Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Leiam (assunto científico)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leiam (assunto científico)

Mensagem por Xevious em 21st Novembro 2010, 19:58

Vou indicar para voces, uma leitura altamente estarrecedora.
Uma grande quantidade de informações científicas, novas e intrigantes.

Desejo que leiam o conteúdo, até o fim, tirem suas próprias conclusões e respondam ao tópico, sobre oq concordam e oq discordam sobre os assuntos colocados.

Mas ... leiam com mente aberta.

A informação é bastante avançada, pensem como seria alguém explicar a pessoas da época de Cristo, como funciona uma televisão por exemplo.

Leiam => LINK

Quem queira contestar a informação, por favor o faça, como resposta ao tópico.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 665

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Gauss em 21st Novembro 2010, 20:59

Isto não faz sentido oO. Sabes o que é que parece? "His Dark Materials", uma colecção de livros hereges cujo valor filosófico anda à volta de uma energia do mesmo género. Ainda assim o autor apenas tinha o intuito filosófico e puramente metafísico.

Não compreendi metade do que li, falam na impossibilidade do Big Bang graças a um fenómeno meramente natural...

Xevious eu tenho emnte aberta mas também eu conseguiria provar a existência teórica de uma energia desse tipo mas visto não haver qualquer tipo de maneira de comprovar é ridículo.

Isto é uma religião. São premissas por cima de factos conhecidos e pedem para acreditarmos sem provas só porque algumas coisas podem estar correctas. Deus era a explicação para os raios antes de os cientistas os explicarem. Não vejo diferença Neutral .

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 279
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Carlos Costa em 21st Novembro 2010, 22:14

Puro movimento Nova Era. É altamente provável que essa ideia esteja errada.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://gaiaciencia.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Xevious em 23rd Novembro 2010, 04:22

Gauss escreveu:falam na impossibilidade do Big Bang graças a um fenómeno meramente natural...
Eles falam de um conceito novo, dificil de entrar na nossa cabeça, da não criação, prefiro não entrar nesses detalhes, apesar de poder explanar um pouco sobre essa ideía.

Xevious eu tenho emnte aberta mas também eu conseguiria provar a existência teórica de uma energia desse tipo mas visto não haver qualquer tipo de maneira de comprovar é ridículo.
Existem muitas teorias que precisaram de décadas, talvez até séculos, pra conseguirem ser provadas, acho que o fato de não podermos comprova-la, hoje, não serve de argumentação para refutarmos a teoria.

São premissas por cima de factos conhecidos
É uma tática conhecida da doutrinas 'nova era', mas esta é diferente, em vez de dar-nos notícias sobre coisas recém descobertas científicamente, mas sob a ótica mistica, desta vez a explicação é bastante original, no quesito que a ciencia estaria muito longe de chegar a essa conclusão, teria que passar ainda por pelo menos mais algumas etapas de descobertas.

pedem para acreditarmos sem provas só porque algumas coisas podem estar correctas.
As partes 'corretas' são as que me interessam.

A malha cósmica explicaria o fenômeno da ligação entre partículas que esta sendo comprovada atual experimentalmente pela humanidade.

Eu já tinha chegado a uma teoria semelhante, mas bem menos completa doq a colocada.
E pergunto a ti Gauss, qual ou quais seriam as outras explicações possíveis.

Deus era a explicação para os raios antes de os cientistas os explicarem. Não vejo diferença Neutral .
Acho que Deus ainda é a explicação para tudo, considerando a existência de Deus.

Eu tive acompanhando as edições de duas revistas brasileiras bem interessantes mas inicialmente altamente opostas, a Super-Interessante e a Planeta.

A Super-Interessante, sempre foi altamente cética, era o arauto do ceticismo no seu inicio, mas foi mudando, se olhar as ultimas capas, a maioria atualmente é sobre temas místicos. Apesar de manter bastante conteúdo científico.

Já a Planeta, era altamente 'esotérico', hoje em dia ela é altamente científica. Apesar de conter bastante conteúdo esotérico.

Vejo a convergência dessas duas revistas como um 'sinal' de que o antagonismo das duas posições, os cientístas versos os esotéricos, esta em direção de aproximação e complementação, e considero isso como a maior transformação que a ciência terá neste século, já pensava 'nisso' a um bom tempo, é a mesma posição do texto, que eu concordo.

A fisica-quantica, trouxe ao mundo cientifico algo como uma fé, porque muito dos fenômenos a principio não tem explicações. Atualmente muitos cientístas se agarram as suas teorias com um bocado de fé, e um exemplo disso é a 'matéria escura', que também é refutada no texto, e no caso não apenas refuta mas explica sobre a ótica da teoria da malha cósmica.

Se olhar no texto, é feito o caminho contrário ao que estou fazendo agora, em vez do texto ser dirigido para pessoas interessadas a ciência, ele é dirigido a pessoas ligadas ao esoterísmo, mas com conteúdo altamente científico.

Sei também que a necessidade de explicações, que é natural de todo humano vai em um ou outro sentido, (esotérico ou científico) e isto atualmente é explicado inclusive pela genética.

Por outro lado, considerando o avanço da ciência, podemos antever duas possibilidades, sobre oq hoje conhecemos como 'divino'. Ou toda cultura mistica ser dissipada pelas explicações cientificas, até apens ser parte da história. Ou a ciência chegar a entrar na área esotérica, chegando então a uma complementação de uma área em outra. Eu sinceramente creio nessa segunda hipotese.

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 665

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Gauss em 23rd Novembro 2010, 21:55

De certo modo acho que não devo interferir mais neste tópico. Sou altamente anti-religião desse tipo e quanto muito eu aceito o panteísmo. Acho que a ciência e a religião estão muito próximas para eu dar opiniões.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 279
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Safra em 23rd Novembro 2010, 22:08

Eu vou dar uma lida. Razz

Sinceramente Xevius, não precisava deixar entre parentêses "conteúdo científico".

Isso revolta quem é cético ao extremo... lol!

Vou postar uma análise aqui do que acho.
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Safra em 23rd Novembro 2010, 23:40

Sobre a energia que o texto diz, poderia facilmente dizer que não passa da energia escura.

Achei interessante esta parte" Se a sua forma pudesse ser revelada a vocês, poderia surpreendê-los, pois iria sumir com uma coisa que teria a ver com o que vocês chamam tempo humano."

Ai Carlos! Esta é a minha lógica atemporal. ahudsaudsuduh Razz


O que achei uma idéia bem interessante sobre como perceber a distribuição da malha que ele propõe.

"Um poderia estar em outro planeta e juntos, à medida que olham para o universo de uma maneira estereoscópica, como seus dois olhos observando o mundo, eles finalmente verão a imagem tridimensional à sua frente."

"Quando a polaridade é desbalanceada e o poder é liberado é que vocês vêem. Seus astrônomos têm olhado para o universo e o cosmos com suas formas de medir a energia lá, e eles olham para o céu e eles medem toda a energia. O que eles têm notado com certa frustração é que há muito menos matéria e luz do que há energia medida!"


Olha a energia escura ai.

"Só quando é desestabilizada de formas projetadas é que produz poder. É o denominador comum e o estabilizador de toda energia e matéria em qualquer lugar – A Malha Cósmica."

Isso é um princípio de energia de posição.

"E quando sua física for conhecida pelos homens, todo tipo de coisas irá se abrir para eles, não apenas comunicação, mas poder ilimitado em qualquer lugar – Poder ilimitado!"


Isso é a coisa mais irracional do artigo. Não acho uma boa idéia. Esse texto não deve ser entregue a Kim Jong Il

"São os que "apontam" para os padrões da energia da Malha e estamos falando sobre eventos como erupções de buracos negros e outros fenômenos no universo que parecem liberar um grande fluxo de energia em uma corrente."

A interação fantasmagórica a distância deixa de existir para dar lugar a um " um gigante magneto cósmico". Einstein ia gostar do texto.

" Gêmeos idênticos, almas gêmeas, um de um lado do planeta, outro do outro, sempre têm comunicações instantâneas que têm sido reportadas e testemunhadas. Talvez um dos gêmeos esteja ansioso e instantaneamente o outro sente! Eles poderão chamar um ao outro e dizer: "O que aconteceu um momento atrás?" Os dois perceberam que eles sentiram a mesma coisa ao mesmo tempo."


Isso é verdade, ninguém pode negar.

" Se fôssemos capazes de pegar um humano agora mesmo e magicamente transportá-lo para o outro lado do universo conhecido – incrivelmente longe – uma distância inimaginável para vocês – estamos aqui para dizer que a Malha permitiria uma comunicação instantânea com ele – não importa a distância! Muito depois que esta canalização estiver acabada, alguns de vocês estarão colocando as peças e partes desta informação juntas e vocês perceberão porque algumas das coisas na física são do jeito que são."

Olha o tunelamento ai!

" O tempo é como o ar que respiram. Vocês presenciam incríveis tempestades com o vento soprando em muitas direções a muitas velocidades; no entanto, vocês o respiram gentil e normalmente, mesmo no meio de grandes tempestades. Desta forma, o ar que respiram em seus pulmões está nominalmente em descanso, mesmo enquanto o ar ao seu redor esteja agitado. A Malha Cósmica é como isto."


Pode ser filosófico, mas, concordem. A comparação foi bem original.

" Os recursos de seu planeta que vocês têm usado para criar poder têm um limite. Não há poder mais limpo que o poder da Malha. Isto é física, e é conhecido mesmo pelos iluminados que viajam daqui para lá no cosmos – na verdade, eles sempre "cavalgam" as cordas da Malha."

Velho, O pequeno Príncipe meu! A parte mais empolgante do texto king


avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Carlos Costa em 24th Novembro 2010, 15:12

Xevious, um artigo ou hipótese que possua conceitos científicos não é necessariamente científico. Se não utiliza e respeita o método científico não é ciência: é pseudociência.

O artigo desse link é próprio do movimento da Nova Era: recorre a termos filosóficos, mas não é filosofia; recorre a ensinamentos espirituais, mas não é religião; recorre a conceitos científicos, mas não é ciência. Na realidade, mais parece uma mistura de drogas psicadélicas, Ficção Científica, Vedanta, Novo Testamento e filosofia distorcida. Rolling Eyes

Temos que manter a nossa mente aberta, mas não tanto que o cérebro acabe por cair.

Como bem apontaste, hoje em dia o movimento Nova Era está a ganhar terreno, especialmente nos Estados Unidos da América. Repara no exemplo da Cientologia: está cada vez mais forte. Isso é preocupante. Queres que os seres humanos acabem a criar templos para adorar extraterrestres ou queres racionalismo?

Pessoas que acreditam nesse artigo, também acreditam que as pirâmides do Egito foram construídas por extraterrestres, acreditam nos poderes dos cristais, acreditam que existem conspirações extraterrestres em curso apoiadas por os governos, acreditam que o Triângulo das Bermudas é um portal para universos paralelos, etc. Faz tudo parte da mesma corrente.

Repara na primeira frase desse artigo: "Saudações, meus caros, eu sou Kryon do serviço magnético". Diz-me sinceramente, essa forma de uma pessoa se apresentar é normal? A apresentação não torna o conteúdo do artigo, no mínimo, suspeito?

A vida real é fria, cruel, objetiva e indiferente aos seres humanos. É uma pena que assim seja, mas é melhor aceitarmos as coisas como são e viver na verdade, do que estar a criar pseudociências simplesmente para nos sentirmos melhor ou para querermos acreditar que existe algo mais.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://gaiaciencia.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Safra em 24th Novembro 2010, 19:26

Carlos Costa escreveu:Xevious, um artigo ou hipótese que possua conceitos científicos não é necessariamente científico. Se não utiliza e respeita o método científico não é ciência: é pseudociência.

O artigo desse link é próprio do movimento da Nova Era: recorre a termos filosóficos, mas não é filosofia; recorre a ensinamentos espirituais, mas não é religião; recorre a conceitos científicos, mas não é ciência. Na realidade, mais parece uma mistura de drogas psicadélicas, Ficção Científica, Vedanta, Novo Testamento e filosofia distorcida. Rolling Eyes

Temos que manter a nossa mente aberta, mas não tanto que o cérebro acabe por cair.
Poxa Carlos, deixa isso. Você não percebeu que O pequeno príncipe utiliza as malhas universais para suas viagens? Aqui é um tópico de conversa, não faz mal conversar sem julgar.
Carlos Costa escreveu:Como bem apontaste, hoje em dia o movimento Nova Era está a ganhar terreno, especialmente nos Estados Unidos da América. Repara no exemplo da Cientologia: está cada vez mais forte. Isso é preocupante. Queres que os seres humanos acabem a criar templos para adorar extraterrestres ou queres racionalismo?
Carlos, Cientologia é o melhor exemplo que o sofrimento faz com as pessoas para procuraram alternativas. Se criamos uma ciência de negação, a quem elas irão recorrer? Muitas pessoas são infelizes, fazer o quê.
Carlos Costa escreveu:Pessoas que acreditam nesse artigo, também acreditam que as pirâmides do Egito foram construídas por extraterrestres, acreditam nos poderes dos cristais, acreditam que existem conspirações extraterrestres em curso apoiadas por os governos, acreditam que o Triângulo das Bermudas é um portal para universos paralelos, etc. Faz tudo parte da mesma corrente.
Eu não acredito nesse artigo pois entendi a mensagem. Não é para acreditar, é para procurar. Ele só mostra por onde começar e com que método.
Carlos Costa escreveu:Repara na primeira frase desse artigo: "Saudações, meus caros, eu sou Kryon do serviço magnético". Diz-me sinceramente, essa forma de uma pessoa se apresentar é normal? A apresentação não torna o conteúdo do artigo, no mínimo, suspeito?
Lógico que é suspeito, para assim só ler quem entende.
Carlos Costa escreveu:A vida real é fria, cruel, objetiva e indiferente aos seres humanos. É uma pena que assim seja, mas é melhor aceitarmos as coisas como são e viver na verdade, do que estar a criar pseudociências simplesmente para nos sentirmos melhor ou para querermos acreditar que existe algo mais.
Não sou romântico, mas não vivemos em um planeta cheio de vida? Se fosse indiferente a nós, nossas besteiras de degradação ambiental não no afetariam, ora. É orgulho dizer que é indiferente, pois toda a obrigação frente a própria consevação decai. Isso é desculpa para fazer farra por ai.

Ela não é cruel, criamos ela cruel, ela é natural. O pessoal não quer viver, é lógico que vai ser cruel. Nossa mãe já não foi cruel a levar nós para tomar vacinas?

Fria? Qual a diferença entre o Oº absoluto e a maior temperatura conhecida? Que nada, tá mais para muito, mas muito quente. Fica no frio quem quer.

É tudo questão de lógica. O pessoal que é meio revoltado. Mad
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Carlos Costa em 24th Novembro 2010, 21:35

Safra escreveu:Poxa Carlos, deixa isso. Você não percebeu que O pequeno príncipe utiliza as malhas universais para suas viagens? Aqui é um tópico de conversa, não faz mal conversar sem julgar.
Estou, pura e simplesmente, a argumentar e não com uma metralhadora na mão. lol!

Safra escreveu:Carlos, Cientologia é o melhor exemplo que o sofrimento faz com as pessoas para procuraram alternativas. Se criamos uma ciência de negação, a quem elas irão recorrer? Muitas pessoas são infelizes, fazer o quê.
Elas podem recorrer às Igrejas, Mosteiros, Templos e Mesquitas, que por o menos é algo saudável e aberto ao público em geral, e não a gurus Nova Era de meia-tigela que só sabem enganar as pessoas para lhes extorquir dinheiro, dignidade e humanidade. Se não combatermos essas ideias, vamos ter mais suicídios em massa como na seita Heaven´s Gate. O movimento Nova Era é perigoso e é contra-natura.

Safra escreveu:Não sou romântico, mas não vivemos em um planeta cheio de vida? Se fosse indiferente a nós, nossas besteiras de degradação ambiental não no afetariam, ora. É orgulho dizer que é indiferente, pois toda a obrigação frente a própria consevação decai. Isso é desculpa para fazer farra por ai.
Safra, a vida na Terra é o resultado de acções cegas e sem objetivo, como está provado por a Biologia Molecular. A vida está em todos os seres, mas ela segue em frente mesmo que destruas tudo. Se não aqui, segue em outros planetas. Tú podes destruir a Terra e o Sistema Solar inteiro, que a "dança cósmica" continua. A vida é indiferente aos indíviduos. Isso não é desculpa para farra. A desculpa para farra é não assumirmos as nossas responsabilidades e dizermos que é tudo culpa do "pecado" original ou dos deuses. Ninguêm está a olhar para nós ou preocupado conosco: estamos por nossa conta e por isso temos que nos responsabilizar por o que fazemos.

Safra escreveu:Ela não é cruel, criamos ela cruel, ela é natural. O pessoal não quer viver, é lógico que vai ser cruel. Nossa mãe já não foi cruel a levar nós para tomar vacinas?
Tens toda a razão: a vida é natural. Segundo as nossas definições parece ser cruel, mas a vida não tem intenção de ser cruel: ela simplesmente se desenrola.

Repara nos bois que sofreram a Farra do Boi aí no Brasil por muito tempo; nas crianças que nascem em aldeias da Serra Leoa na mais completa miséria; nas crianças que nascem com genes de esquizofrenia e autismo; nos milhões de ratos que todos os dias morrem nas cidades enquanto procuram desesperados por comida; nos gnus que nascem todos os anos aos milhões, mas somente alguns milhares sobrevivem; nas tartarugas que nascem às centenas de milhares para a maioria se tornar apenas "carne para canhão"; nos vitelos que nascem em quintas para serem logo de seguida encerrados em espaços minúsculos por 3 semanas; nas raposas que nascem em quintas de peles de animais para serem esfoladas vivas. Nenhum desses seres pediu para nascer e nenhum deles pediu para sofrer. Simplesmente, acontece.

A vida é natural, claro que é. Wink

Safra escreveu:Fria? Qual a diferença entre o Oº absoluto e a maior temperatura conhecida? Que nada, tá mais para muito, mas muito quente. Fica no frio quem quer.
Por fria não me refiro à temperatura, mas sim a ser implacável. Normalmente as pessoas após desastres dizem que a vida "tem" que continuar. Ora, ela só não "tem" de continuar como continua mesmo. Ela não espera por nós e não quer saber de nós. Se não quiseres continuar a vida, ela não se preocupa: ela segue sem ti e tú ficas para trás. Como disse Buda: Tudo é impermanente. Não podes "congelar" o desenrolar da vida.

Safra escreveu:O pessoal que é meio revoltado
Não sou revoltado. Felizmente, sempre tive uma vida tranquila e feliz, embora com alguns dissabores como todos os seres. As pessoas que seguem essas doutrinas Nova Era é que são revoltadas. A sua auto-estima é tão baixa que precisam de deuses e de extraterrestres que se preocupem com elas e que criem pirâmides. Deixem os deuses e os extraterrestres em paz! Preocupem-se com a vossa família, em fazer o bem e em viver a vida de modo estóico. É impossível uma pessoa ser completamente feliz para sempre: o nosso organismo não pode estar sempre em alta e sempre a bombardear químicos de prazer; ele precisa também de momentos de baixa energia e melancolia para equilibrar a "balança". Aprendam a viver e aprendam a morrer! Metam na cabeça que um dia vão morrer. Deixem essas teorias loucas da Nova Era de lado e preocupem-se com aquilo que é realmente importante. As pessoas não precisam de gurus; as pessoas só precisam de si próprias.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://gaiaciencia.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Safra em 24th Novembro 2010, 22:43

Carlos Costa escreveu:
Estou, pura e simplesmente, a argumentar e não com uma metralhadora na mão. lol!

Smile Sem querer então, não tem uma metralhadora, mas uma bola de papel bem pesada. lol!

Safra escreveu:Carlos, Cientologia é o melhor exemplo que o sofrimento faz com as pessoas para procuraram alternativas. Se criamos uma ciência de negação, a quem elas irão recorrer? Muitas pessoas são infelizes, fazer o quê.
Carlos Costa escreveu:
Elas podem recorrer às Igrejas, Mosteiros, Templos e Mesquitas, que por o menos é algo saudável e aberto ao público em geral, e não a gurus Nova Era de meia-tigela que só sabem enganar as pessoas para lhes extorquir dinheiro, dignidade e humanidade. Se não combatermos essas ideias, vamos ter mais suicídios em massa como na seita Heaven´s Gate. O movimento Nova Era é perigoso e é contra-natura.
Não sabe quanto ri.XD Sim eu concordo com isso Carlos, quando me referi a cientologia, me referi aos extremos. É uma babaquice.(Desculpe se ofendi alguém, mas cientologia é.)
Carlos Costa escreveu:Safra, a vida na Terra é o resultado de acções cegas e sem objetivo, como está provado por a Biologia Molecular. A vida está em todos os seres, mas ela segue em frente mesmo que destruas tudo. Se não aqui, segue em outros planetas. Tú podes destruir a Terra e o Sistema Solar inteiro, que a "dança cósmica" continua. A vida é indiferente aos indíviduos. Isso não é desculpa para farra. A desculpa para farra é não assumirmos as nossas responsabilidades e dizermos que é tudo culpa do "pecado" original ou dos deuses. Ninguêm está a olhar para nós ou preocupado conosco: estamos por nossa conta e por isso temos que nos responsabilizar por o que fazemos.
Se foram cegas e sem objetivo, como tudo é tão perfeito? Por que diabos se na física há a prova inegável que tudo tende ao menor estado de energia, ou em equílibrio, e mesmo assim existe um universo que damanda uma energia incalculável? Seria uma perda de tempo muito grande, seria o mesmo que me convencer a ficar em frente a um teatro de um show que nunca vai acontecer. É mais fácil ficar em casa então.

Como diz que temos responsabilidades se a vida é cega e sem objetivo? Para que perder tempo então, faremos um suicídio coletivo na terra.
Carlos Costa escreveu:
Repara nos bois que sofreram a Farra do Boi aí no Brasil por muito tempo; nas crianças que nascem em aldeias da Serra Leoa na mais completa miséria; nas crianças que nascem com genes de esquizofrenia e autismo; nos milhões de ratos que todos os dias morrem nas cidades enquanto procuram desesperados por comida; nos gnus que nascem todos os anos aos milhões, mas somente alguns milhares sobrevivem; nas tartarugas que nascem às centenas de milhares para a maioria se tornar apenas "carne para canhão"; nos vitelos que nascem em quintas para serem logo de seguida encerrados em espaços minúsculos por 3 semanas; nas raposas que nascem em quintas de peles de animais para serem esfoladas vivas. Nenhum desses seres pediu para nascer e nenhum deles pediu para sofrer. Simplesmente, acontece.

A vida é natural, claro que é. Wink
É claro que a miséria do mundo lhe dá argumentos para a ter como cruel. O mais cruel nesse caso, é sermos vivos se preucupando com coisas cruéis. O mais lógico, é não pensar em como combater a crueldade e sim como evoluir por nós mesmos.
Carlos Costa escreveu:
Por fria não me refiro à temperatura, mas sim a ser implacável. Normalmente as pessoas após desastres dizem que a vida "tem" que continuar. Ora, ela só não "tem" de continuar como continua mesmo. Ela não espera por nós e não quer saber de nós. Se não quiseres continuar a vida, ela não se preocupa: ela segue sem ti e tú ficas para trás. Como disse Buda: Tudo é impermanente. Não podes "congelar" o desenrolar da vida.
Entendi seu ponto, eu não concordo em momento algum em ser implacável. Ainda bem que tudo é impermanente não concorda? Se a vida é tão cruel, o que acha da morte?
Carlos Costa escreveu:
Não sou revoltado. Felizmente, sempre tive uma vida tranquila e feliz, embora com alguns dissabores como todos os seres. As pessoas que seguem essas doutrinas Nova Era é que são revoltadas. A sua auto-estima é tão baixa que precisam de deuses e de extraterrestres que se preocupem com elas e que criem pirâmides. Deixem os deuses e os extraterrestres em paz! Preocupem-se com a vossa família, em fazer o bem e em viver a vida de modo estóico. É impossível uma pessoa ser completamente feliz para sempre: o nosso organismo não pode estar sempre em alta e sempre a bombardear químicos de prazer; ele precisa também de momentos de baixa energia e melancolia para equilibrar a "balança". Aprendam a viver e aprendam a morrer! Metam na cabeça que um dia vão morrer. Deixem essas teorias loucas da Nova Era de lado e preocupem-se com aquilo que é realmente importante. As pessoas não precisam de gurus; as pessoas só precisam de si próprias.
Smile Smile Razz [/quote]
Agora percebi, realmente não o é. Quando disse o "pessoal" me referia aos céticos extremistas e materialistas extremos. Sem querer, nessa resposta coloca valores espirituais os quais não são necessários "gurus" e sim a si próprias.

Perfeito, creio ser bem por ai.

Percebi que colocou um tema bem "yin" e "yang", creio que prazer não é felicidade e nem tampouco sofrimento é inerente ao ser. Mas isso é opnião...quem sabe daqui a algumas semanas adquiro um ponto de vista diferente ou outro tipo de condição que me faça por convencer, sisnceramente, não a achei(Ainda, talvez).
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Leiam (assunto científico)

Mensagem por Carlos Costa em 24th Novembro 2010, 23:06

Safra escreveu:Se foram cegas e sem objetivo, como tudo é tão perfeito?
Tudo é "quase perfeito" porque a vida teve muito tempo para evoluir: cerca de 4 biliões de anos na Terra. Na realidade, nem tudo é perfeito. Existem erros da evolução. O facto de respirares e comeres através do mesmo orgão (boca) causa confusão, o cérebro devia estar protegido no centro do corpo porque é o orgão mais importante (onde está agora causa facilmente traumatismo cranianos), a consciência só tem acesso a uma pequena percentagem de informação que o cérebro processa, o próprio cérebro gasta, para funcionar, mais de metade da energia dos alimentos que consumimos, etc.

O universo também é uma grande confusão: colisões galáticas e explosões de supernovas devoram planetas inteiros, talvez alguns habitados.

Safra escreveu:Se a vida é tão cruel, o que acha da morte?
É absolutamente natural e necessária. Safra, imagina se os seres não morressem. Nesse cenário, rapidamente consumiriam todos os recursos naturais. Haveria super-populações de espécies. A morte é uma forma de a vida deter o crescimento, porque todo o crescimento torna-se monstruoso quando não tem um fim. A morte é renovação.

O problema maior é a vida (em termos filosóficos). Tú não sabes que vais nascer, mas sabes que vais morrer. Não é isso desconcertante? Smile

A vida é cruel e a morte é bela. Essa é a minha filosofia. Mas não significa que queira morrer. Gosto muito da vida. Apenas sei que para a maioria dos seres a morte é uma benção. Podes não ter pedido para nascer, mas quando a morte vier podes sorrir e dar-lhe as boas-vindas. Cool

Safra escreveu:Como diz que temos responsabilidades se a vida é cega e sem objetivo? Para que perder tempo então, faremos um suicídio coletivo na terra.
Para quê cometer suicídio se a morte vai chegar de qualquer forma?

Somos instrumentos do ADN que se auto-replica, sem propósito, objetivo ou direcção. Saber isso profundamente, que tudo é irracional e impermanente, é a vida real, a que alguns chamam o Reino dos Céus, Nirvana ou Libertação. Sou contra o suicídio. Como diziam os camponeses franceses na Idade Média: reza ao teu Deus, bebe o teu vinho e deixa o mundo seguir o seu curso.

A responsabilidade faz parte do comportamento intra-específico dos seres humanos. É preciso saber viver em sociedade e respeitar as pessoas. Não podemos dançar sozinhos; estamos condenados a dançar em conjunto. Razz

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://gaiaciencia.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum