Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Consequências das viagens no tempo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Alcance em 27th Junho 2008, 03:30

Olá pessoal,

não sei se seria ideal começar um novo topico sobre esse assunto de viagens no tempo, hehe. Mas é que ah algum tempo estive me inteirando do assunto de quais seriam as consequencias de uma pessoa viajar no tempo, para o passado.

As questões são as seguintes:

*O que aconteceria se, numa viajem ao passado, o viajante matasse um parente direto? O viajante morreria (pelo fato lógico de que se não há o parente, então o viajante não nasceria, logo, ele não existe ) ?

*Seria possivel o viajante voltar no tempo, numa época em que ele já existe, e se encontrar consigo mesmo?

*E se o viajante, no passado, matasse a si mesmo?

Quais seriam as consequencias disso tudo? Será que essas coisas são possiveis de acontecer?

Espero ter deixado todos que leram este topico bem grilados Shocked e pensativos confused ...

Gostaria se saber a opinião de vocês.

Abraços

_________________
"(...) A sabedoria do homem faz reluzir o seu rosto, e muda-se a dureza da sua face".(Eclesiastes 8:1)

“A coisa mais incompreensível a respeito do Universo é que ele é compreensível.” (Albert Einstein)
avatar
Alcance
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 29
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte/M.G.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Carlos Costa em 27th Junho 2008, 16:02

Olá Alcance!

É impossível para um homem viajar para o passado para matar o seu pai, por exemplo, porque se o fizesse esse homem nunca teria nascido e logo nunca poderia viajar para o passado para cometer esse crime.
Essa contradição aconteceu no filme Exterminador. Nesse filme um exterminador volta para o passado para matar o John, que iria ser o líder dos rebeldes! Dá para ver que o exterminador nunca poderia ter matado o John, porque se o fizesse, nunca teria sido preciso voltar para o passado: John morreria, nunca haveria revolução e por isso nunca seria mandado nehum exterminador. Como vêem é uma grande contradição!

Talvez seja possível matar um parente, mas num universo paralelo.
Em um universo paralelo, podemos dizer que as pessoas são cópias e não intervenientes directos na existência de um sujeito do nosso universo.
Mas isso é se os universos paralelos existirem, claro... Wink

Abraço!

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Alcance em 28th Junho 2008, 02:17

Ola´ carlos,

É impossível para um homem viajar para o passado para matar o seu pai, por exemplo, porque se o fizesse esse homem nunca teria nascido e logo nunca poderia viajar para o passado para cometer esse crime.

Acho que "seria possivel sim", porque ,se houvesse mesmo universos paralelos, o viajante voltaria no tempo, mas não estaria indo para seu proprio universo. Assim, se ele matasse seu pai, o viajante nao nasceria naquele universo, mas isso não impede dele estar la, pois ja tinha nascido em outro universo:lol: (Espero nao ter deixado a explicação confusa, hehe). Admitindo-se que exista universos paralelos.

No caso do Exterminador do futuro, tudo acontece em apenas um universo.

Abraço

_________________
"(...) A sabedoria do homem faz reluzir o seu rosto, e muda-se a dureza da sua face".(Eclesiastes 8:1)

“A coisa mais incompreensível a respeito do Universo é que ele é compreensível.” (Albert Einstein)
avatar
Alcance
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 29
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte/M.G.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Carlos Costa em 28th Junho 2008, 16:34

Foi mesmo isso que eu disse. Viajar para o passado para matar o seu pai, só é possível se existirem universo paralelos.
Se o nosso universo for o único que existe... torna-se logicamente impossível cometer um crime dessa natureza. Wink

Abraço

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por peshe em 31st Julho 2008, 19:19

"Se o nosso universo for o único que existe... torna-se logicamente impossível cometer um crime dessa natureza."

Não só logicamente, mas fisicamente também! Para "ir" para o futuro é só atingir uma velocidade muito alta que você acaba dilatando o tempo de modo que ele passe mais lentamente para você, apenas para você, assim quando você diminuir sua velocidade, vocÊ estará no futuro. E, como não existe velocidade negativa, é impossível viajar para o passado.

Mas se os Universos Paralelos existirem, como poderíamos ir para um outro?? Worm-hole?? E como teremos certeza de que naquele universo nós exisitiríamos e tudo seria igual àqui??


Última edição por peshe em 31st Julho 2008, 19:20, editado 1 vez(es) (Razão : faltaram coisas.)
avatar
peshe
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 4
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Carlos Costa em 31st Julho 2008, 23:52

peshe escreveu:Mas se os Universos Paralelos existirem, como poderíamos ir para um outro?? Worm-hole?? E como teremos certeza de que naquele universo nós exisitiríamos e tudo seria igual àqui??
O problema é esse. Wink
Não sabemos se existem ou não. Essa ideia de universos paralelos é um resquício do somatório de histórias de Everett! Surgiu quando se procurava explicar a mecânica quântica.

Mas é óbvio que se existirem, provavelmente muitos serão parecidos com o nosso. Se forem infinitos... também o número de universos parecidos com o nosso serão infinitos... Wink

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Safra em 1st Agosto 2008, 18:40

Que perguntas estranhas! XD Não me imagino matando eu mesmo X.X Meu pensamento é que não há meios de suprir tal fato, pois o mesmo está em constante transformação. Você de 1 segundo atrás não é o mesmo de 1 segundo a frente, e vice-versa.(Digo aqui um exemplo pelo tempo, porque não me vem outra relação mais silplificada que esta para elucidação, o certo seria outro termo.)

Além do mais, se fosse possível, como seria a mente humana? Visto que uma existência dupla fornece a você duas percepções de espaço, e como não há meios de manter "dois eus" com uma melhor reciprocidade existencial do que a interação físico-espaço em nossa consciência.

A solução para o problema talvez seja que o próprio espaço seja moldado, e você crie acidentalmente um outro plano paralelo ao que estava.
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Carlos Costa em 1st Agosto 2008, 23:01

Na minha maneira de ver as coisas é impossível uma pessoa assassinar-se a si própria, se viajar para o passado. Como é possível existirem duas pessoas iguais no mesmo plano espaço-temporal? É algo irracional!

Mesmo a existência de universos paralelos parecidos com o nosso é irracional. Numa complexidade de variáveis e quase infinitas possíveis combinações atómicas e moleculares... existir o mesmo eu em dois universos paralelos é algo realmente estranho!
A única hipótese de isso ser possível é existirem universos paralelos infinitos, porque com infinitos, tudo acontece infinitivamente.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências das viagens no tempo

Mensagem por Alcance em 2nd Agosto 2008, 03:16

Olá pessoal,

desculpem eu ter sumido do forum por uns tempos, hehe.

E, como não existe velocidade negativa, é impossível viajar para o passado.

Peshe, existe sim velocidade negativa. É claro que não é no sentido literal da palavra, pois num velocimetro, por exemplo, só tem positiva. Dizer que a velocidade é negativa significa que estou dizendo que o vetor velocidade está com o sentido oposto ao sentido escolhido como positivo.
Ex:
se esse é o vetor V: --->
este é o vetor -V: <---

Isso foi só para esclarecer, hehe. Porque alguns podem ler e ter um conceito errado de velocidade negativa Wink

Abraços a todos,

Alcance

_________________
"(...) A sabedoria do homem faz reluzir o seu rosto, e muda-se a dureza da sua face".(Eclesiastes 8:1)

“A coisa mais incompreensível a respeito do Universo é que ele é compreensível.” (Albert Einstein)
avatar
Alcance
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 29
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte/M.G.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum