Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Hardy contra Deus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hardy contra Deus

Mensagem por Carlos Costa em 17th Março 2011, 18:30

Godfrey Harold Hardy (1877-1947) foi um matemático inglês que tinha uma particularidade interessante: considerava Deus seu inimigo!

Hardy estudou em Cambridge e gostava de desenvolver as suas teorias matemáticas nos bancos dos jardins da Universidade. Sempre que ia passar as tardes nos estudos levava vestida muita roupa e um guarda-chuva, mesmo quando estava muito calor e não chovia. Hardy explicou isso da seguinte forma aos curiosos: “Deus é meu inimigo, e por isso sei que se não trouxer um guarda-chuva ele vai fazer com que chova para me arruinar os estudos. Desta forma, ele não pode fazer nada contra mim porque já estou preparado para qualquer tipo de clima”.

Certa vez, Hardy tinha que atravessar um rio de barco, mas como tinha medo da água, não sabia nadar e achava que Deus poderia querer matá-lo, fez o seguinte: antes de atravessar o rio, anunciou aos seus amigos que tinha solucionado a Hipótese de Riemann (algo extremamente importante na Matemática e ainda sem solução), mas que só mostraria a solução no dia seguinte. Então, entrou tranquilamente no barco. Qual foi a ideia de Hardy? Bem, como Deus era seu inimigo, não iria deixar que ele morresse na travessia do rio deixando o mundo na incerteza que tivesse mesmo solucionado o “Santo Graal” da Matemática. Deus queria humilhar Hardy, e por isso queria que ele fosse gozado no dia seguinte por os matemáticos, por se ter atrevido a admitir que tinha solucionado algo tão importante. Podemos dizer que foi algo bem pensado por parte de Hardy.

Mas a posição dele contra Deus não era apenas defensiva, mas também ofensiva. Hardy tinha o vício de parar nas portas das Igrejas e começar a rir-se de forma sarcástica. Também costumava muitas vezes fazer de conta que entrava nas Igrejas, indo em direcção delas e voltando logo para trás quando chegava perto da entrada. Hardy queria com isto humilhar e enganar Deus.

Fora estas particularidades estranhas, Hardy foi um excelente matemático, principalmente nas áreas da Teoria dos Números e Análise Matemática. Foi também professor do matemático indiano Srinivasa Ramanujan (um dos mais brilhantes matemáticos de sempre), ajudando o seu aluno a desenvolver as suas aptidões matemáticas. O próprio Hardy chegou a dizer que a sua maior contribuição para a matemática foi Ramanujan, considerando também a amizade com o indiano da seguinte forma: ” Ramanujan foi o único incidente romântico na minha vida”.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum