Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Carlos Costa em 16th Julho 2008, 17:47


Varandas diz que fusão nuclear demora décadas

A abertura do debate sobre o nuclear é "extremamente oportuna", mesmo tendo em conta apenas a fissão nuclear e não a fusão, um processo mais limpo e mais barato mas ainda a décadas de distância.

A afirmação é de Carlos Varandas, presidente do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN), associado ao projecto do Reactor Termonuclear Internacional Experimental (ITER) actualmente em construção em Cadarache, perto de Marselha (França).

O investigador justificou hoje a sua posição à agência Lusa com as repercussões dos aumentos do preço do petróleo no custo da energia e porque "está agora a ser lançada no mercado uma nova geração de reactores de fissão nuclear, chamados de 'Geração 3', bastante mais seguros do que os anteriores e muito mais eficientes e limpos".

Na sua perspectiva, a electricidade de base "só pode ser produzida de duas maneiras: ou através das centrais hidroeléctricas, em que o governo investe muito, ou por centrais térmicas a gás natural, um processo poluente, embora menos do que o petróleo, mas cujos custos sobem com os deste, ou através de centrais nucleares".

"Em Portugal, se vamos esgotar a nossa capacidade hidroeléctrica, se não queremos poluir e estar dependentes do preço do gás natural, então só temos a opção nuclear", considerou.

"Estou convencido de que em Portugal, tal como no resto da Europa, é vital relançar o debate sobre o nuclear e tomar as medidas que permitam ao governo, mais cedo ou mais tarde, tomar uma decisão", afirmou.

No entanto, o reacender do debate nada tem a ver com a fusão nuclear, e nomeadamente o projecto ITER, "que está a percorrer o seu percurso normal", tendo em vista a sua entrada em operação entre 2018 e 2020, salientou.

Daqui a quatro ou cinco anos

Depois de concluído, espera-se que, num período de quatro a cinco anos, o ITER demonstre a viabilidade científica e técnica da energia de fusão, apontando-se o início da produção comercial de energia para dentro de 40 a 60 anos, dependendo da vontade política.

A construção daquele reactor experimental arrancou este ano, estando neste momento já instalados edifícios provisórios, onde trabalham cerca de 200 pessoas, e estão a ser feitas escavações para os blocos finais.

Sobre a participação de Portugal no projecto, o investigador referiu duas vertentes, uma a nível internacional, com a negociação do primeiro contrato para toda a Europa na área do controlo e da aquisição de dados, a concluir no final do mês, e outra europeia, com a presença de um português a trabalhar já com funções de responsável na Agência Europeia de Fusão Nuclear.

"Por outro lado, estamos a aguardar que sejam lançados os concursos para os contratos de investigação a realizar em Portugal para o ITER, onde esperamos que Portugal possa assinar dois ou três até ao final do ano", acrescentou.

Fusão mais segura

Interrogado sobre as principais diferenças entre a fissão e a fusão nuclear, Carlos Varandas disse que "a fusão é ainda mais segura do que a fissão e praticamente não produz lixos radioactivos". Outra diferença é que "os combustíveis usados, a água e o lítio, são muito abundantes na Terra, e muitos baratos, em particular a água".

Para o investigador, as vantagens da fusão nuclear face à fissão nuclear são óbvias, nomeadamente porque "os elementos utilizados na fissão só existem em reservas para 100 a 200 anos, enquanto os da fusão nuclear, extraíveis da água do mar, "são praticamente inesgotáveis". A fusão nuclear é também, de acordo com Carlos Varandas, cerca de 100 vezes mais poderosa que a reacção de fissão.

Segundo os peritos, um quilograma de combustível de fusão permitirá produzir uma energia equivalente a 10 milhões de litros de petróleo. "Quando a central estiver construída será mais barata, mais limpa, mais segura e mais amiga do ambiente", afirmou, resumindo o processo como “a reprodução na Terra da produção energética do universo, onde toda a energia é gerada por reacções de fusão".

"A seguir, dependendo das decisões políticas, vai ser necessário construir uma máquina que transforme em electricidade a energia térmica de fusão produzida no ITER", afirmou. "Se os políticos decidirem avançar desde já com a construção dessa máquina, chamada Demo, em paralelo com o ITER, poderemos ter electricidade dentro de 40 anos, caso seja decidido construí-la só depois de se ter a certeza de que a fusão é uma realidade, serão necessários mais 20 anos", explicou.

O ITER é um projecto de mais de 12 mil milhões de euros que agrega sete parceiros (União Europeia, EUA, China, Índia Japão, Coreia do Sul e Rússia), sendo a participação portuguesa coordenada pelo Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear, um Laboratório Associado com sede no Instituto Superior Técnico (IST), em Lisboa.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Jone em 18th Julho 2008, 06:14

Continua-me a fazer muita confusão á cabeça como é que os Srs. da Quercus preferem ter n centrais a queimar fuel do que uma central nuclear!
Fazem lembrar aqueles que têm medo de andar de avião...pois este pode cair.
Esta 3ª geração de centrais de fissão nuclear TEM que ser uma realidade no pais. Não podemos andar a gastar o que gastamos em petroleo.
Quanto aos "custos" no ambiente só vamos ter que esperar mais alguns anitos, depois lá virão os srs, da quercus dizer.... "há e tal, deviamos ter apostado nas centrais nucleares"....

Jone
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 87
Idade : 46
Localização : Barreiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Carlos Costa em 19th Julho 2008, 15:44

Jone escreveu:Não podemos andar a gastar o que gastamos em petroleo.
E o que gastamos ainda não é nada! É óbvio que o petróleo vai aumentar de preço. Precisamos mesmo de ter essas novas centrais em Portugal...

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Newtein em 12th Agosto 2008, 01:19

Eu nao percebo porque que Portugal ainda nao tem uma central nuclear.
Mesmo sem a existencia de uma central em territorio nacional nos estamos expostos ao perigos pois na nosso vizinha espanha existem e se acontecer alguma coisa nos seremos na mesma afectados. Sinceramente nao percebo estes policos portugueses
avatar
Newtein
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 401
Idade : 25
Localização : Barcelos

http://aventurasdafisica.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Carlos Costa em 10th Setembro 2008, 19:15

Há uns dias vi uma entrevista na SIC Noticias, onde um deputado (o qual já não me lembro do nome desse senhor) estava a dizer que ter uma central nuclear em Portugal... era algo irracional! É caso para perguntar quem é que está a ser irracional nesta questão...

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Jone em 11th Setembro 2008, 00:32

em Italia estão a construir uma central nuclear, (deve estar a funcionar em 2013), que "só" vai produzir 20% das necessidades energeticas do País!!
...20% das necessidades Italianas...
isso comparando com as nossas deve rondar os 200%, isto é, com 1/2 central nuclear, igual a essa da Itália, ficavamos auto-suficientes a nivel energetico...!
é claro que é irracional! e as comissões que se deixavam de ganhar nos triliões que usamos para comprar pitroil ??!!

Jone
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 87
Idade : 46
Localização : Barreiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Carlos Costa em 11th Setembro 2008, 00:39

O capitalismo manda neste mundo infelizmente!

O que nos resta é termos esperança em homens como Carlos Varandas. A "voz mais alta e poderosa" desses homens, podem tornar, por o menos, o debate sobre as centrais nucleares, mais persistentes e presentes.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Newtein em 11th Setembro 2008, 00:40

Jone escreveu:em Italia estão a construir uma central nuclear, (deve estar a funcionar em 2013), que "só" vai produzir 20% das necessidades energeticas do País!!
...20% das necessidades Italianas...
isso comparando com as nossas deve rondar os 200%, isto é, com 1/2 central nuclear, igual a essa da Itália, ficavamos auto-suficientes a nivel energetico...!
é claro que é irracional! e as comissões que se deixavam de ganhar nos triliões que usamos para comprar pitroil ??!!
Se isso acontece se poderias exportar o nosso petrolio e ganhar algum dinheiro pensso que vivemos num pais em que os governantes nao tem ambição nenhuma...

_________________
Que mensagem nos envia a natureza? Qual dos nossos preceitos, que erigimos de forma demasiado fácil em certezas, é preciso pôr em causa? -Albert Einstein

Novo blog:http://aventurasdafisica.blogs.sapo.pt
avatar
Newtein
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 401
Idade : 25
Localização : Barcelos

http://aventurasdafisica.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carlos Varandas diz que abertura do debate sobre o nuclear é «extremamente oportuna»

Mensagem por Pascoal em 23rd Agosto 2011, 02:24

Carlos Costa escreveu:Há uns dias vi uma entrevista na SIC Noticias, onde um deputado (o qual já não me lembro do nome desse senhor) estava a dizer que ter uma central nuclear em Portugal... era algo irracional! É caso para perguntar quem é que está a ser irracional nesta questão...

Há falta de Cientistas no governo!
avatar
Pascoal
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 236
Idade : 19
Localização : Amadora

http://estrupido.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum