Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Oceano Pacífico concentra elementos raros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Oceano Pacífico concentra elementos raros

Mensagem por Carlos Costa em 7th Julho 2011, 17:40


Importantes reservas de terras raras no Pacífico
Segundo um grupo de especialistas japoneses, algumas das principais matérias-primas necessárias para dispositivos modernos, tais como telemóveis, computadores portáteis e televisões de última geração podem ser encontradas em abundância no fundo do oceano.

A equipa acredita ter localizado importantes reservas de terras raras no fundo do oceano Pacífico, de acordo com análises a amostras publicadas hoje na revista «Nature Geoscience». Ao todo, Yasuhiro Kato e colegas, da Universidade de Tóquio, rastearam pelo menos 78 locais, em pleno Oceano Pacífico, com altas concentrações de elementos raros, como ítrio (metal), por exemplo, que consideram não serem de difícil extracção.

O grupo de académicos assegurou ter detectado altas concentrações dos cobiçados minerais, utilizados na produção de produtos de alta tecnologia numa zona de cerca de 8,8 milhões de quilómetros quadrados na região do Hawai e outra de 2,4 milhões de quilómetros quadrados a este do Taiti.

Concretamente, a equipa revelou que o disprósio, utilizado em motores para veículos eléctricos e híbridos, e o térbio, aplicado em televisores de última geração, são os metais que apresentam uma maior densidade nas zonas de pesquisa, situadas entre 3.500 e seis mil metros de profundidade.

A equipa de especialistas calcula que a quantidade de terras raras existentes nos dois locais agora identificados poderá equivaler a milhares de vezes as reservas que podem ser encontradas na terra. “Estimamos que numa área de apenas um quilómetro quadrado poderá ser encontrado um quinto do consumo mundial destes elementos”, escreveram no artigo da «Nature Geoscience».

Para a realização da extracção, os países terão, contudo, de obter autorização da Autoridade Internacional de Fundos Marinhos, dependente das Nações Unidas, já que ambas as regiões se encontram na totalidade em águas internacionais.

A descoberta poderá supor a diversificação do fornecimento de terras raras, que tem 90 por cento da produção mundial concentrada na China.

Ciência Hoje

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum