Física2100
Olá visitante!

Por favor, faça login ou crie uma conta se ainda não estiver registado.

Gravidade: Ação ou Reação?

Página 8 de 14 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 28th Agosto 2014, 10:46

Mais um pontinho a favor da expansão radial:



A medição foi feita com relógios atômicos, pelo NIST



A velocidade escalar da Terra também aumenta com o aumento de seu raio.

Mais detalhes, em:

http://bogpaper.com/science-sundays-with-john-duffield-speed-of-light/
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Bosco em 30th Agosto 2014, 00:30

Este efeito é conhecido como desvio gravitacional para o vermelho, e está de acordo com a TRG.
Jonas, eu fico abismado por você dar crédito a idéias tais como a deste maluco desconhecido, que desrespeitosamente manda Einstein para o inferno, num artigo sem pé nem cabeça, e muito menos credibilidade científica.
Quem se propuser a criticar o ícone Einstein, deve fazê-lo com critério e seriedade, para não ser considerado leviano.

_________________
A Física é um templo erguido graças ao ceticismo do método científico, que sistematicamente rejeita e contraria a fé

Bosco
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 488

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 30th Agosto 2014, 11:12

Bosco escreveu:Este efeito é conhecido como desvio gravitacional para o vermelho, e está de acordo com a TRG.
Jonas, eu fico abismado por você dar crédito a idéias tais como a deste maluco desconhecido, que desrespeitosamente manda Einstein para o inferno, num artigo sem pé nem cabeça, e muito menos credibilidade científica.
Quem se propuser a criticar o ícone Einstein, deve fazê-lo com critério e seriedade, para não ser considerado leviano.

Correto, Bosco.

Os adversários da Relatividade não deveriam agir como iconoclastas. Mas, por que eles fazem isso?

Einstein condenava a autoridade, pois nela via um entrave para o desenvolvimento de novas idéias.

Hoje há, de fato, "culto à personalidade" (termo cunhado por soviéticos reformistas) à figura de Einstein. Isso não é bom. Infelizmente, o batalhão de choque einsteniano não dá espaço para as críticas sérias à relatividade.

Passo abaixo, dois tristes relatos de pesquisadores que foram  barrados no maior fórum de física do mundo:

Geoff Haselhurst
Censorship at the Physics Forums

Geoff Haselhurst é genro de Milo Wolff e promove as idéias do sogro. Wolff ganhou o prêmio Sagnac, concedido pela NPA, pela teoria de ondas estacionárias no espaço, na qual não há dualidade partícula-onda por supor que não existem partículas.
http://www.spaceandmotion.com/mathematical-physics/censorship-physics-forums.htm




Doug Seetswer
Physics Forum Deception



Ok, você pode dizer que são apenas desabafos de "excêntricos" , maus perdedores.

Mas me desculpem os einstenianos. Qualquer teoria que contraria a lógica é excêntrica.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 9th Setembro 2014, 11:53

Está na Rede:

Concepções Cosmológicas de Einstein

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2014/09/1512456-descoberta-de-estudos-de-einstein-mostra-como-sua-concepcao-de-universo-mudou.shtml
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 22nd Fevereiro 2015, 11:07

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Energia Escura no Contexto da Expansão Fantástica

A hipótese da expansão fantástica como explicação da gravidade, depende do abastecimento de energia escura para manter o raio da Terra, como todas as outras coisas, em constante expansão.

Podemos imaginar que a cada segundo o raio da Terra aumenta. A velocidade da luz, base de todas as medições astronômicas, também deve aumentar na mesma proporção, caso contrário, a velocidade de expansão do raio da Terra já teria chegado à velocidade da luz há muito tempo.

Para que as leis de Newton possam valer nesse contexto, a massa da Terra e dos demais corpos do universo não podem aumentar. Logo, a densidade de cada corpo cósmico deve diminuir indefinidademente. Em outras palavras, ficam cada vez mais "esponjosos".



Vamos ao exemplo do satélite geosíncrono para entender como a energia escura poderia participar desse fantástico processo.

No tempo zero, um microsatélite de 1 kg de massa descreve uma órbita geoestacionária sobre a Terra. Digamos que o satélite esteja sobre a cidade de Quito, capital do Equador.

Para que o satélite nunca saia da posição de "meio-dia" sobre Quito, isto é, mantenha-se em prumo sobre esta cidade, é necessário que ele esteja a 42.164 km  distante do centro da Terra e viaje à velocidade aproximada de 11.068 km/h.

Muito bem, sabemos que na hipótese fantástica, o raio terrestre e o resto do universo inflaciona-se à razão de 153 milionésimos por cento, por segundo. Ao cabo de um dia astronômico, isto é: 86.164 segundos, o raio da Terra terá se inflacionado em cerca de 14,18 porcento.

Obviamente, o perímetro da órbita do microsatélite precisaria ter crescido na mesma proporção. Para que este objeto mantenha-se em órbita geosíncrona, sua velocidade deveria aumentar para 12.636,597 km/h.

A fórmula que define a velocidade ou energia cinética do satélite é:

Ec = 1/2 m v^2

onde:

massa, dada em kilogramas;
velocidade, dada em metros por segundo.



A energia cinética do satélite em tempo zero seria:

Ec = 1/2 x 1 kg x (3.074,65 m/s)^2 = 4,726 megajoules


A energia cinética do satélite após um dia astronômico seria:

Ec = 1/2 x 1 kg x (3.510,40 m/s)^2 = 6,161 megajoules

Conclusão:

Para manter-se em órbita geosíncrona, durante um dia astronômico, o microsatélite teria de ser abastecido com uma quantidade de energia escura extra na ordem de 1,435 megajoules.

Esse raciocínio serviria para todos os corpos em movimento: cursos de rios, correntes marinhas, ventos, veículos que transitam sobre a Terra, etc.

Repasso essa antiga postagem a fim de apresentar um problema que coloca a hipótese da expansão radial em crise.

Imaginemos esta condição:



Uma torre de 35.622.000 metros é montada sobre a superfície da Terra. No pico da torre é fixada uma bola de cor verde cuja massa é de 1 kg.

Nessa condição, somada a expansão radial terrestre e expansão radial da torre, a bola verde estaria sofrendo uma aceleração  de aproximadamente 64,5 m/s^2  ou pesando o equivalente a 6,58 Kgf.

Mas, por que um satélite geoestacionário, conforme a situação abaixo, não tem peso algum?



(Notar que a velocidade  do satélite geo-síncrono da primeira figura é dada em km/s e a velocidade da postagem atual é dada em m/s)

A única explicação plausível, numa tentativa desesperada de salvar a hipótese da expansão radial, é que no primeiro caso, a força de expansão é transmitida por meio material. Essa situação não acontece no segundo caso.

Aguardo, em vida, que alguém faça uma medição de gravidade em solo lunar. Enquanto isso não acontecer, a louca hipótese da expansão radial não poderá ser provada ou negada.


Última edição por Jonas Paulo Negreiros em 8th Março 2015, 12:33, editado 1 vez(es)
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 8th Março 2015, 10:03

Às vezes me aborrece reconhecer que me faz falta a matemática.
A física depende da observação e livre imaginação e matemática.
A matemática, por sua vez, depende de memória, disciplina.

É certo que também há criatividade no desenvolvimento da matemática, mas durante a resolução de um problema, no qual as ferramentas matemáticas estão prontas, qualquer deslize provoca um desastre. É preciso estar atento ao extremo.

Quando Arquimedes estava às voltas com problema da densidade da coroa do rei,  o que prevaleceu na solução do problema: sua imaginação ou sua capacidade matemática? Tinha o sábio grego fórmulas de volume suficientemente boas para calcular o volume da coroa do rei  Rolling Eyes ?

Voltando ao problema anterior, conforme citações feitas:



Imaginemos esta condição:



Uma torre de 35.622.000 metros é montada sobre a superfície da Terra. No pico da torre é fixada uma bola de cor verde cuja massa é de 1 kg.

Nessa condição, somada a expansão radial terrestre e expansão radial da torre, a bola verde estaria sofrendo uma aceleração de aproximadamente 64,5 m/s^2 ou pesando o equivalente a 6,58 Kgf.

Mas, por que um satélite geoestacionário, conforme a situação abaixo, não tem peso algum?



(Notar que a velocidade  do satélite geo-síncrono da primeira figura é dada em km/s e a velocidade da postagem atual é dada em m/s)

Repito a pergunta:

Mas, por que um satélite geoestacionário, conforme a situação abaixo, não tem peso algum?

Na verdade o satélite, de acordo com as bases da dinâmica newtoniana, precisa "pesar" ao menos
457 gf. No entanto, dentro do satélite, esse peso "não é sentido"!!!

Afinal, por que?

NÃO HÁ CONTATO MATERIAL DO SATÉLITE COM NADA.  EXISTE AÇÃO, MAS NÃO EXISTE REAÇÃO.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 8th Março 2015, 12:10

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Gravidade Radial Lunar cai em desgraça outra vez



A sonda LADEE, exploradora da atmosfera lunar, terminou sua missão na quinta-feira do dia 17 de março.



Por se tratar de um assunto que põe a gravidade radial lunar em cheque, fomos à rede em busca de dados:

Inovação Tecnológica:
A NASA confirmou que a sonda espacial LADEE (Explorador da atmosfera e da poeira ambiente lunar, em tradução livre) caiu na
superfície da Lua, conforme planejado, na última quinta-feira.

NASA:
10:59 p.m. PDT Thursday, April 17
Ground controllers at NASA's Ames Research Center in Moffett Field, Calif., have confirmed that the Lunar Atmosphere and Dust Environment Explorer (LADEE) spacecraft has impacted the surface of the moon, as planned. Additional information will be posted as it becomes available here at: http://www.nasa.gov/ladee

Inovação Tecnológica:
A órbita da sonda já vinha decaindo naturalmente após a fase final de sua missão científica, feita em uma altitude extremamente baixa, um recorde entre 12 e 60 km, mas que chegou a meros dois quilômetros da superfície lunar nos últimos dias, antes que seus motores fossem acionados pela última vez para o mergulho final.

SPACE.com:
Because the flight plan required LADEE to maintain a very low-altitude lunar orbit, its extended science mission was put on course for a dramatic end on April 11, when NASA used the last of the unmanned probe's fuel to put it into a very low lunar
orbit only about 1 to 2 mi (2 to 3 km) above the lunar surface.

Inovação Tecnológica:
"No momento do impacto, a LADEE estava viajando a uma velocidade de 3.600 quilômetros por hora," disse Rick Elphic, cientista do projeto. "Não há nada gentil em um impacto a essas velocidades - é apenas uma questão de se a LADEE fez um buraco em uma encosta ou deixou detritos espalhados por uma área plana. Será interessante ver que tipo de característica a LADEE criou."

SPACE.com:
"At the time of impact, LADEE was traveling at a speed of 3,600 miles per hour [5,800 km/h] — about three times the speed of a high-powered rifle bullet," Rick Elphic, LADEE project scientist at NASA's Ames Research Center in California, said in a statement. "There's nothing gentle about impact at these speeds — it's just a question of whether LADEE made a localized craterlet on a hillside or scattered debris across a flat area. It will be interesting to see what kind of feature LADEE has created."


Nosso interesse por esses dados é obter a diferença entre a previsão da gravidade radial Lunar, gravidade oficial e gravidade calculada através da queda da sonda LADEE. Como o momento do choque aconteceu a 3 km da superfície lunar, esse valor poderá ser desprezado nos cálculos.

De acordo com Newton, podemos calcular a velocidade necessária para um corpo perder totalmente seu peso:

g = v^2 / r

Gravidade Lunar Oficial: 1,622 m/s^2

Raio da Lua: 1.737.400 m

Gravidade Radial Lunar: 2,728 m/s^2

Gravidade do site Inovação Tecnológica:

g = 0,575 m/s^2

Erro crasso. O tradutor da IT confundiu milhas com quilômetros.

Gravidade do site SPACE.com

g = 1,493 m/s^2

O erro foi bem menor em relação a gravidade oficial.
A unidade de medida utilizada no cálculo é a milha terrestre, que é igual a  1.609,344 metros.

Gravidade a partir de milhas náuticas:

Milha náutica = 1.852 metros
g = 1,97 m/s^2


Para saber mais:

http://www.nasa.gov/mission_pages/ladee/main/#.U1uE11VdVA0

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=sonda-nasa-cai-superficie-lua&id=010130140422#.U1uEOlVdVA0

http://www.space.com/25551-nasa-moon-probe-crash-ladee-spacecraft.html

https://www.youtube.com/watch?v=NxZMjpMhwNE

Bem, ainda não mediram a gravidade em solo lunar  Rolling Eyes ...

Faço citação desse antigo post por um motivo muito simples:

Utilizei cálculos newtonianos para o satélite sinistrado baseado nessa fórmula:

fcp = v^2/r

Ou seja:

força centrípeta é igual a velocidade ao quadrado divida pelo raio.

Como o satélite estava muito próximo da Lua, desprezei a altitude de 3000 metros.

Gravidade do site SPACE.com

g = 1,493 m/s^2

O erro foi bem menor em relação a gravidade oficial.
A unidade de medida utilizada no cálculo é a milha terrestre, que é igual a  1.609,344 metros.

Se considerarmos que o satélite ENCONTRAVA-SE EM ÓRBITA MUITO BAIXA...
SPACE.com:
"At the time of impact, LADEE was traveling at a speed of 3,600 miles per hour [5,800 km/h] — about three times the speed of a high-powered rifle bullet," Rick Elphic, LADEE project scientist at NASA's Ames Research Center in California, said in a statement. "There's nothing gentle about impact at these speeds — it's just a question of whether LADEE made a localized craterlet on a hillside or scattered debris across a flat area. It will be interesting to see what kind of feature LADEE has created."

... A EQUAÇÃO ADEQUADA SERIA ESTA:

[(5.800.000 m / 3600 s)^2 +(5.800.000 m/3600 s)^2]^1/2]^2 / 1.737.400 m =

{SQR [(1.611 m/s)^2 + (1.611 m/s)^2)]}^2 / 1.737.400 m = 2,98 m/s^2

= 2,98 m/s^2  affraid !!!

DADOS COMPARATIVOS

[PERDA DE] Gravidade do site SPACE.com:

g = 1,493 m/s^2

Gravidade Lunar Oficial: 1,622 m/s^2

Gravidade Radial Lunar: 2,728 m/s^2

Tirem suas conclusões, senhores  Rolling Eyes ...


Última edição por Jonas Paulo Negreiros em 22nd Julho 2017, 14:26, editado 7 vez(es) (Razão : Destaque para a gravidade calculada de 2,98 m/s^2)
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 10th Julho 2015, 19:08

O caso da casca e do grão

Estava a revisar o meu arquivo de imagens, das quais faço uso para ilustrar minhas postagens, quando me lembrei dessa  proveitosa discussão.

O caso em questão foi discutido em duas páginas de um tópico criado pelo colega Dionísio.



Como não é correto inundar o fórum "Física2100" com páginas reduntantes, sugiro aos colegas que visitem as páginas abaixo:

http://fisica2100.forumeiros.com/t1398p120-sobre-buracos-negros
http://fisica2100.forumeiros.com/t1398p130-sobre-buracos-negros


Acredito que a discussão foi muito boa para ilustrar sobre a questão da "amplificação da energia negra", o próprio "motor" da expansão radial e "causador" da reação inercial dos corpos, conhecida como gravidade.

A expansão radial, para funcionar, depende de um espaço infinito, ou ao menos em construção, que aumenta em conformidade ao espaço ocupado por todos os corpos do cosmos. A energia negra deve somente amplificar a energia cinética contida em cada corpo. O espaço ou "éter" não pode receber energia negra. Caso contrário, a casca nunca se chocaria com o grão e não haveria como a gravidade radial atuar nessa situação.

O tema de discussão "sobre buracos negros", lançado pelo colega Dionísio merece ser acompanhado desde a primeira página:

http://fisica2100.forumeiros.com/t1398-sobre-buracos-negros

Bosco e Dionísio,
Grato pela ajuda  Very Happy !
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 13th Agosto 2015, 10:34

Princípio de equivalência de Einstein aplicado a hipótese da expansão radial

Instale um pêndulo provido de canhão LASER dentro de um foguete.



Leve o foguete ao espaço sideral, longe de campos gravitacionais externos.

Faça o foguete acelerar à razão de 9,8 m/s^2.

Levante o pêndulo a 45 graus (esquerdo). Solte o pêndulo e inicie a cronometragem.

Quando passar 1 segundo, pare o pêndulo.

Notar que a velocidade do foguete após um segundo será maior que no início da cronometragem.

Perguntamos:

Será que a distância do ponto de luz projetado na base pêndulo terá a mesma distância
em relação ao centro do pêndulo?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 13th Agosto 2015, 23:11



Possível explicação geométrica para o problema:

O consumo de combustível do foguete varia de acordo com a posição do pêndulo.

Fica em aberto uma questão crucial:

Parece que o princípio de equivalência de Einstein é robusto.

Mas, a gravidade terrestre consome algum tipo de energia para manter um pêndulo funcinonando?

Ah, o gráfico de consumo não está 100% correto. Quando o foguete expele combustível queimado, perde um pouco de massa. Logo, precisa consumir menos combustível para obter a mesma aceleração desejada.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 12th Setembro 2015, 21:33

A aparente calmaria nesse tópico não representa que estamos satisfeitos com o estágio em que a hipótese da expansão radial se encontra.

A expansão radial depende de uma prova objetiva de gravidade em solo lunar, algo que aparentemente está fora de cogitação.

No entanto, se a gravidade da Lua for aquela prevista pela gravidade radial,  a mecânica celeste de Newton e Einstein vão para o lixo da história, ou eufemisticamente dito: "vão para o espaço".
Bastaria a cinemática de Keppler para planejar o lançamento e viajem de naves espaciais.

A ideia da expansão do raio da Terra como justificativa do aparecimento de uma gravidade, aparentemente artificial, corrobora com o princípio de equivalência de Einstein.

Mas a expansão do raio da Terra não justifica a inércia. Apenas transpõe  algo que acontece num movimento "na tangente" da curva da Terra para um movimento radial, ascendente ou descendente.

A inércia tem certa relação com a "reatância" elétrica, isto é:
em circuitos elétricos compostos por indutores, há uma reação contrária ao início de movimento da corrente elétrica promovida por uma tensão elétrica externa, bem como a propriedade de manter a corrente elétrica em movimento quando cessa a tensão que deu origem a esse movimento.

A reação ao crescimento da corrente elétrica acontece até o momento que esta atinge o seu valor máximo, definido pela reatância e resistência do circuito elétrico. Quando cessa a tensão que deu origem ao movimento da corrente elétrica, a corrente se mantém em movimento por mais algum tempo, opondo-se a uma parada instantânea, quando o circuito deixa de ser propelido por uma tensão externa.

Essa é a hipótese dos defensores de um  "universo elétrico" e ela tem certa relação com a Teoria da Relatividade de Einstein.

A hipótese da expansão radial explica grosseiramente o movimento de um satélite em órbita geoestacionária terrestre. E ainda há a necessidade do satélite receber doses de "energia escura" para não retornar rapidamente ao solo terrestre. Mas isso é tudo.

Para promover órbitas elípticas, a hipótese da expansão radial depende de forças extras, como o vento solar para promover órbitas elípticas, e a excentricidade da massa terrestre para produzir marés.

Essa hipótese poderá desembocar numa antiga visão medieval, na qual a Terra era o centro do universo.

Muita gente poderá gostar disso, mas o ideal é provar a gravidade em solo Lunar e, quem sabe,
uma vez negada, mandar a hipótese da expansão radial "para o espaço"  Razz !
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 15th Setembro 2015, 05:38

- Porque o céu à noite não é claro, se o brilho de todas estrelas poderiam estar integrados?

- Porque não se encontra tanta anti-matéria no cosmos?

- Onde estaria a energia escura?

Respostas para todas essas perguntas:



A energia escura é a resultante da soma da matéria e anti-matéria e está em todo lugar do universo conhecido.
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 15th Setembro 2015, 09:44

Gravidade é energia escura.

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 17th Setembro 2015, 08:55

Se a energia escura é grátis, isto é: um milagre, não haverá morte térmica, nem lugar para um universo io-iô. Tudo estará sempre começando.

Aliás,

- O que é matéria?

- O que é energia?

- O que é inércia?

- O que é o "Bóson de Higgs"?

Sinto muito amigos, mas o modelo padrão da física está ruindo...

O conceito "espaço-tempo", também...
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 26th Setembro 2015, 03:44

O modelo de expansão radial não tem com descartar a possibilidade da Terra ser o centro do universo Embarassed !

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Xevious em 26th Setembro 2015, 06:02

Jonas Paulo Negreiros escreveu:O modelo de expansão radial não tem com descartar a possibilidade da Terra ser o centro do universo Embarassed !
O espaço poderia escoar para cá escoando de outro universo, criando espaço e crescimento em todos os lados .. qualquer lugar seria tão centro quanto outro

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 719

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 26th Setembro 2015, 12:23

Xevious escreveu:
Jonas Paulo Negreiros escreveu:O modelo de expansão radial não tem com descartar a possibilidade da Terra ser o centro do universo Embarassed !
O espaço poderia escoar para cá escoando de outro universo, criando espaço e crescimento em todos os lados .. qualquer lugar seria tão centro quanto outro

Nesses termos, Xevious, podemos imaginar que estaria ocorrendo encolhimento em outro universo?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 12th Outubro 2015, 11:49

Relatório do Andamento de Obras de uma Teoria em Construção - I
12 de Outubro de 2015

Quem acompanha essa série, observa conflitos em uma hipótese que tenta explicar a origem da gravidade.

Quando tenho qualquer  ideia nova sobre o assunto, faço um registro nesse tópico.
Muitas dessas idéias resistirão ao tempo, pela sua robustez, outras terão de ser descartadas, de modo que a teoria vai se refinando.


Tempo

Única unidade invariável e absoluta, presente em todo o Cosmos.
O tempo rege a expansão do Cosmos, isto é: de todos os seus integrantes, exceto ao próprio tempo, uma grandeza abstrata de unidade invariável, até agora não quantizada.

O tempo está sempre começando e caminha para a eternidade. Dessa maneira, qualquer valor de tempo registrado, por maior que seja, tornar-se-á infinitamente pequeno comparado à eternidade.

Agradeço ao Colega Casasanta por auxiliar-me nessa definição  Smile !

Esse raciocínio desfaz a ideia da relatividade da unidade de tempo.


Espaço

Aquilo que contém tudo que é aparentemente material, exceto o tempo. Cresce exponencialmente em relação ao tempo. Como depende do tempo, está sempre começando e caminha para o infinito. Qualquer de seja o volume espacial do Cosmos na atualidade, este será infinitamente pequeno à maneira que o espaço Cósmico aumenta em função do tempo.

Massa

Aquilo que reage a variação de velocidade em relação à origem do universo. Em outras palavras, a origem do Big-Bang.


Energia Cinética.

Talvez a única forma de energia existente.


Energia Potencial

Diferença de energia entre corpo que caminha em velocidade acelerada e um corpo que caminha em velocidade constante.

Gravidade

Reação à expansão radial de todos os componentes do Cosmos.

Curva Espaço-Tempo.

Complexa e desnecessária abstração matemática, decorrente de uma suposição errônea sobre a origem da gravidade. Grávitóns, onde vocês se encontram?


Prova Física Irrefutável

Medição da gravidade objetiva em solo lunar. Os filmetes de propaganda da NASA não servem.


PENDÊNCIAS


Éter

Indispensável para qualquer estudo de movimento, quer absoluto ou relativo, o Éter é o próprio espaço, descrito anteriormente. O Éter também se expande, mas não sabemos do que é feito o Éter.

Ondas, Partículas

Não aceitamos a teoria corpuscular pois não sabemos o que é matéria.


Desvio para o vermelho

Embora esse fenômeno óptico, que deu origem à Teoria do Big-Bang, na hipótese da expansão radial não encontramos uma explicação plausível para esse desvio.

Momentaneamente, acreditamos que ondas luminosas de comprimentos mais longos têm mais facilidade de propagação que ondas de comprimentos mais curtos.


Energia Negra

Por hora, uma entidade de origem religiosa.

Por que a Lua não "cai" sobre a Terra

Numa situação de expansão radial, terrestre e lunar, para que esse satélite natural da Terra mantenha sua órbita, precisa acelerar seu movimento constantemente. Essa energia que aumenta a velocidade da Lua em relação à Terra, seria o vento solar, a energia escura ou lá sei eu...


Sobre a Teoria Matrix

Várias vezes fui tentado a admitir que o Cosmos é apenas um programa de computador. Mas há duas contradições terríveis nessa especulação ou neo-religião:

- Um computador tem de ser feito de alguma coisa.

- Um computador tem limites de processamento, definido pela quantidade de bits.

Nesses termos, não há computador com potência suficiente de operar o infinitamente pequeno e infinitamente grande, sozinhos ou ao mesmo tempo.

A única saída para um computador limitado, seria operar um programa em "loop" ou anel.
Começo e fim seriam uma coisa só.

Desse modo, isso coincide com as idéias dos relativistas.
Não há aleatoriedade, não há livre-arbítrio. Seu futuro já está escrito nas estrelas.
Esqueçamos a física. Vamos aproveitar nosso tempo a discutir sobre futebol  Razz !


Última edição por Jonas Paulo Negreiros em 13th Outubro 2015, 09:30, editado 1 vez(es)

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Xevious em 12th Outubro 2015, 20:35

Jonas Paulo Negreiros escreveu:Desvio para o vermelho
Uma explicação plausível seria a interferência com outras formas de energia, como os neutrinos ou a própria luz.
Na época que se chegou a conclusão do desvio para o vermelho não se conhecia os neutrinos.

Energia Negra
Por hora, uma entidade de origem religiosa.

Eu pelo menos propus uma alternativa a explicação convencional => Matéria escura pode não estar neste universo

Acho muito legal essa iniciativa mas o ideal seria uma página Wiki, que poderia ser colaborativa ..

Não há aleatoriedade, mas há livre-arbítrio se a pessoa realmente quiser isso

Xevious
Físico Amador
Físico Amador

Mensagens : 719

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Jonas Paulo Negreiros em 13th Outubro 2015, 09:22

Xevious escreveu:
Jonas Paulo Negreiros escreveu:Desvio para o vermelho
Uma explicação plausível seria a interferência com outras formas de energia, como os neutrinos ou a própria luz.
Na época que se chegou a conclusão do desvio para o vermelho não se conhecia os neutrinos.

Energia Negra
Por hora, uma entidade de origem religiosa.

Eu pelo menos propus uma alternativa a explicação convencional => Matéria escura pode não estar neste universo

Acho muito legal essa iniciativa mas o ideal seria uma página Wiki, que poderia ser colaborativa ..

Não há aleatoriedade, mas há livre-arbítrio se a pessoa realmente quiser isso

Grato, Xevious!

Vou acompanhar seus tópicos sugeridos.

Respeito suas opiniões, mas abrir uma página Wiki poderia enfraquecer o único fórum de língua portuguesa livre de censura. Deveríamos, sim, colaborar para fortalecer o fórum Física2100.

Sei que você conhece muito sobre Tecnologia de Informação.
Convido-o a abrir um tópico sobre o Universo Matrix, para que todos colegas do fórum conheçam e debatam sobre esse assunto.

_________________
Gráviton, onde tu estás que não te encontro Razz ?
avatar
Jonas Paulo Negreiros
Físico Profissional
Físico Profissional

Mensagens : 1815
Idade : 64
Localização : Jundiaí, São Paulo - Brasil

http://sbtvd.anadigi.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gravidade: Ação ou Reação?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 14 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum