Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Bosco em 27th Setembro 2015, 00:43

Acho que todo o universo é feito de partículas fundamentais (neutrinos por exemplo).
Estas partículas são exclusivamente campos gravitacionais.
O campo de cada partícula define os valores de espaço e tempo de acordo com sua intensidade local.
Campo gravitacional é o único recurso que viabiliza ou promove a existência.
Tenho campo gravitacional, logo existo.

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 421

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 27th Setembro 2015, 04:24

Bosco escreveu:Eu penso assim;

Se considerarmos que a massa m tem como energia de repouso E = mc², então o campo gravitacional que é diretamente proporcional a m, também tem energia  E= mc², não por este motivo, mas porque m é apenas a inércia deste campo. Em outras palavras, não existe matéria, pois esta é apenas um efeito da gravidade.

Muito bom, colega!
Sua visão é ultra-reducionista. Afinal, o que sobrevive, ou em outras palavras, de que é feito seu modelo cósmico ?

Bosco escreveu:Acho que todo o universo é feito de partículas fundamentais (neutrinos por exemplo).
Estas partículas são exclusivamente campos gravitacionais.
O campo de cada partícula define os valores de espaço e tempo de acordo com sua intensidade local.
Campo gravitacional é o único recurso que viabiliza ou promove a existência.
Tenho campo gravitacional, logo existo.

Ok, Bosco!
Em seu modelo cósmico, como fica a questão da morte térmica?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Bosco em 29th Setembro 2015, 01:26

A transmissão de calor sem contato, à distância, se faz via campo eletromagnético, que considero um campo secundário. A base, é o campo gravitacional. Portanto, acho que a extinção total dos campos eletromagnéticos, não afeta a existência dos campos gravitacionais, buracos negros por exemplo.

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 421

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 29th Setembro 2015, 09:52

Bosco escreveu:A transmissão de calor sem contato, à distância, se faz via campo eletromagnético, que considero um campo secundário. A base, é o campo gravitacional. Portanto, acho que a extinção total dos campos eletromagnéticos, não afeta a existência dos campos gravitacionais, buracos negros por exemplo.

Bosco,
Numa teoria unificada, na qual você apenas admite a existência de campo gravitacional, faz sentido falar em massa, campo eletromagnético, forças nucleares, uma vez que essas coisas podem ser interpretações errôneas da ciência sobre o que realmente faz parte do cosmos?

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Bosco em 30th Setembro 2015, 21:28

Eu defendo que todo campo gravitacional tem uma inércia cujo valor é m.
Não concordo que campo eletromagnético e forças nucleares sejam interpretações errôneas da ciência, até pelo contrário, acho que são campos secundários que dependem de combinações e movimentos de partículas fundamentais que apresentam apenas campo gravitacional.

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 421

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 22nd Novembro 2015, 06:17

Princípio de Equivalência em Xeque



Pêndulos sob ação da gravidade terrestre.





Pêndulos sob ação da aceleração do foguete no espaço sideral.

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Bosco em 23rd Novembro 2015, 00:31

Você observou bem, este efeito se chama força de maré, e é compreendido que ele não contraria o princípio de equivalência, pois se muito distante do corpo massivo, há a tendência dos tirantes ficarem paralelos, o observador ficará em dúvidas se o paralelismo da sua observação se deve à distância significativa do centro de origem do campo gravitacional, ou à aceleração dos motores.
Importante também, é perceber que não existe um detector de campo gravitacional, assim como por exemplo existem sensores de campo eletromagnético tais como o rádio, tão imprescindível nos telefones celulares.
Os acelerômetros sabem apenas da presença da aceleração, mas não sua origem. Este é o argumento da equivalência.

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 421

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 6th Fevereiro 2016, 18:07

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Princípio de Equivalência em Xeque



Pêndulos sob ação da gravidade terrestre.



Pêndulos sob ação da aceleração do foguete no espaço sideral.

Observem o tamanho do foguete...

Quando o foguete estiver longe de campos gravitacionais (que podem não existir), continuará a existir a expansão radial do corpo do foguete (matéria discutida em ficção científica). Logo, as bolas, por questão de inércia ficarão mais próximas do foguete.



Pronto! O princípio de equivalência de Einstein e o principío da gravidade radial estão salvos!

enlace:
http://fisica2100.forumeiros.com/t1237-gravidade-acao-ou-reacao

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 3rd Agosto 2016, 12:15

Se na condição em que o astronauta encontra-se dentro de uma nave em aceleração a 9,8m^s, ele se sente como se estivesse no chão, podemos concluir que, mesmo estando no chão, o astronauta ganha energia cinética o tempo todo.

Logo, a gravidade é uma forma de energia. Inaproveitável, mas verdadeira.

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conta de luz atrasada - E agora CERN?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 12th Dezembro 2016, 09:42

Jonas Paulo Negreiros escreveu:
Bosco escreveu:Entendi sua explicação, porém insisto, o que acontece no foguete, também ocorre na superfície da Terra.
Considere que no caso do foguete, o observador está em repouso e a rampa está acelerada para "cima", enquanto que no caso da superfície terrestre, a rampa está em repouso e o observador em queda livre. Portanto as duas situações são equivalentes conforme a teoria.

Obrigado, Bosco.
Concordo com você, o princípio da equivalência é preservado.
Gostaria de saber se você concorda que a roldana do "ultimo experimento mental" vai girar 90 graus.



Estatoscópio
Estou tentado a fazer o experimento na prática, mas dependo de uma roda de bicicleta e um mancal 100% balanceados.

Tenho pensado muito nesse experimento que ainda não pude realizar. É certíssimo que, quando o trem passar do trecho plano da ferrovia para o plano inclinado, haverá um movimento rotacional anti-horário no vagão do trem. Por efeito de inércia, a roda da bicicleta continuará parada em relação ao trecho plano da ferrovia, mas fará um movimento angular horário em relação ao piso do trem.

A esperada "torção progressiva" quando o trem passa a desacelerar na subida da rampa (conforme esperada pelo princípio de equivalência e esquema abaixo), poderá não acontecer.



A torção angular ou rotação progressiva da roda de bicicleta poderá não acontecer, pois é possível descrever a a trajetória da curva resultante do princípio de equivalência através do incremento de movimentos ortogonais nos eixos X e Y sem a necessidade de qualquer movimento angular ou circular.

Assim por exemplo, funcionam as máquinas de controle numérico XYZ tal qual uma "plotter",  um tipo de impressora gráfica capaz de desenhar um círculo numa folha de papel, sem necessitar de um compasso ou torcer a mesa onde a folha de papel se encontra.



Ficam aqui duas questões para os relativistas resolverem:

- A torção espaço-tempo provocada pela gravidade é de fato uma torção angular, ou um trajeto definido  descrito pela composição vetorial dos eixos XYZ?  Rolling Eyes

- Um ponto, adimensional por definição, pode girar em torno de seu centro  Rolling Eyes ?

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1658
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum