Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Questão sobre espira circular

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Questão sobre espira circular

Mensagem por mai.raasantos em 20th Setembro 2008, 00:41

Um grande mestre da Física se deparou com a seguinte situação hipotética: possuía duas espiras circulares concêntricas E1 e E2, com raios R1=10 cm e R2=200 mm, respectivamente, percorridas por correntes de sentidos opostos. Sabe-se que, na espira de diâmetro menor, acorrente é de 20ª e que a intensidade (em módulo) do campo magnético no centro das espiras é de 3,14x 10-5T.
Nessa situação, quais devem ser as intensidades, em ampéres, das correntes elétricas aplicadas na outra espira, visto que o mestre encontrou dois resultados possíveis para o problema.
Dado:
Permeabilidade magnética do meio: 4π(PI)× 10-7 Tm/A
Considere π(PI)= 3,14

mai.raasantos
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questão sobre espira circular

Mensagem por Safra em 20th Setembro 2008, 01:51

Tópico Movido para explicações virtuais.
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espiras concênctricas

Mensagem por Carlos Suplino em 1st Outubro 2008, 13:55

Que eu saiba só existe uma resposta para este tipo de problema. Se você lembrar o fluxo caracterizado por uma indutância mútua é dado por Fluxo=Magnetização de 2 em 1 ou 1 em 2 multiplicado pela corrente em 1. A questão é que no caso de espiras concêntricas a magnetização é a mesma tanto para 1 em 2 quanto para 2 em 1 assim, se você igualar as magnetizaçoes verá que fluxo em 2 sobre a corrente I2 será igual ao Fluxo em 1 sobre a corrente I1. agpra é so isolar I2, ou seja, a corrente na espira externa e calcular os fluxos que cada uma xerce sobre a outra. Não esqueça que tanto para o fluxo de 1 em 2 quanto para o fluxo de 2 em 1, a área utilizada é a da esppira menor, pois se a esta está induzindo corrente na externa, só induzirá corrente com uma dependência de sua área. No caso oposto onde a externa causa indução na interna, só haverá indução na curvo limitada pelo bordo da expira interna. Resumindo, no cálculo do fluxo, a área interna é quem induz ou recebe indução.

Carlos Suplino
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questão sobre espira circular

Mensagem por Carlos Suplino em 1st Outubro 2008, 13:57

A questão do sentido da corrente ser invertida é "facilmente" entendida pela Lei de Lenz. Pesquise sobre o assunto que você entende fácil.

Carlos Suplino
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum