Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Sr. Einstein, onde está meu erro?

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Marcelo Feitorato em 6th Julho 2015, 03:14

Minhas refutacoes logicas e fisicas -empiricas tanto da relatividade restrita como da relatividade geral de Einstein.


Vejam no meu blog de filosofia:

http://feitoza-filosofia.blogspot.com.br/2014/07/por-que-einstein-fez-tanto-sucesso-na.html?m=1

Marcelo Feitorato
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 4

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Marcelo Feitorato em 6th Julho 2015, 03:15

Minhas refutacoes logicas e fisicas -empiricas tanto da relatividade restrita como da relatividade geral de Einstein.


Vejam no meu blog de filosofia:

http://feitoza-filosofia.blogspot.com.br/2014/07/por-que-einstein-fez-tanto-sucesso-na.html?m=1

Marcelo Feitorato
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 4

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Marcelo Feitorato em 6th Julho 2015, 03:33

Minhas refutacoes logicas e fisicas -empiricas tanto da relatividade restrita como da relatividade geral de Einstein.


Vejam no meu blog de filosofia:

http://feitoza-filosofia.blogspot.com.br/2014/07/por-que-einstein-fez-tanto-sucesso-na.html?m=1

Marcelo Feitorato
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 4

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 6th Julho 2015, 09:11

Pois é, Marcelo.

Analise essas duas animações fornecidas pelo Instituto Einstein:

Detetor fóto-célula à esquerda, Canhão LASER  à direita.


Detetor com foto-célula parado




Detetor com foto-célula em movimento

Note que no segundo caso, o detetor pisca mais vezes por segundo.

Não sei como os relativistas interpretam o Efeito Doppler.

É admissível aplicar a soma de velocidades neste caso?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por domingos.cjm em 8th Julho 2015, 10:32

Um crítico ferrenho da fundamentação matemática da teoria gravitacional de Einstein / Hawking é o matemático Stephen Crothers. Um dos vídeos dele, em inglês, pode ser visto abaixo:


domingos.cjm
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Gauss em 18th Julho 2015, 22:37

Na verdade estou absolutamente surpreendido com toda esta discussão. Acontece que enquanto estudante de mestrado em física eu denoto a teoria da relatividade tanto a geral como a restrita as únicas teorias que são "self contained". O problema aqui é que nas teorias da relatividade os resultados sempre foram consistentes e quase puramente consequências matemáticas. Daí surge que quem não se propõe a compreender a matemática, não se propõe a ter aquilo a que se chama uma educated guess. Agora, eu já conheci muitas pessoas que discordaram de teorias físicas, muitas das quais não tinham justificação própria.

Agora eu próprio hoje em dia acho que o Einstein cometeu certos erros na teoria, como por exemplo, eu suponho que ele assumiu erroneamente que o espaço tempo era contínuo. Ainda assim, mesmo assumindo um espaço-tempo discreto numa tentativa de casar a relatividade com a MQ, as soluções macroscopicas são iguais. O interessante é que esta frente de pensamento é uma das mais radicais anti TRG e ainda assim produz a mesma fenomenologia. Isto é, se não me engano uma grande prova de que o Einstein nunca produziu resultados errados. Se fazes 10 teorias e todas dão na relatividade temporal (por exemplo), diria que é aceitável considerar que ele estava fundamentalmente correcto.

Para todos os que não concordam com Einstein, desafio-vos a teorizar algo diferente que produza resultados consistentes com a realidade. Só aí poder-se-à dizer que a teoria estava incompleta/errada.

Até lá, dizer que não é verdade sem fundamentar por A + B é aquilo a que se chama de filosofia.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 304
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Gauss em 18th Julho 2015, 22:50

E já agora, o Crothers nem é matemático, é um jardineiro que afirma que os buracos negros não existem e que a TRG é um conjunto de símbolos matemáticos aleatórios, o que é estranho porque eu de facto consigo percebe-los.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 304
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 18th Julho 2015, 23:32

Gauss escreveu:E já agora, o Crothers nem é matemático, é um jardineiro que afirma que os buracos negros não existem e que a TRG é um conjunto de símbolos matemáticos aleatórios, o que é estranho porque eu de facto consigo percebe-los.

Gauss,

Nós, leigos amadores, não entendemos o que os físicos relativistas entendem.
Não somente jardineiros refutam a TR. Há um movimento crescente de físicos dissidentes.

Sugiro a você dar uma olhada no texto abaixo:

http://aether.lbl.gov/www/classes/p139/speed/fgr.html

Aguardamos ansiosos por seus comentários.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Gauss em 19th Julho 2015, 19:00

Bem uma coisa eu posso dizer, em que é que singularidades implicam problemas? Hawking provou que as singularidades na verdade estavam de acordo com as leis da termodinamica presumindo a existência da radiação de Hawking expelida por buracos negros. Essa mesma radiação foi experimentalmente verificada.

Eu vou aqui dar um exemplo de mecânica clássica. A maneira correcta de traduzir a ressonância por exemplo numa ponte (existem casos de pontes que cairam por ressonância) é através de uma equação diferencial que traduz uma singularidade quando a frequência própria e a frequência forçada de um sistema são iguais. Claro que é impossível que sejam exactamente iguais as frequências que eu referi. No entanto a teoria prevê uma singularidade. Analogamente, qualquer teoria que provoque singularidades tem que ser tratada sabendo que esta mesma singularidade tem teor quase exclusivamente numa questão de aproximação.

Ninguém pode ser arrogante ao ponto de dizer que a TRG e a TRR são perfeitas. Mas ainda há um mês na minha universidade, um professor foi distinguido por desenvolver a equação de campo de Einstein. Isto é o mesmo que dizer que os físicos não esqueceram que existe trabalho a fazer. Mas neste momento não é prudente mandar abaixo a melhor teoria macroscópica que temos porque ela tem algumas irregularidades. Aliás, todas as teorias físicas neste momento têm problemas, incluindo TRG, TRR, MQ, teoria clássica de Newton, electromagnetismo de Maxwell, trabalho de Hamilton e Lagrange.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 304
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 19th Julho 2015, 19:59

Obrigado, Gauss, pela gentil resposta!

Nós, leigos amantes da física, somos costumeiramente turrões  Embarassed .  
No entanto,  não podemos nos dar ao luxo de desconsiderar as opiniões dos especialistas.
Esperamos poder contar com sua valiosa  participação no fórum "Física2100"  Surprised  .
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Gauss em 19th Julho 2015, 22:18

Acredite, muitas teorias da física são completamente estranhas e a roçar o absurdo quase. Mas a verdade é que muita física intuitiva falhou quando levada aos limites. O problema da intuição é que nós humanos vivemos tipicamente 70 anos, vamos a uma velocidade máxima de 900 km/h (avião) e temos um tamanho na ordem do metro. Que sabemos então nós intuitivamente acerca de processos de milhões de anos, velocidades próximas da luz e do comprimento de Planck?

Engraçado que sempre que tentámos moldar a natureza a nós mesmos falhámos miseravelmente.

Além de que, dito em linguagem de teoria de conjuntos, na física nós estamos contidos no conjunto Universo. O conjunto Universo contido em nós é trabalho para os psicológos e filósofos.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 304
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 19th Julho 2015, 23:46

Bem lembrado, Gauss!



“A ciência não pode resolver o maior mistério da natureza. E isso acontece porque, em última análise, nós mesmos somos partes da natureza e, portanto, parte do mistério que estamos tentando resolver.”

- Max Planck
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 20th Julho 2015, 09:03

Gauss escreveu:Acredite, muitas teorias da física são completamente estranhas e a roçar o absurdo quase. Mas a verdade é que muita física intuitiva falhou quando levada aos limites. O problema da intuição é que nós humanos vivemos tipicamente 70 anos, vamos a uma velocidade máxima de 900 km/h (avião) e temos um tamanho na ordem do metro. Que sabemos então nós intuitivamente acerca de processos de milhões de anos, velocidades próximas da luz e do comprimento de Planck?

Engraçado que sempre que tentámos moldar a natureza a nós mesmos falhámos miseravelmente.

Além de que, dito em linguagem de teoria de conjuntos, na física nós estamos contidos no conjunto Universo. O conjunto Universo contido em nós é trabalho para os psicológos e filósofos.

Gauss,

Faço citação de sua mensagem em negrito para fazer novos comentários.

Cientistas e jardineiros tentam moldar a natureza. A diferença que as falhas dos especialistas são mais difíceis de serem encontradas.

Quando um "insight" ou "iluminação" atinge um pobre mortal, ele se sente na obrigação de abandonar sua vida confortável, arriscar sua reputação, e partir para uma batalha sem a menor perspectiva de vitória. A história está cheia de exemplos como este.

Louvados sejam os Profetas e Quixotes de todos os tempos!
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Xevious em 26th Julho 2015, 07:09

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Quando um "insight" ou "iluminação" atinge um pobre mortal, ele se sente na obrigação de abandonar sua vida confortável, arriscar sua reputação, e partir para uma batalha sem a menor perspectiva de vitória.
Eu já não sou assim

Não tenho reputação a zelar, mas também não vejo alguma possibilidade de sucesso, creio que ninguém me daria atenção, só isso.

Mas eu venho aqui dentro meus iguais, é como um pequeno universo diferente do outro, mas neste nos dão atenção. king

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 701

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 5th Setembro 2015, 22:39

Einstein enganou Einstein?



Antes de tudo, deem uma olhada nos vídeos sugeridos:

Vídeo Resumido em Espanhol


Vídeo Original em Holandês



Para quem não quer perder tempo com as explicações do autor do vídeo, faça o seguinte experimento mental:

Substitua a retina do olho de Albert, que se encontra parado, por um canhão de Feixe LASER.

Substitua o relógio de Hendrik por uma tela de cinema dentro do trem.

O canhão LASER estacionário vai projetar um ponto luminoso na tela de cinema dentro do trem em movimento, como se fosse o fóton do experimento mental original.

Os eventos em questão, ou seja: o movimento angular do canhão estacionário e o movimento retilíneo virtual do ponto luminoso na tela de cinema do trem em movimento, têm a mesma frequência, embora a imagem da tela terá um pequeno atraso em relação ao movimento do canhão.

Se os dois eventos tem a mesma frequência, tem o mesmo período, gastam o mesmo tempo para completarem seus ciclos.

Logo, esse experimento mental é enganoso.


"O primeiro postulado de Einstein parece perfeitamente razoável. E seu segundo postulado segue muito razoavelmente de seu primeiro. Como é estranho que as consequências vão parecer tão irracionais."

Dave Slaven, professor de física.

O objetivo da física é buscar a compreensão da natureza.

Se o resultado da busca é irracional, é hora de adotar outros postulados.
Alguns poderão argumentar que essa atitude é pouco prática, pois os loucos modelos da física moderna rendem bons dividendos e não devem ser abandonados.

Será que todos os dividendos da física moderna são realmente bons?
No meu entendimento, essa postura é completamente imoral!
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Relatividade e Física clássica

Mensagem por Sócrates Georges Petrakis em 16th Janeiro 2016, 05:23

Apesar de saber que tudo proposto por Einstein funciona, acho que poderia procurar outras alternativas mais lógicas e que respeitem mais o senso comum de explicação para o resultado das suas teorias. A Luz tem uma velocidade máxima mesmo, com o valor da constante c, senão E = m. c.c , não funcionária na produção de energia em uma bomba atômica ou mesmo na fusão solar. A luz tem que ter uma velocidade finita pois é um sinal da interação matéria e energia no universo cujas quantidades tendem à ser finitas. Talvez a sua velocidade relativa quebre um pouco o senso comum de lógica como no caso à seguir,
Aí vai um desafio para vocês:
A velocidade da luz é sempre (c) mesmo relativa para qualquer referencial. Suponha que o nosso sol desapareça , o seu último sinal de luz enviado demoraria aproximadamente 8 minutos para chegar à órbita da Terra. Suponha que exista uma pessoa na terra e outra que viaje em um foguete que leva 8 minutos para entrar em órbita, partindo no mesmo instante que o Sol desapareceu.A pessoa do foguete verá o desaparecimento do Sol instantes antes da pessoa na Terra, sem a influência da variação temporal porque a velocidade do foguete é pequena em relação à luz. Por que não se poderia concluir que a velocidade "relativa" da luz em relação à quem estava no foguete indo na direção da própria é maior do que c? Não estou contrariando que a luz é o que Há de mais rápido no universo, nem o seu valor e nem a constância de sua rapidez, mas é claro que a distância da mesma do Sol até o foguete é menor do que dela até a pessoa na Terra , e que a pessoa no foguete verá o Sol desaparecer primeiro neste caso hipotético, logo a velocidade relativa da luz teria que variar , uma vez que não haveria um tempo relativo, pois a velocidade de um foguete não é tão grande!

Sócrates Georges Petrakis
Iniciante
Iniciante

Mensagens: 40

Sócrates Georges Petrakis
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 9th Outubro 2016, 12:38

Jonas Paulo Negreiros escreveu:













_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1749
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sr. Einstein, onde está meu erro?

Mensagem por NGC346 em 9th Outubro 2016, 23:22

Considere uma fonte luminosa distante 300 000 Km de um receptor de luz, ambos no espaço. Considere também que a fonte e o receptor estão longe o suficiente de quaisquer objetos que possam alterar gravitacionalmente o percurso da luz enviada da fonte para o receptor. A luz que sai da fonte e chega ao receptor irá demorar, nestas condições, 1 segundo.

Considere agora que o receptor foi retirado e em seu lugar foi colocada outra fonte luminosa apontada em sentido contrário a fonte já citada. Considere também que ambos os feixes de luz saem no mesmo instante e em sentidos opostos. Ambos os feixes de luz irão encontrar-se no ponto médio de seu percurso, ou seja, a 150 000 Km de ambas as fontes. Entre o instante em que ambos os feixes saem das fontes até o instante em que se encontram irão se passar 0,5 segundos.

Ambos os feixes, em 0,5 segundos, irão percorrer uma distância de 150 000 Km, totalizando 300 000 Km percorridos em 0,5 segundos, resultando em uma velocidade relativa de 600 000 Km/s.

A velocidade relativa igual a "2.c" não contraria os resultados experimentais considerados, pois este valor indica apenas o que aconteceria se um dos feixes estivesse em repouso e o outro em movimento aproximando-se deste. Observem que a velocidade relativa indica apenas o que aconteceria em um cenário irreal e não o que está acontecendo, ou seja, sendo observado.

Por exemplo, considerem dois objetos em movimento retilíneo e uniforme, ambos em sentidos opostos e a uma velocidade de 10 m/s. A velocidade relativa entre ambos é de 20 m/s. Este valor representa o que aconteceria se um dos objetos estivesse em repouso e o outro aproximasse deste. Isto é um cenário irreal, pois foi considerado que ambos os objetos movem em sentidos opostos a 10 m/s.

Considerando que dois objetos movem em sentidos opostos, ambos a 10 m/s, e em outro local um objeto aproxima-se a 20 m/s de outro que está em repouso, matematicamente a velocidade relativa seria a mesma em ambas as situações, mas fisicamente a situação não é a mesma. Isto mostra que considerar que a velocidade relativa sempre representa o que acontece é um erro.

Deste modo não vejo o porquê a velocidade relativa entre dois feixes de luz não seria igual a "2.c", pois isto não contraria os experimentos considerados e é um cenário irreal.

NGC346
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 86

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum