Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Prémio Nobel 2005 e Investigadores da FCTUC medem o raio do protão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prémio Nobel 2005 e Investigadores da FCTUC medem o raio do protão

Mensagem por Carlos Costa em 24th Março 2008, 17:04

Qual é o raio do Protão? Esta é, sem dúvida, uma das questões que mais inquieta a Comunidade Científica. Um grupo de cientistas do Departamento de Física da Universidade de Coimbra, foi eleito para participar numa investigação, em colaboração com Teodor W. Hänsch do Max-Planck Institut für Quantenoptik, prémio Nobel da Física em 2005, que visa a determinação do raio do protão com precisão elevada. O grupo de Coimbra é o responsável pelo desenvolvimento de instrumentação para a detecção dos Raios X, uma componente importante do equipamento experimental. Os pesquisadores do Departamento de Física da FCTUC foram os nomeados porque são os únicos no Mundo, a conceber este tipo de detectores de Raio X.


Para o coordenador do grupo de investigação, Joaquim Santos, “trata-se de detectores de última geração, únicos no Mundo”. Assim, só este grupo de cientistas tem a capacidade de satisfazer as exigências do projecto que visa medição com a máxima precisão o raio do protão (medição dez vezes superior à actual).

O projecto reveste-se de particular interesse, tendo em conta que, desde a década de 50, têm sido efectuadas inúmeras tentativas para determinar o raio do protão, mas sempre com uma larga margem de erro. Para a comunidade científica, medir o raio do protão é a verificação de algumas das teorias mais importantes da Física.

“É uma dimensão importantíssima porque vai servir de teste às mais importantes teorias da Física – Electrodinâmica Quântica e Cromodinâmica Quântica”, afirma Joaquim Santos. “A validação destas teorias é essencial para a construção, por exemplo dos computadores da próxima geração”, sustenta o docente da FCTUC.

Actualmente, para armazenar um bit num computador, são necessários milhares de electrões. Nos computadores quânticos apenas será preciso um, o que permite um enorme salto na miniaturização e no aumento de velocidade de cálculo.

Participam, ainda, neste projecto, cujas experiências, estão a decorrer no Paul Scherrer Institute (PSI), Suíça, vários estudantes de doutoramento e de pós-doutoramento do Departamento de Física da FCTUC e alguns estudantes de licenciatura. Desta cooperação resultaram já várias publicações científicas de docentes do Departamento de Física em co-autoria com o prémio Nobel.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prémio Nobel 2005 e Investigadores da FCTUC medem o raio do protão

Mensagem por tig em 1st Abril 2008, 14:48

Bem qual será a medida de um protão... :S estou curioso para que façam a descoberta rapidamente Razz
avatar
tig
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 325
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum