Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Velocidade da luz e espelhos em aceleração

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Velocidade da luz e espelhos em aceleração

Mensagem por Fernando Mori em 25th Março 2016, 10:58

desculpa a ignorância...não sou físico nem nada, mas fiquei curioso...
se um espelho se move quase na velocidade da luz para o lado direito
e vem um feixe de luz em sua direção, ele iria chegar em uma velocidade bem devagarzinho até o espelho, bem devagar, ai quando ela toca o espelho, ele iria estar 2x a velocidade da luz para o espelho? a mesma luz que chegou devagarzinho? pq pelo que estudei, e sei que pode ter sido muito pouco, seria isso que iria acontecer, a luz reflete na mesma velocidade...
deve ter sido péssima a pergunta..
mas mais pq o espelho possa funcionar como uma raquete...

Fernando Mori
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 81

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Velocidade da luz e espelhos em aceleração

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 21st Maio 2016, 19:34

Fernando Mori escreveu:desculpa a ignorância...não sou físico nem nada, mas fiquei curioso...
se um espelho se move quase na velocidade da luz para o lado direito
e vem um feixe de luz em sua direção, ele iria chegar em uma velocidade bem devagarzinho até o espelho, bem devagar, ai quando ela toca o espelho, ele iria estar 2x a velocidade da luz para o espelho? a mesma luz que chegou devagarzinho? pq pelo que estudei, e sei que pode ter sido muito pouco, seria isso que iria acontecer, a luz reflete na mesma velocidade...
deve ter sido péssima a pergunta..
mas mais pq o espelho possa funcionar como uma raquete...

A sua pergunta é ótima, mas a teoria da relatividade é contra-intuitiva...



O interferômetro de Sagnac faz algo parecido, mas a explicação "clássica" dada ao o experimento não é aceita pelos relativistas Crying or Very sad !

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1758
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Velocidade da luz e espelhos em aceleração

Mensagem por Bosco em 25th Maio 2016, 01:08

Fernando Mori escreveu:desculpa a ignorância...não sou físico nem nada, mas fiquei curioso...
se um espelho se move quase na velocidade da luz para o lado direito
e vem um feixe de luz em sua direção, ele iria chegar em uma velocidade bem devagarzinho até o espelho, bem devagar, ai quando ela toca o espelho, ele iria estar 2x a velocidade da luz para o espelho? a mesma luz que chegou devagarzinho? pq pelo que estudei, e sei que pode ter sido muito pouco, seria isso que iria acontecer, a luz reflete na mesma velocidade...
deve ter sido péssima a pergunta..
mas mais pq o espelho possa funcionar como uma raquete...
Há 400 anos Galileu disse que um observador enclausurado numa nave/laboratório, seria incapaz de dizer se este local estaria ou não em movimento retilíneo e uniforme MRU, de uma forma absoluta ou seja sem abrir as janelas, e observar o movimento relativo de outros referenciais.
No final do século XIX, Maxwell descobriu matematicamente que a velocidade das ondas eletromagnéticas (luz, por exemplo) era a velocidade c, mas ele não conseguia dizer em relação a que referencial se media esta velocidade.
Einstein então percebeu, num modelo parecido com o do seu exemplo, que ele poderia testar a teoria de Galileu. Ele pensou assim: Se eu estiver na nave de Galileu, olhando para um espelho que seguro com minhas mãos, e esta nave de repente atingir a velocidade da luz, será que minha imagem desaparecerá do espelho, denunciando que a nave acaba de alcançar a velocidade c, de uma forma absoluta, sem o uso de referenciais? Não pode ser!
Einstein preferiu acreditar que o princípio de Galileu, ao qual deu o nome de Princípio de Relatividade, era correto, poderoso e que não seria derrubado por esta experiência. Certo disto ele então apostou na ideia de que o tempo e os comprimentos se alteravam de forma a garantir a constância da luz, e eficácia do princípio. Esta ideia de duvidar do tempo e comprimentos absolutos, na verdade não é dele e sim de Lorentz que na época procurava insistentemente por um referencial absoluto para a luz.
Embora você esteja resistente à esta ideia, imagine que se o seu tempo é dez vezes mais dilatado que o meu, então enquanto o ponteiro dos segundos do seu relógio de pulso dá uma volta, o ponteiro do meu, dá 10 voltas. Simples assim.
Tem mais, não é só a velocidade que altera os tempos e os comprimentos. A intensidade do campo gravitacional afeta de igual forma.
Sendo assim, enquanto o ponteiro de um relógio na superfície da Terra dá várias voltas, noutro relógio idêntico colocado próximo ao centro de nossa galáxia, o ponteiro equivalente parecerá não sair do lugar.
A teoria de Einsten que trata das velocidades relativas é a Teoria Especial da Relatividade, TRR.
Nesta teoria fica claro que não existe velocidade absoluta, e o espaço e o tempo são relativos.
A teoria de Einstein que estuda e associa as acelerações mecânicas e gravitacionais, é a Teoria da Relatividade Geral, TRG.
Nesta teoria fica claro que não existe variação absoluta de velocidade, e o espaço e o tempo são frutos da gravidade.

OBS: Em negrito se destaca a parte do texto que foi acrescentada nas duas edições.


Última edição por Bosco em 26th Maio 2016, 01:52, editado 2 vez(es)

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 470

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Velocidade da luz e espelhos em aceleração

Mensagem por Fernando Mori em 25th Maio 2016, 06:37

Muito obrigado bosco e jonas!
vlw pela explicação

_________________
"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana.
Mas, no que diz respeito ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."
                                                                                        -A. Einstein (Esse até o corretor automático não corrige)
Mestre!
Incompreensivelmente, uma verdade absoluta... Não vou subestimar pq ñ entendo...o infinito é muita coisa... Obrigado!
O que não pode ser feito é achar que temos a menor ideia se quer do significado e valor do que Einstein disse ser a única verdade absoluta de proporções infinitas (nem o universo)... Não devemos julgar além das nossas suposições já que nossa estupides não é enorme, é infinita... Qual seria o valor verdadeiro? Haveria algo mais importante?
Só o tempo... mataria qualquer um do coração..
aaa.. o valor...

Fernando Mori
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 81

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum