeito do campo Gravitacional

Mensagem por Xevious em 6th Fevereiro 2014, 04:14

E este é só o inicio das desmistificações do lendário Buraco Negro.

A tempos que digo, ele não é negro e muito menos um buraco..

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 703

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum