Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Afinal, o que é movimento?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 18th Maio 2012, 18:52

Breve relatório gráfico sobre esta inquietante pergunta:













Última edição por Jonas Paulo Negreiros em 15th Março 2015, 14:46, editado 2 vez(es)
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 20th Maio 2012, 13:19

Outras explicações...

Sou técnico eletrônico e conheço os limites de transferência de energia nessa área. Para carregar um capacitor é necessário um tempo. Para estabilizar a corrente máxima num indutor também é necessário um tempo.

Ao considerar que um corpo necessita de um tempo para ganhar velocidade, isto é: acelerar-se, e , de acordo com a Teoria da Relatividade, exisitir o limite da velocidade da luz, lancei esta hipótese.

Se uma partícula pode viajar em altas velocidades em vácuo perfeito, por que há um limite?

Ainda há um nó a ser desatado, pois os acelaradores são máquinas elétricas que tem a limitação da velocidade da luz em sua própria constituição.

Estou tentando compreender Einstein. Desconfio que se há um limite de velocidade de uma partícula é por que possa existir um intercâmbio ciclíco e indefinido de troca de energia entre o meio (Éter, não aceito por Einstein) e a partícula em movimento.

Um exemplo bobo é o pêndulo: seu movimento é alternado, mas sua velocidade depende do tempo de troca de energia nos domínios cinético e potencial.

Quando uma partícula esférica "penetra" o meio, pode acontecer um fenômeno semelhante ao movimento peristáltico. A partícula esférica empurra o meio, desde sua tangente de vanguarda até o limite máximo que é o seu diâmetro e o meio empurra a partícula do limite de seu diâmetro até a tangente de retaguarda.

Se existe, de fato, troca de energia entre a partícula e o meio, e vice-versa, podemos aceitar com "naturalidade" que isto depende de "um tempo". Desta maneira, chegaremos a um limite de velocidade entre a partícula e o meio.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 24th Maio 2012, 11:12

Uma "partícula fundamental" não pode conter nada além na sua estrutura, isto é : nada além de sua própria massa. Quando esta partícula começa a movimentar-se, a partícula "carrega-se" de energia cinética? Nesta caso, a energia está na partícula, no ambiente ou em ambos?

Estou começando achar que Einstein tinha razão. Razz

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Carlos Costa em 25th Maio 2012, 23:47

Interessante notar que tudo apenas se move devido a forças externas. Por exemplo, eu só me consigo mover porque estou alimentado, isto é, absorvi potência externa (alimentos). Se ficasse sem comer durante uma semana, não me poderia mexer e acabaria imóvel (morto) passadas mais algumas semanas. Logo, o movimento é troca de potência, troca de energia, troca de impulso. Isto pode aplicar-se a tudo, mesmo às partículas subatómicas.

O mundo é movimento perpétuo, e o movimento é troca perpétua - troca de potência.

Carlos Costa
Administrador

Mensagens : 2172
Idade : 33
Localização : Porto, Portugal

http://torredebabel.blogs.sapo.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por rodrigo torri de araujo em 4th Junho 2012, 22:33

Definiria como movimento a diferença de posições de uma estrutura em relação há outra estrutura. Sendo assim não se aplica definir movimento a uma estrutura única isolada no universo.
Quanto ha velocidade máxima observada em nosso universo ser a velocidade da luz no vácuo, isto se deve ao fato do vácuo ser o próprio meio pelo qual ela se propaga.
Diferentemente de imaginarmos dotado de materialidade, também seriamos ondas a se propagar pelo vácuo.
Matéria seria a leitura que nós na condição de ondas faríamos de nós mesmos.
Uma onda é incapaz de perceber o seu meio, pois o mesmo somente lhe serve de substrato para que a mesma se manifesta, sendo este o motivo de identificarmos o vácuo como a uma área onde nada existe.
Albert Einstein, sem que ele o soubesse, acerta ao definir um meio para a propagação da luz, ao afirmar que a propriedade da luz se deve a sua interação com o espaço (vácuo).

rodrigo torri de araujo
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 60
Idade : 51
Localização : Belo Horizonte

http://rodrigotorri@terra.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 10th Junho 2012, 13:56

Correto, Torri!

Einstein assumiu uma postura arriscada, quando negou o éter durante a construção de sua Teoria da Relatividade Restrita.

Albert Einstein, sem que ele o soubesse, acerta ao definir um meio para a propagação da luz, ao afirmar que a propriedade da luz se deve a sua interação com o espaço (vácuo).

Mas não livrou-se desse conceito: na Teoria da Relatividade Geral, Einstein transformou o éter em espaço curvo Razz !
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 15th Março 2015, 14:48

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Breve relatório gráfico sobre esta inquietante pergunta:













Requentei essa antiga postagem, pois me veio à mente uma nova possibilidade:

Se as partículas não interagem com o meio, a única interação possível seria aquela entre as duas partículas.

Isso vai diretamente de encontro com um fenômeno conhecido como "entrelaçamento quântico" ou
"ação fantasmagórica à distância", como desdenhou Einstein.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 11th Outubro 2015, 11:22

Se a partícula vermelha estava em repouso, ela não tinha energia potencial nem cinética. Portanto, outra partícula - a verde - foi responsável por transferir parte de sua energia - cinética - para a vermelha. Portanto não cabe a suposição de que "ela (a vermelha) aplicou parte de sua energia na partícula verde"...

fonte:
http://www.htforum.com/forum/threads/afinal-o-que-e-movimento.191119/

A questão é antiga, mas merece reflexão. De onde veio a energia da partícula verde?

O colega Almeida Batista transforma o problema apresentando num dilema semelhante ao do ovo e a galinha.

Se pensarmos um pouquinho, percebemos que a física transforma problemas objetivos em dilemas insolúveis. Nem Maxwell escapa disso...

Quem nasceu primeiro:

O campo elétrico ou o campo magnético?

Conclusão:

A física é a arte de transformar problemas objetivos em dilemas insolúveis Razz !

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Bueno em 7th Julho 2016, 19:51

Movimento é quando um objeto, comparado à outro, muda de lugar.

Por exemplo, um objeto está fixo na superfície de uma mesa que está sobre uma superfície plana.

Uma pessoa empurra a mesa sobre esta superfície.

O objeto moveu? A resposta pode ser sim ou não.

Se o objeto for comparado à mesa, ele não moveu, pois ele não mudou de lugar.

Se o objeto for comparado à superfície, ele moveu, pois ele mudou de lugar.

Bueno
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal, o que é movimento?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 4th Agosto 2016, 12:47

A relatividade do movimento torna-se uma questão secundária quando consideramos a questão da conservação da energia.



Quando uma partícula apoia-se à outra, ou ambas apoiam-se mutuamente para uma "mútua descarga de energia cinética",  cada particula transfere de si uma quantidade de energia latente à outra.



A questão do "ponto de apoio" do qual as partículas se movem é irrelevante.

Relevante é a conservação da energia.

Onde efetivamente a energia se encontra, se num ponto relativo ou absoluto, isso não faz a menor diferença.

O que é importa é que a energia seja conservada.

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1698
Idade : 63
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum