Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Consequências da Relatividade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Consequências da Relatividade

Mensagem por Gauss em 16th Novembro 2015, 16:21

Visto este fórum ter sido assolado por críticas à relatividade, achei interessante colocar aqui diversos resultados da mesma que poderão entreter-se a provar com uma só teoria.

1- Precessão do periélio de Mercúrio. Pois é, foi provado que qualquer variante da teoria de relatividade geral que contabilize as ideias básicas da mesma, explica com menos de 1% de erro relativo o movimento.

2- Redshift e curvatura da luz. Não há forma da teoria de Newton explicar o efeito da gravidade na luz. A perda de energia dos fotões e a curvatura da trajetória são dos efeitos mais bem estudados da RG. Na verdade as lentes gravitacionais que podem pesquisar imagens, são uma das formas mais úteis de conseguir observar corpos a longas distancias.

3- Spin. A razão pela qual este tópico é quântico. O spin é previsto directamente da equação de Dirac, que é a versão relativista da equação de Schrodinger.

4- Antimateria. Pelas mesmas razões do ponto 3.

5- Atraso dos relógios em órbita.

6- Buracos negros. Pois, se os querem precisao de RG. Todo o facto de eles terem um horizonte de eventos, deve-se ao facto de a luz interagir com a gravidade.

Há muitas mais que não inclui que se me lembrar coloco.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 305
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Parsec em 5th Novembro 2016, 19:20

Gauss escreveu: Precessão do periélio de Mercúrio.

Como é que a TRG explica a precessão do periélio de Mercúrio?

Gauss escreveu: Redshift e curvatura da luz. Não há forma da teoria de Newton explicar o efeito da gravidade na luz.

Como é que a gravidade produz algum efeito na luz se ela é formada por fótons que não possuem massa?

Gauss escreveu: Spin.

Como é que ele prova a TRG?

Gauss escreveu: Antimateria.

Como é que ela prova a TRG?

Gauss escreveu: Atraso dos relógios em órbita.

Como é que a TRG explica este atraso?

Gauss escreveu: Buracos negros.

Como é que eles provam a TRG?

Parsec
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Gauss em 6th Novembro 2016, 23:50

A precessão de Mercúrio é devida à curvatura do espaço-tempo (não há grande forma de explicar sem matemática).

A gravidade provoca efeito em qualquer coisa que tenha energia (contrariamente à teoria de Newton). A prova experimental desse efeito são por exemplo as lentes gravitacionais.

Este post nunca foi sobre a TRG mas sim sobre ambas as teorias em geral. Acerca do spin, deixei resposta num post seu anterior.

Antimatéria é consequência directa de considerar partículas relativistas, tal como o spin.

A relatividade tanto a geral como a restrita previam este atraso nos relógios com a gravidade e com o aumento da velocidade. O atraso que de verifica está em total acordo com a teoria.

A TRG previu os buracos negros antes de termos provas da sua existência, o que é sempre um bom sinal. A curvatura do espaço não permite a luz sair do buraco negro.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 305
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Parsec em 7th Novembro 2016, 13:25

Gauss escreveu: A precessão de Mercúrio é devida à curvatura do espaço-tempo (não há grande forma de explicar sem matemática).

Antes é preciso esclarecer uma coisa para que não se confunda fatos com hipóteses. Quem descobriu o avanço ou precessão do periélio de Mercúrio foi Urbain Jean Joseph Le Verrier em 1843, ou seja, sabia-se do avanço e precessão do periélio de Mércurio muito antes da publicação da TRG. A partir disto, surgiram hipóteses, incluí-se a TRG, da causa de tal avanço e precessão do periélio de Mercúrio. O próprio Urbain apresentou sua hipótese para a causa deste avanço e precessão. Para ele, a causa seria um planeta que encontrava-se entre o Sol e Mercúrio.
Há outras hipóteses, por exemplo:
_A existência de um satélite de Mercúrio;
_Massas até 10% maiores para o planeta Vênus;
_Um achatamento gravitacional no Sol;
_Modificações na lei da gravidade, de modo que ela fosse proporcional a 1/d2 + ε, sendo ε um número pequeno

Acho que estas hipóteses são bem mais razoáveis que a hipótese da TRG. Não consigo entender de forma alguma como o espaço, o escuro que envolve toda a matéria, curvaria. Sabemos apenas que o espaço é escuro e muito grande. Se a TRG afirmasse que é a matéria que permeia o espaço que curva, seria muito mais razoável.

Gauss escreveu: A gravidade provoca efeito em qualquer coisa que tenha energia (contrariamente à teoria de Newton). A prova experimental desse efeito são por exemplo as lentes gravitacionais.

A luz desvia-se ao passar próximo das estrelas, mas, se a causa for a gravidade da estrela, isto seria algo contrário a tudo o que já foi observado, pois, apenas objetos que possuem massa interagem gravitacionalmente. Se a causa for a refração da luz ao passar por um meio material de maior densidade próximo à estrela, isto estaria de acordo com o que já se observa a luz fazer. Por isto, entre a causa ser a gravidade ou refração, acho que é a refração.

Gauss escreveu: Acerca do spin, deixei resposta num post seu anterior.

A sua definição é a de que o Spin é uma propriedade, uma consequência da equação de Dirac, mas, que propriedade é esta? Que consequência é esta?

Gauss escreveu: A relatividade tanto a geral como a restrita previam este atraso nos relógios com a gravidade e com o aumento da velocidade. O atraso que de verifica está em total acordo com a teoria.

Isto é um feito surpreendente da TRG. Como Einstein chegou a tal conclusão?

Gauss escreveu: A TRG previu os buracos negros antes de termos provas da sua existência, o que é sempre um bom sinal. A curvatura do espaço não permite a luz sair do buraco negro.

Buraco Negro é uma região no espaço com uma densidade tão grande de matéria que nada escapa de sua gravidade.
Einstein, sabendo que a gravidade depende da massas e da distância entre elas, deve ter percebido que se uma quantidade enorme de matéria pudesse concentrar em um volume minúsculo no espaço, então, esta região teria uma gravidade absurdamente grande podendo atrair toda a matéria que aproximasse o suficiente dela.
Uma pergunta que pode mudar a minha opinião sobre a luz ser atraída ou não gravitacionalmente. Alguém já detectou a luz sofrendo um desvio considerável, que não poderia ser por causa da refração, em direção a uma região pontual no espaço?
Agradeço as suas respostas.

Parsec
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Gauss em 7th Novembro 2016, 13:56

Eu vou arriscar dizer que você não tem um grande conhecimento de matemática e dizer-lhe isto. É impossível provar-lhe metade destas coisas sem auxílio de matemática mais complexa. Isto deixa-me com um problema.

Perceba isto. A grande vitória da TRG e da TRR foi ter resolvido muitos problemas duma vez na física. Eu faço este comentário. Pesquise LENTES GRAVITACIONAIS. Ao longo da minha estadia neste fórum houve mais de 20 pessoas que puseram em questão o facto da luz dobrar junto de massas gigantes. Começo a duvidar que alguma tenha tentado procurar todas as provas experimentais disto visto que todos continuam a questionar algo que os astrónomos usam há dezenas de anos para melhorar observações.

Volto também a repetir. A TRG SEMPRE considerou que objectos sem massa são afectados pela gravidade desde que tenham energia cinética. A TRR prevê que as partículas sem massa têm sempre energia cinética.

As teorias da relatividade explicaram uma órbita em falta, o porquê da teoria de Maxwell não ter referencial especificado, o porquê da antimatéria, do spin, dos atrasos dos relógios, dos buracos negros. Todos os cálculos em física nuclear, na construção de reactores, nos satélites, no CERN usam relatividade.

Quando alguém diz: A relatividade está errada, você tem que me justificar tudo isto que foi verificado nos últimos 100 anos.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 305
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Parsec em 7th Novembro 2016, 16:36

Gauss escreveu: Eu vou arriscar dizer que você não tem um grande conhecimento de matemática e dizer-lhe isto. É impossível provar-lhe metade destas coisas sem auxílio de matemática mais complexa. Isto deixa-me com um problema.

Não tenho, mas, se os cientistas, ou você, não conseguem esclarecer as coisas sem o uso da matemática complexa, então, a ciência jamais estará ao alcance daqueles que não estão familiarizados com tal complexidade matemática. Eu posso estar enganado, mas, acho que este não é o motivo de não conseguir-se esclarecer as coisas de forma simples. Acho que o motivo é que nem mesmo os cientistas entendem o que afirmam.

Gauss escreveu: Perceba isto. A grande vitória da TRG e da TRR foi ter resolvido muitos problemas duma vez na física. Eu faço este comentário. Pesquise LENTES GRAVITACIONAIS. Ao longo da minha estadia neste fórum houve mais de 20 pessoas que puseram em questão o facto da luz dobrar junto de massas gigantes. Começo a duvidar que alguma tenha tentado procurar todas as provas experimentais disto visto que todos continuam a questionar algo que os astrónomos usam há dezenas de anos para melhorar observações.

Eu não questiono o fato da luz desviar-se próximo às estrelas. O que eu questiono é: Existem duas hipóteses, talvez mais, para o desvio da luz. Por que descartar a hipótese da refração e aceitar a hipótese da curvatura "espaço-tempo"?

Gauss escreveu: Volto também a repetir. A TRG SEMPRE considerou que objectos sem massa são afectados pela gravidade desde que tenham energia cinética. A TRR prevê que as partículas sem massa têm sempre energia cinética.

Certo, mas, existe uma outra hipótese que acho mais razoável. Por que descartá-la?

Gauss escreveu: As teorias da relatividade explicaram uma órbita em falta, o porquê da teoria de Maxwell não ter referencial especificado, o porquê da antimatéria, do spin, dos atrasos dos relógios, dos buracos negros. Todos os cálculos em física nuclear, na construção de reactores, nos satélites, no CERN usam relatividade.

Teorias oferecem hipóteses, umas mais prováveis outras não, sobre o porque das coisas serem assim. Se a TRG é aceita pela comunidade científica é porque ela é considerada a mais provável de estar certa. Fórmulas e cálculos matemáticos não definem a realidade. Uma mesma equação matemática pode representar várias coisas diferentes.

Gauss escreveu: Quando alguém diz: A relatividade está errada, você tem que me justificar tudo isto que foi verificado nos últimos 100 anos.

Quando alguém afirma que uma teoria está errada, ele deve mostrar os motivos que o fizeram chegar a tal conclusão.

Você não respondeu as seguintes perguntas: A sua definição é a de que o Spin é uma propriedade, uma consequência da equação de Dirac, mas, que propriedade é esta? Que consequência é esta?
Como Einstein chegou a tal conclusão?
Alguém já detectou a luz sofrendo um desvio considerável, que não poderia ser causada pela refração, em direção a uma região pontual no espaço?

Parsec
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Gauss em 8th Novembro 2016, 20:26

O spin nasceu do facto de que não pode utilizar equações quânticas com relatividade sem introduzir 4 soluções. Partícula, antipartícula ambas com spin + ou - 1/2. Isto foi mostrado por Dirac.

Sim, sabemos que existe desvio sem refração porque estes fenómenos acontec em quase vácuo, coisa que pode ser veroficada por espectroscopia.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 305
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Parsec em 8th Novembro 2016, 21:10

Gauss escreveu: O spin nasceu do facto de que não pode utilizar equações quânticas com relatividade sem introduzir 4 soluções. Partícula, antipartícula ambas com spin + ou - 1/2. Isto foi mostrado por Dirac.

Certo, mas, você não definiu o que é spin. Você afirmou que ele surgiu da necessidade de se introduzir 4 soluções e que ele é representado por um certo valor. Quando alguém pergunta o que é "volume", a resposta não é: Volume surgiu da necessidade de se introduzir uma nova variável dimensional na equação ou volume é 2 litros. Volume é o espaço ocupado por algo. Spin, o que é?

Gauss escreveu: Sim, sabemos que existe desvio sem refração porque estes fenómenos acontec em quase vácuo, coisa que pode ser veroficada por espectroscopia.

Mas, este desvio em quase vácuo acontece longe de qualquer astro? Este desvio não poderia ser unicamente por causa da refração?

Parsec
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Bosco em 8th Novembro 2016, 22:40

Parsec escreveu:Certo, mas, você não definiu o que é spin...
...Spin, o que é?
Parsec, é uma tarefa muito difícil, talvez impossível, definir e descrever rigorosamente o Spin e ainda de uma forma bem didática que seja plenamente compreendido pelos interessados no nosso fórum.

O que eu imagino do Spin, e de uma forma bem grosseira e simplista, é que se trata de aspectos quânticos das partículas atômicas dotadas de interação elétrica e magnética, relacionados com a sua rotação observada. Ou seja: O elétron de Spin 1/2 para ser observado apresentando os mesmos aspectos quânticos, precisa ser girado 2 vezes.

Neste endereço explicam sobre o Spin de uma forma bem acessível. O spin é sem dúvida um atributo muito complexo.

_________________
É mais fácil construir um universo associando efeitos, do que reunindo "substâncias".

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 470

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Gauss em 9th Novembro 2016, 13:05

Parsec. Faz sentido falar em conservação de energia em cálculos de mecânica quando não sabemos o que é a energia?

Percebe onde quero chegar? Sabemos que o spin é uma propriedade das partículas porque já o medimos. Sabemos que conseguimos prova-lo em teoria. É tão fundamental falar disto como o que é a energia e o que é o espaço. Embora seja produtivo discutir esse assunto, não é fundamental para o estudo fenomenológico.

E em resposta à sua questão da refração, sim, alguns fenómenos de lensing ocorrem a anos luz dos corpos.

Gauss
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 305
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por Parsec em 9th Novembro 2016, 14:00

Gauss escreveu: Parsec. Faz sentido falar em conservação de energia em cálculos de mecânica quando não sabemos o que é a energia? Percebe onde quero chegar? Sabemos que o spin é uma propriedade das partículas porque já o medimos. Sabemos que conseguimos prova-lo em teoria. É tão fundamental falar disto como o que é a energia e o que é o espaço. Embora seja produtivo discutir esse assunto, não é fundamental para o estudo fenomenológico.

Gauss, apesar de achar que sabemos o que é energia, percebo o seu raciocínio e concordo com ele. Ninguém sabe o que é Spin, mas, em um certo momento foi preciso introduzir soluções nas equações quânticas para que elas correspondessem a realidade medida. Estas soluções representam alguma coisa que chamou-se de Spin, ou seja, o Spin existe, embora ninguém saiba o que é, e isto não impede os avanços científicos.

Gauss escreveu: E em resposta à sua questão da refração, sim, alguns fenómenos de lensing ocorrem a anos luz dos corpos.

Certo, mas, este desvio, anos luz de qualquer astro, não poderia ser unicamente por causa da refração?

Parsec
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consequências da Relatividade

Mensagem por jocax em 10th Novembro 2016, 10:02

Da uma lida no Trem Jocaxiano que REFUTA a teoria da relatividade restrita:

http://fisica2100.forumeiros.com/t1712-o-trem-jocaxiano#10677


jocax

jocax
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum