Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Mensagem por Carlos Costa em 31st Janeiro 2008, 17:40

O Governo britânico anunciou no passado dia 10 de Janeiro os seus planos sobre energia nuclear num white paper onde se afirma a intenção de substituir os reactores das centrais nucleares existentes neste país por novos reactores, mais eficientes. Esta medida foi tornada pública juntamente com a Energy Bill onde se traçam as linhas de acção propostas para a energia, e pretende ajudar a diminuir as emissões de dióxido de carbono do Reino Unido em 60% até ao ano 2050 e a garantir o fornecimento de energia reduzindo a dependência dos combustíveis fósseis.

O secretário de Estado dos Assuntos Económicos e das Empresas, John Hutton, convidou as empresas privadas de energia a apresentarem propostas para a construção e manutenção de novos reactores e centrais. Para já, não foram propostas novas localizações, tendo Hutton afirmado que "se concentrariam nas áreas onde já existem centrais e suas vizinhanças".

As centrais nucleares produzem cerca de um quinto da electricidade do Reino Unido, mas quase todos os reactores nucleares britânicos actuais terão de encerrar até 2023, com excepção de um, que deverá encerrar em 2035. Embora em 2003 o governo britânico tivesse afirmado que a energia nuclear não seria a resposta para as crescentes necessidades energéticas, há agora uma reviravolta na sua posição, propondo a manutenção da energia nuclear, em conjunto com o desenvolvimento de outras formas de produção de energia como a eólica e a hidroeléctrica. "Cada central nuclear permitirá "poupar" uma quantidade de emissões de dióxido de carbono equivalente à produzida por cerca de um milhão de lares", afirmou Hutton no Parlamento britânico. Afirmou também que as novas centrais e reactores estariam prontas e a funcionar "bem antes de 2020".

Avizinham-se, contudo, dificuldades, pois segundo um relatório da Agência de Energia Nuclear, de Novembro de 2007, a nível global há falta profissionais especializados no projecto e construção de novos reactores. Será portanto necessário no futuro próximo um esforço do Governo britânico para atrair pessoas com formação em ciência e engenharia para o sector do nuclear. Temas controversos são também o tratamento a dar aos resíduos nucleares e se será de facto possível as centrais funcionarem sem subsídios governamentais, como é desejo do Governo britânico.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Mensagem por Safra em 31st Janeiro 2008, 17:46

Será que planelam instalar reatores baseados em Tório?


Última edição por em 1st Fevereiro 2008, 22:34, editado 1 vez(es)
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Mensagem por Carlos Costa em 31st Janeiro 2008, 22:39

Safra2008 escreveu:Será que planelam instalar reatores beseados em Tório?
Bem... não tenho a certeza, mas como sabes a nova geração de reactores nucleares utilizam o Tório.
Para quem quiser ver esse anúncio do Reino Unido têm então aqui o tal White Paper: http://www.berr.gov.uk/files/file43006.pdf

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 34
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Mensagem por Safra em 1st Fevereiro 2008, 22:54

"In terms of reliability, we recognise that the Advanced Gas Cooled
Reactor (AGR) nuclear stations operated by British Energy have had a
relatively poor record of reliability in recent years, with boiler problems
as well as issues specific to the reactor type. However, Sizewell B, the
most recent nuclear power station built in the UK, has a strong reliability
record which it shares with modern Pressurised Water Reactors (PWRs)
around the world. Over an 18 month period to December 2007 Sizewell
B achieved a 89% load factor including a run of almost 400 days at full
load following a planned outage."


"O Reino Unido desenvolveu dois projetos de reatores para produção de plutônio: o Magnox (reator de urânio natural moderado com grafite, resfriado a ar) e,subseqüentemente o Reator Avançado Refrigerado a Gás (AGR). Os reatores Magnox possuem uma densidade de potência muito baixa e conseqüentemente núcleos grandes. Em uma tentativa de superar essa fraqueza observada, a
densidade de potência foi elevada em um fator de dois no AGR, mas ainda é baixo se comparado a reatores a água leve. No circuito primário, circula dióxido de carbono. A circulação do gás é mais complexa nos AGRs pois a temperatura mais alta exige um fluxo especial através do moderador grafite. Em ambos os projetos, o núcleo do reator está localizado dentro de um grande
vaso de pressão. Os reatores Magnox com vasos de pressão de aço mais antigos sofreram de corrosão. Esses problemas são agravados pelo envelhecimento relacionado a temperatura de operação e pela degradação do material causada
pela indução de nêutrons, que torna o material do reator quebradiço. O vaso de pressão tornando-se quebradiço pode levar a uma perda total do líquido resfriador primário, e possivelmente a liberando grandes quantidades de radioatividade. Por essa e outras razões, uma série de usinas Magnox já foram desligadas.Tanto os reatores Magnox, quanto os reatores AGRs não possuem uma
blindagem secundária. Os dois tipos de reatores têm um alto potencial para liberação de grandes quantidades de radiação. Os antigos reatores Magnox precisam ser considerados particularmente perigosos devido a essas deficiências de segurança."

Não achei resumo melhor que esse...XD

Os reatores PWR, aqui no Brasil, são um vaga-lume, ora funcionam, ora deligados (Na maioria das vezes desligados), o que comentam acima, sobre a rentabilidade é verdade, e não me surprende. Mas parece que aprimoraram os reatores PWR de forma a terem uma vida de "uso" maior. Talvez seja um avanço.
avatar
Safra
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 494
Idade : 27
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino Unido diz "sim" à energia nuclear

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum