Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Seria possívei criar um sistema propulsor se utilizando do fenômeno de LaGrange ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Seria possívei criar um sistema propulsor se utilizando do fenômeno de LaGrange ?

Mensagem por Xevious Ontem à(s) 22:01

Pra quem não sabe, LaGrange foi um cientísta que explicou o funcionamento dos Pontos de Lagrange (explicou, deu nome ao fenomeno hehe)
Link da Wikipédia => https://pt.wikipedia.org/wiki/Pontos_de_Lagrange



Em qualquer astro que realize uma órbita, ocorrem estes pontos de maior gravidade, sem que se tenha qualquer matéria realmente ali.
Sempre em pares, num dos pontos da nossa órbita fica um asteróide o maior das nossas quase-luas, https://pt.wikipedia.org/wiki/3753_Cruithne

E há vários..

Wiipedia escreveu:Até hoje não foi encontrado nenhum objecto grande na órbita Troiana Terra-Lua. A Terra possui um asteróide troiano conhecido, o 2010 TK7, situado no ponto L4 do sistema Sol-Terra.[1] Em 1956, o astrónomo polaco Kazimierz Kordylewski descobriu concentrações de poeira cósmica nos pontos Troianos do sistema Terra-Lua. Recentemente, a sonda espacial COBE IRAS confirmou a existência de um anel de poeira próximo à órbita da Terra em torno do Sol. Este anel encontra-se próximo dos pontos Troianos, porém existem dúvidas devido à pressão da radiação solar sobre a poeira cósmica. O asteroide 3753 Cruithne pode-se encontrar oscilando em torno de um dos pontos lagrangeanos do sistema Sol-Terra.

Isto se deve as características ondulatórias da gravidade..

Por isso mesmo que eu falava, na época do experimento do LIGO, que ele não confirmava nada, afinal a existência dos pontos LaGrange demonstrava que a gravidade funcionava como ondas, portanto Ligo não poderia confirmar algo que já hávia confirmação, certo?

Bem.. deixando a polêmica de lado.. queria propor um experimento..

Como disse antes as características ondulatórias 'criam' áreas com 'atração gravitacional'.. onde não precisa existir necessariamente matéria (mas existindo gravidade, com o tempo, alguma matéria irá parar ali..)..

Bem, a proposta é de compreender o funcionamento, bem mesmo, a ponto de se traçar formulas e utilizar estas formulas em matemática/mecânica ondulatória para obter a forma de como poderíamos reproduzir este fenômeno aqui em condições de laboratório..

O Resultado esperado seria o surgimento de gravidade numa área onde não há matéria (ou pelo menos haveria muito mais gravidade que a matéria ali contida).

No espaço uma pequena força aplicada a algo causa uma movimentação direta, porque não há atrito..

E sabemos que astros, ou qualquer coisa, são atraídos por gravidade..

Se conseguirmos projetar uma gravidade a frente, um objeto irá até ela..
E se ao realizar essa movimentação, podermos manter a atração gravitacional a frente.. ele irá continuar a ir naquela direção..

Sabemos que a gravidade causa aceleração na velocidade.. então 'talvez' conseguiremos até reproduzir esta aceleração na velocidade..
Sem que haja realmente algum limite para isto, a velocidade acelerada poderá alcançar uma velocidade incrível e poderemos então parar a aceleração, só desligando o experimento..
Ou frear o movimento, direcionando a projeção da gravidade para traz..

Para se conseguir fazer este experimento, a primeira coisa que deve ser feita é um amplo estudo de todos artigos científicos que tratam do fenômeno LaGrange..
Para se compreender tudo que já foi estudado sobre este fenômeno, incluindo as formulas já compreendidas..

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 719

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum